You are currently browsing the daily archive for Domingo, 11 Julho, 2010.

O Sol a pino escaldava-me o passo, sentei-me na sombra da oliveira no penedo, meti a mão ao bolso e tirei aquela pedra que me acompanha há mais de 20 anos. Olhei-a com a mesma saudade com que a olhava em outros tempos. Levantei os olhos e tentei descortinar para lá da planície e da neblina quente que diluía o horizonte a silhueta das serras, das serras onde nasce aquele rio que me corre nas veias onde um dia apanhei aquela pedra.

Kim Tomé (Tutatux)Saudade!
Saudade da agua límpida que corre da Serra das Mesas e refresca os campos, saudade do vento frio, saudade do dourado das montanhas ao por do sol, saudade dos castelos e das histórias que as pedras contam.
Acariciei a pedra como se ao fazê-lo acariciasse aquele mundo de que me obrigaram a partir de forma violenta.
Relembrei o dia em que cheguei de forma definitiva (pensava eu) à terra e ao rio que me viu nascer, cheio de vontade de contribuir lavrando, com o arado do conhecimento, as lacunas dos campos da minha terra e das minhas gentes à beira da morte.
Voltei a olhar aquela pequena pedra, tentando espiar ao acaricia-la as amarguras causadas.
Relembrei o dia em que o funcionário do instituto de emprego, estupefacto e incrédulo sem perceber o alcance socio-cultural do projecto que lhe apresentava, me indagava porque razão vinha para o Sabugal fazer aquilo. Coitado, a sua ignorância impedia-o de ver o alcance do projecto. Desiludido com tanta falta de conhecimento e insensibilidade foi nesse dia que resolvi levá-lo em frente apesar da falta de apoios.
Chamei-lhe «O BARDO» referencia múltipla, ao Bardo onde se guardam os animais e aos Bardos que na antiguidade viajavam de terra em terra cantando odes às moças e levando noticias.
Acariciei de novo a pedra, olhei-a e no seu negro profundo revi momentos dO BARDO, como aquele em que o «Zé da Sra. da Graça» pegou pela primeira vez no rato e tentou escrever procurando com hesitação as letras do teclado, aprendeu e, hoje consegue viajar pelos caminhos do conhecimento sem ajuda. Relembrei um outro dia em que uma criança entrou pela porta solicitando que a ajudasse numa pesquisa para um trabalho da escola. Relembrei os olhos esbugalhados de um senhor que ao ver as fotografias do seu neto enfrentando o touro numa capeia exclamava com alegria e orgulho, «É o meu neto! É o meu neto!».
Relembrei muitas realizações e iniciativas culturais criadas, exposições, espectáculos e a Feira Franca do sabugal.
Com um aperto na alma, relembrei o dia em que na companhia de uma amiga fazia mais uma fotografia para promover Sortelha, procurava um local especial onde se pudesse ver a aldeia de um ângulo especialmente bonito nos cabeços perto, quando me ela me disse: «Sabes que vão aqui colocar eólicas?» respondi: – «impossível! isso iria destruir esta envolvente.» Mas era verdade. Ali naqueles cabeços, estavam a preparar a instalação de 17 eólicas. De imediato coloquei inúmeras questões.
Como teria sido possível que os organismos de defesa do património o tivessem permitido?
Como foram feitos os estudos de impacto ambiental?
Quem era o mentor de tal barbaridade?
As respostas a estas e muitas outras questões foram obtidas com dificuldade, pois à volta deste tema existe uma cortina de interesses dos que cometem este crime patrimonial e de medo, que cala os que sabem mais por temerem represálias.
Perante a situação de completo desrespeito patrimonial criei um blog e iniciei a recolha de assinaturas na Internet na tentativa de sensibilizar o mundo para a destruição de Sortelha.
Fui agredido fisicamente, ofendido, difamado, intimidado e ameaçado pelos responsáveis pela destruição de Sortelha.
Como resultado fui violentamente impedido de continuar a trabalhar, O BARDO teve que fechar. Com os inevitáveis prejuízos pessoais e económicos, mas também com prejuízo para o Sabugal, que assim perdeu um local único no mundo onde o acesso a computadores e à Internet se realizava de forma completamente livre e gratuita ao mesmo tempo que se divulgava culturalmente a região.
Acariciei de novo a pedra, olhei-a e guardei-a no bolso de novo. Levantei os olhos para o horizonte olhei as serras e disse para mim mesmo, «Um dia, serão anuladas estas criaturas que destroem a nossa terra, e voltaremos aquelas serras e ao rio onde nascemos!».
«O Bardo», opinião de Kim Tomé

kimtome@gmail.com

Manuel Leal Freire - Capeia ArraianaManuel Leal Freire nasceu na freguesia da Bismula, concelho do Sabugal. Viveu grande parte da adolescência nas Batocas (Raia sabugalense) onde o seu pai era guarda-fiscal. Actualmente reside no Porto, onde tem um escritório de advogados, e em Gouveia, onde tem uma quinta. Aos 82 anos mantém uma memória impressionante e surpreende quem não o conhece por fazer discursos sem papel e em verso. Envolvidos em causas culturais e sociais, Manuel Leal Freire é o grão-mestre da Confraria do Queijo Serra da Estrela e mantém uma permanente actividade literária, publicando livros e colaborando em diversos meios de comunicação social. Um vulto com lugar na história cultural e literária das terras raianas e do concelho do Sabugal.

ROTEIRO

Das terras quentes ás frias
Do Casteleiro ás Batocas
Palmilhei todas as vias
Fui coelho em todas as tocas.

E qual tentilhão alaro
Que em todo o ramo faz ninho
Almocei em Santo Amaro
Fui cear a Vale de Espinho

Depois, já lebre montesa
Que nos restolhos faz cama
Abalei à sobremesa
Pra ir dormir à Espanha.

Corri á guisa do vento
Ao certo nem sei as léguas
Se a rota é mesmo a contento
As pernas não pedem tréguas

Por isso, se o mal me açula
As desgraças em matilha
Corro a correr pra Bismula
Ou para Alamedilha

Ali, cansado e bisonho
Pego sono em sonho brando
E entre os eflúvios do sonho
Eu sonho que estou sonhando

Freguesias são quarenta
Mas os burgos quase cem
Bom povo que se contenta
A dar o melhor que tem

Ninguém servirá alguém
De forma tão desprendida
Constantes no mal e bem
Na morte como na vida.

Os filhos deste concelho
São heróis todos os dias
Quem dera ver-me ao espelho
Nas quarenta freguesias.
Manuel Leal Freire

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.165.449 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES