O secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, anunciou que o Governo vai avaliar a introdução de portagens em todas as SCUT até final do ano, incluindo portanto a A23 e a A25, que servem a Guarda.

Paulo Campos - Secretário de EstadoEm conferência de imprensa, realizada ontem, dia 14 de Junho, Paulo Campos, revelou que o Governo vai arrancar com estudos que visam avaliar a introdução de portagens em mais quatro vias que actualmente não têm custos para o utilizador.
Em causa estão a concessão da Via do Infante no Algarve (gerida pelos espanhóis da Ferrovial), a da Beira Litoral e Alta (ao encargo da Mota-Engil), da Beira Interior (sob a alçada da Soares da Costa) e a da Interior Norte (nas mãos da Effage e da Sonae).
Tudo depende dos resultados da avaliação que será feita no segundo semestre de 2010, disse o secretário de Estado.
«Se os critérios, que têm a ver com as condições socio-económicos das zonas em que estão as vias e com a existência de estradas alternativas, estiveram cumpridos, avançaremos com a aplicação do princípio do utilizador-pagador», disse Paulo Campos.
Ladeado por responsáveis das empresas concessionárias das SCUT, da Brisa e da Estradas de Portugal, o secretário de Estado tentou explicar como vai montar o pagamento automático das portagens.
plb

Anúncios