A Câmara Municipal do Sabugal está a preparar a candidatura de elevação da capeia arraiana, tourada que inclui a lide dos touros com recurso ao «forcão», a património imaterial da humanidade.

Presidente António Robalo - Sabugal«A candidatura da capeia arraiana está em fase de preparação por parte da Câmara, através da Empresa Municipal Sabugal Mais», explicou à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo.
O processo «está em andamento há cerca de um ano e meio e a Empresa Municipal tem feito recolhas de vídeos, de textos, de testemunhos orais, fotográficos e escritos alusivos à capeia arraiana», acrecentou.
«A Empresa Municipal está a fazer o trabalho de recolha de informação e neste momento está a compilar informação para o processo» que será apresentado ao Instituto dos Museus e da Conservação que, aceitando a candidatura, «dará conhecimento à UNESCO», disse o autarca.
António Robalo adiantou que o processo deverá ficar concluído «o mais rapidamente possível», admitindo a possibilidade de ficar pronto ainda este ano.
O autarca justifica a candidatura pela importância cultural que aquela tradição tauromáquica tem para o seu concelho.
«É uma tradição que vem de tempos imemoriais e faz com que, apesar da emigração e do abandono dos campos, o território concelhio se encha de gente no mês de Agosto, que vem puxada por essa tradição», assinalou.
Disse tratar-se de um costume que «anima o concelho raiano nos meses de verão e faz com que as pessoas continuem ligadas à terra onde nasceram».
As touradas tradicionais da zona do Sabugal, conhecidas por capeias arraianas, têm a particularidade de incluir a lide dos touros com recurso ao «forcão» e atraem milhares de pessoas até à região fronteiriça.
As touradas têm como atractivo principal o «forcão», uma estrutura de madeira feita à base de carvalho, em forma de triângulo, no interior da qual se colocam cerca de trinta homens e rapazes que enfrentam o touro em praças improvisadas nos largos das localidades.
O «forcão» tem por objectivo «cansar» o touro para que, posteriormente, os homens mais corajosos o possam agarrar.
Entretanto, há um conjunto de eventos programados para o mês de Agosto em várias aldeias do concelho, nomeadamente em Foios, Aldeia do Bispo, Aldeia da Ponte, Lageosa da Raia, Forcalhos, Aldeia Velha, Alfaiates, Rebolosa, Soito e Ozendo.
A tradição anual culminará a 21 de Agosto com o concurso «ao forcão rapazes», a realizar na vila do Soito, onde equipas das várias aldeias procurarão conseguir a melhor lide.
jcl com agência Lusa

Anúncios