Desde que, há cerca de um mês, tomei contacto com o programa alusivo à «Festa da Caça» que a Junta de Freguesia do Casteleiro havia elaborado prometi, a mim próprio, que iria estar presente.

Clique nas imagens para ampliar

José Manuel Campos - Nascente do CôaGostaria de ter participado logo no primeiro dia mas os anos de um amigo do peito não me o permitiram.
Domingo, após o almoço, com um dia de calor muito mais sentido no Casteleiro que nos Foios, na companhia da minha esposa, lá fomos à «Festa da Caça».
Confesso que vou sempre cheio de curiosidade e com a certeza de que vou certamente aprender. Confesso, igualmente, que fico sempre muito feliz quando vejo as Juntas de Freguesias envolvidas em actividades sócio – culturais – desportivas e económicas.
É assim mesmo camaradas. Temos que sair das ruas, dos chafarizes e da passagem dos simples atestados. É urgente passar às mais diversas acções. O Casteleiro deu o mote. Julgo que os objectivos foram plenamente alcançados. E se não tivessem sido? Nada de desanimar. Com os erros também se aprende. Mas para mim corre sempre muito bem. Só pela coragem, organização e pelo ar de felicidade que vi em muitas caras de gentes do Casteleiro e de outros visitantes digo que valeu a pena.
Confesso que gostei imenso e por isso transmito os meus sinceros parabéns ao Ilustre Presidente da Junta, restantes elementos do executivo e a todos quantos estiveram envolvidos que julgo terem sido muitos. Esta festa ajuda a dignificar o poder local.
Continuem.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia dos Foios)

jmncampos@gmail.com

Anúncios