José Mário Branco vai actuar no Grande Auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG) no dia 25 de Abril, pelas 21h30.

O cantor, músico e compositor José Mário Branco, expoente da música de intervenção em Portugal, e desde sempre ligado ao movimento revolucionário, actua na Guarda no dia em que se comemoram os36 anos da revolução de 25 de Abril.
José Mário Branco que já actuou no TMG, em 2005, está de volta à cidade mais alta, onde cantará algumas das canções que fazem parte do seu longo trabalho, quase todo ele inspirado no ideário revolucionário.
José Mário Branco nasceu no Porto em 1942, filho de professores. Iniciou a sua carreira durante a ditadura, tendo sido perseguido e exilado em França, entre 1963 e 1974. Foi companheiro de percurso de outros cantores que comungavam o ideal revolucionários, como José Afonso, Sérgio Godinho e Fausto, com os quais participou em concertos e na edição de álbuns.
São famosos os seus discos «FMI», «Ser Solidário», «Margem de Certa Maneira», «Resistir é Vencer», entre outros.
plb