A equipa de futebol do Sporting Clube do Sabugal fez história no Municipal da Guarda ao conseguir arrebatar a Taça de Honra da Associação de Futebol da Guarda, num jogo muito disputado com a equipa de Gouveia, que face ao empate final a duas bolas, obrigou à disputa por grandes penalidades

A final da Taça Professor Madeira Grilo de Honra, disputada ontem, dia 3 de Abril, foi para a equipa do Sabugal o culminar duma caminhada que, por coincidência, também começou na cidade da Guarda, com uma deslocação ao terreno do Mileu, cujo jogo também foi ganho através de grandes penalidades. Desde esse dia, o Sabugal eliminou sempre, na qualidade de visitante, as equipas de Pala, do Soito, de Manteigas (este no Municipal do Sabugal) e, finalmente, a grande vitória sobre o Gouveia na Guarda.
Durante os noventa minutos da final só uma equipa pretendeu vencer o jogo e essa equipa foi o Sabugal, pois desde o primeiro minuto lançou-se deliberadamente ao ataque. O Gouveia só em esporádicos contra ataques conseguia chegar à baliza do Sabugal, porém no primeiro remate à baliza conseguiu marcar. O Sabugal continuou a carregar e conseguiu o empate por Ricardito. Com uma eficácia impressionante o Gouveia voltou a adiantar-se no marcador através duma grande penalidade inexistente, pois o lance foi fora da grande área, assim se chegando ao intervalo com o resultado favorável ao Gouveia por 1-2.
Na segunda metade acentuou-se o domínio do Sabuga, mas continuando a falhar golos de forma incrível. Nestes segundos 45 minutos há a registar apenas dois remates sem perigo do Gouveia à baliza adversária, e por aqui se vê o domínio avassalador do Sabugal, que viria a ser recompensado com o golo do empate. Marcou de novo Ricardito na transformação duma grande penalidade cometida sobre Nuno Marcos.
Tal como prevêem os regulamentos, findos os 90 minutos com um empate no marcador, passou-se de imediato à marcação das grandes penalidades para decidir o vencedor. Aí brilhou a grande altura o guardião do Sabugal, de seu nome Fred, que se tornou o herói do jogo ao defender três penaltis, colaborando assim de forma decisiva para a vitória da sua equipa.
Por fim, temos a registar a falta de fair-play da equipa do Gouveia, que abandonou o recinto de jogo sem ter recebido as medalhas correspondentes ao segundo lugar.
Um último apontamento direccionado para a Junta de Freguesia do Sabugal, que disponibilizou os autocarros necessários para o transporte dos adeptos que foram apoiar a equipa, e nesse campo o Sabugal goleou o adversário.
Nesta hora de alegria não pode passar em claro uma menção para a equipa de iniciados do Clube que, ao vencer o Freixo de Numão por 14-0, conseguiu o apuramento para a fase final da competição, onde se vai decidir o campeão distrital, a sair das equipas do Sabugal, Aguiar da Beira, Seia e NDS Guarda.
Carlos Janela

Anúncios