A conceituada revista norte-americana, Wine Spectator, vai atribuir na edição de Maio 100 pontos ao Porto Dow’s Vintage 2007 do produtor Symington Family Estates.

Porto Dow's Vintage 2007 - Symington Family Estates - Wine SpectatorO vinho do Porto Dow’s Vintage 2007 vai receber a pontuação máxima, 100 pontos, na edição de Maio da Wine Spectator, uma das mais prestigiadas revistas de vinhos do Mundo. O vinho está incluido na secção «Coleccionáveis» da publicação, que o considera «o melhor Dow’s alguma vez produzido» e aconselha a sua reserva pelo menos até 2022.
A revista norte-americana vai ainda atribuir 96 pontos ao Graham’s Vintage 2007, também da Symington Family Estates.
Em declarações à agência Lusa, Charles Symington, enólogo-chefe da Symington mostra-se satisfeito com as pontuações atribuídas pela Wine Spectator. «Uma pessoa fica sem palavras quando se chega aos cem pontos. Sinto uma enorme satisfação, qualquer produtor procura que isto aconteça uma vez na vida», disse Charles Symington, co-autor dos vinhos premiados, que afirmou ainda serem muito raros os vinhos que recebem tal pontuação. «Em 2008 houve um vinho e em 2009 nenhum. São, também, muito poucos os que chegam aos noventa e seis pontos.»
Nenhum outro vinho português conseguiu tal feito, o que confirma a excelência e o prestígio mundial do vinho do Porto.
Nunca qualquer marca de champanhe, com toda a história, fama e glamour que carrega esta denominação, obteve a pontuação máxima. E do Velho Mundo vitícola apenas quatro vinhos da Borgonha e 24 de Bordéus conseguiram chegar aos 100 pontos.
Na nota de prova, conhecida ontem, James Suckling, o provador da Wine Spectator para Portugal, referiu-se ao Dow’s 2007 como o «melhor vintage» de sempre desta marca. O preço de venda ao público de cada garrafa é de 65 euros.
jcl

Anúncios