You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 23 Março, 2010.

O primeiro Capítulo de Entronização da Confraria do Bucho Raiano acontecerá no Sabugal, no dia 17 de Abril (sábado). Nessa data os confrades farão o juramento de honra e receberão as insígnias, numa iniciativa em que se espera juntar no Sabugal confrarias de todo o país, representando os mais variados sabores da nossa gastronomia tradicional.

1.º Capítulo da Confraria do Bucho Raiano - SabugalPara além da sessão solene do Capítulo, haverá prova de enchidos, homenagem a personalidades, desfile de confrarias e o indispensável almoço do Bucho.
Segundo o programa já delineado, o ponto de encontro é no jardim do Museu Municipal do Sabugal a partir das 9 horas da manhã, local onde os representantes das confrarias gastronómicas, os confrades do Bucho e demais convidados e aderentes farão a sua apresentação e acreditação perante a organização do evento.
A sessão solene de Entronização começará às 11 horas, com a actuação da Banda Filarmónica da Bendada. Com os confrades e convidados já reunidos no Auditório Municipal, o presidente da Câmara do Sabugal, António Robalo, proferirá uma mensagem de boas-vindas. Depois acontecerá a bênção das insígnias por parte do Bispo da Diocese da Guarda, D. Manuel Felício.
Seguir-se-á a lição de sapiência proferida pelo escritor Célio Rolinho Pires, que explicará em que consiste o bucho raiano e qual a sua importância na cultura popular.
Pelas 12 horas inicia-se a cerimónia de entronização, com a Confraria do Bucho a ser entronizada pelas duas confrarias madrinhas (a do Queijo Serra da Estrela e a da Chanfana), na pessoa do Grão-Mestre Capitular, Joaquim Leal. Caberá depois ao Grão-Mestre, já ajuramentado, entronizar todos os elementos da confraria, através do respectivo juramento e da aposição das insígnias.
Após a entronização serão conferidas distinções de honra a personalidades que têm contribuído para a divulgação do Bucho e para a valorização da confraria e do concelho do Sabugal.
Finda a cerimónia, os confrades do bucho e os representantes das demais confrarias presentes, farão um desfile pelas principais ruas do Sabugal seguindo do auditório para o Restaurante D. Dinis no Raihotel, onde será servido o almoço do Bucho pelas 14 horas. A Banda da Bendada abrirá o cortejo.
A iniciativa é organizada pela Confraria do Bucho Raiano, com a colaboração da Câmara Municipal do Sabugal. Apoiam o evento a Empresa Municipal Sabugal+, a Junta de Freguesia do Sabugal, o Raihotel e a Sociedade Filarmónica Bendadense. Os media partners serão o Capeia Arraiana, a Rádio Altitude e a Localvisão TV da Guarda.
Os confrades já possuidores do traje regulamentar devem inscrever-se quanto antes, podendo também registar a participação de acompanhantes, se assim o desejarem.

A recepção e a cerimónia de entronização no Auditório Municipal têm entrada livre.

GPS: «Auditório Municipal Sabugal»
Latitude = 40°21’8.94″ N, Longitude = 7° 5’34.85″ W

Confraria do Bucho Raiano

Anúncios
GALERIA DE IMAGENS – ÉVORA – 20-3-2010
Fotos José Caçador – Todos os direitos reservados – Clique nas imagens para ampliar

O restaurante Adega Típica Quarta-feira, em Évora, recebeu a Confraria do Bucho Raiano para um almoço onde o Bucho rivalizou com ementas típicas do Alentejo.

Almoço Confraria Bucho Raiano - ÉvoraZé Dias, natural do Sabugal, é o proprietário do Sabugal, que recebeu alguns confrades, outros sabugalenses e alguns convidados especiais, dentre os quais se contava o presidente do Tribunal da Relação de Évora, o Juiz Desembargador Manuel Cipriano Nabais, e o jornalista desportivo Gabriel Alves.
O encontro excedeu todas as expectativas, graças à amabilidade e ao profissionalismo do Zé Dias. Começou com uma sessão de entradas simplesmente genial, desde queijo quente com ervas, ovos com espargos, presunto pata negra, pimentinhos á alentejana, tartulho recheado, e bucho, claro está. Foram servidos pratos originários do Alentejo, que são especialidades da casa: migas com entrecosto e com lombo de porco Foi servido vinho tinto da produção do enólogo Paulo Laureano, que também, esteve presente e brindou os convivas com uma apresentação das qualidades desse vinho alentejano.
De sobremesa houve doces variados e, a rematar bebeu-se vinho generoso e aguardente Mouchão.
Pela Confraria discursou o Vedor Mor, António Morgado Carvalho, que agradeceu o bem-receber o conterrâneo Zé Dias e enaltecer o valor deste evento, pelo qual se divulgou no Alentejo o valor gastronómico do bucho, que em nada ficou atrás aos típicos e famosos pratos originários do Alentejo.
No final, o Zé Dias, num acto fantástico, entregou a todos os casais, um saco devidamente gravado com as brochuras do 1º Almoço em Évora, símbolo da Confraria, e data do evento, contendo cada um pão alentejano, queijo e outros artigos, tudo graciosamente oferecido pelo proprietário.
Após o almoço o Juiz Desembargador Manuel Cipriano Nabais, grande quadrazenho e Presidente do Tribunal da Relação de Évora, fez questão de levar todo o grupo, cerca de 25 pessoas, numa visita guiada, primeiro pelas ruas da cidade e depois ao próprio palácio do Tribunal da Relação de Évora, proporcionando uma visita a todo o seu interior. Foi de uma amabilidade excepcional, e ofereceu aos presentes vários livros históricos do tribunal.
Horácio Pereira

Os chefes do Agrupamento 727 de Escuteiros do Sabugal fizeram este domingo, 21 de Março, um reconhecimento do terreno na freguesia de Ruivós para preparar o acantonamento marcado para os dias 10 e 11 de Abril próximos.

Clique nas imagens para ampliar

O Agrupamento de Escuteiros 727 (CNE 727) do Sabugal vai realizar um acantonamento na freguesia de Ruivós nos dias 10 e 11 de Abril. Para o efeito vão ser utilizadas as instalações do Salão de Festas e ter o apoio da Junta de Freguesia e da Associação dos Amigos de Ruivós. O reconhecimento teve início na capela da Santíssima Trindade localizada num planalto com um miradouro que permite avistar as terras de Espanha, a Guarda e a sempre imponente e bela Serra da Estrela. Os escuteiros vão utilizar trilhos em terra batida, fugindo ao alcatrão, e passando pela zona das vinhas de Ruivós até terminarem no Salão de Festas.
O CNE 727 foi criado em 6 de Maio de 1982 mas por motivos diversos esteve praticamente inactivo desde 2002 tendo sido reactivado em Abril de 2008. Os novos escuteiros juraram as promessas em 9/10 de Maio de 2009.
Para ser escuteiro é necessária, antes das acções externas – os raids vulgarmente conhecidos como caminhadas –, muita formação teórica.
«Estamos a iniciar tudo de novo», disse ao Capeia Arraiana o chefe Nelito, líder do grupo, lembrando que estão «abertos à adesão de todos os jovens do concelho do Sabugal». «Estamos dispostos a aceitar inscrições para formação de chefes na Junta Regional da Diocese da Guarda com sede na Covilhã», acrescentou.
«Mas porquê na Covilhã?» – foi a dúvida que colocámos ao chefe Nelito. «A zona da Covilhã está muito mais activa. A maior parte das actividades são no sul da diocese. Mas, recentemente, os responsáveis da Junta visitaram o Sabugal e ficaram admirados com as condições físicas e naturais das nossas terras», esclareceu o escuteiro-mor.
Em 20 de Dezembro quando o grupo raiano fez um acantonamento na Rapoula do Côa com uma caminhada até às Termas do Cró trocaram impressões com escuteiros de Cascais que estiveram cerca de uma semana em Sortelha. As reacções dos forasteiros à estadia e à recepção por parte das populações foram muito positivas e de grande satisfação.
No entanto o discurso dos chefes escoteiros presentes em Ruivós deu a entender alguma apreensão e desapontamento pela falta de adesão dos jovens sabugalenses à nobre actividade escoteira justificada com a muita oferta desportiva no concelho.
O agrupamento CNE 727 tem como assistentes o Pe. Manuel Igreja Dinis (pároco do Sabugal) e o Pe. Hélder e é constituído por três secções: Lobitos (dos seis aos 10 anos) reconhecidos pelo lenço amarelo debruado a branco; Exploradores (dos 11 aos 14 anos) que utilizam um lenço verde debruado a branco; e Pioneiros (entre os 15 e os 17 anos) que equipam com um lenço azul debruado a branco.
O Corpo Nacional de Escutas é um movimento do Escutismo Católico Português.

O Agrupamento CNE 727 do Sabugal está a aceitar inscrições através do email: cne727@gmail.com
jcl

O 5.º Encontro de Grupos de Encomendação das Almas está marcada para as 21.30 horas do dia 27 de Março na freguesia da Castanheira, concelho da Guarda.

Encomendação das Almas - Castanheira - GuardaA Encomendação das Almas é uma manifestação popular de carácter religioso em que um grupo de pessoas sai na altura da Quaresma, durante a noite, rezando e cantando pelas almas dos mortos.
O seu principal objectivo é justamente rezar pelas almas do purgatório, pedir intercessão pelas almas dos que já morreram e assim reciprocamente, que as almas intercedam pelos que fizeram as orações.
Esta tradição religiosa ainda persiste em diversas freguesias do concelho da Guarda, juntando grupos de homens e mulheres que, vestidos de negro, saem pela calada da noite, teimando em fazer sobreviver um ritual cuja origem, como na maioria das tradições, se perde no tempo e corre, como tantas outras, o risco de se perder.
A sua continuidade está a ser apoiada pela Câmara Municipal da Guarda que organizará no dia 27 de Março, na Castanheira, às 21.30 horas, o 5.º Encontro de Encomendação das Almas.
A iniciativa contará com a participação de sete colectividades: Grupo de Cantares «A Mensagem», Grupo de Cantares «Camponeses de Aldeia do Bispo», Grupo de Cantares «Ontem, Hoje e Amanhã», Grupo de Encomendação das Almas da Faia, Grupo de Encomendação das Almas da Castanheira, Grupo de Encomendação das Almas do Marmeleiro, Grupo «Vozes da Quinta» da Quinta de Gonçalo Martins e um total de cerca de 180 pessoas envolvidas.
A culminar haverá no final a actuação do Grupo convidado «Cantares de Almeirim e Padre Ricardo Mónica» na Igreja Paroquial da Castanheira.
Este ano, para além do Encontro de Encomendação das Almas será apresentado, às 18 horas, o catálogo «Encomendação das Almas no Concelho da Guarda – A singularidade de uma tradição secular».
Programa – 18.00 horas, apresentação do catálogo «Encomendação das Almas no Concelho da Guarda – A singularidade de uma tradição secular» (Centro de Dia da Castanheira); 21.30, encomendação das almas pelos grupos do concelho da Guarda (Largo do Calvário); e 23.00, actuação do grupo «Cantares de Almeirim e Padre Ricardo Mónica» (Igreja Paroquial da Castanheira).
Paulo Saraiva (com AJAC)

Nos Fóios foi lançada a semente para cursos de formação de português e espanhol. Os protagonistas: António Robalo (presidente da Câmara Municipal do Sabugal), Celso Ramos (alcalde de Navesfrias), Joaquim Roque (gerente da Roqueste) e José Manuel Campos (presidente da Junta de Freguesia dos Fóios).

António Robalo - Celso Ramos - José Manuel Campos - Joaquim RoqueOntem, segunda feira, dia 22, num encontro casual do Presidente da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, o Alcalde de Navasfrias, Celso Ramos, e Joaquim Roque da empresa «Roquegeste» falou-se muito de cultura e, como não podia deixar de ser, em hipotéticas acções de formação.
O Presidente da Junta de Freguesia de Foios, José Manuel Campos, desafiou os dois autarcas, António Robalo e Celso Ramos, a programar e a avançar com a aprendizagem do português e do espanhol nesta zona da fronteira. Muito entusiasmo, como não podia deixar de ser.
Igual desafio relativo à criação de cursos de aprendizagem das duas línguas foi feito a Joaquim Roque, principal responsável pela empresa de formação «Roquegeste». O empresário ficou também deveras entusiasmado com a ideia e disse que iria envidar esforços no sentido de poder colaborar neste tipo de formação e de outras áreas que tem já bem definidas. A formação autárquica será uma delas. Assim também se faz o progresso.
Estiveram ainda pesentes o Horácio, ex-autarca de Alfaiates, assim como um técnico da «Roquegeste» para a área da formação.
Vamos continuar a trabalhar e a seu tempo daremos mais notícias.
Viva a Raia! Viva la Raya!
José Manuel Campos

Vai avançar o projecto de implementação de uma rede de judiarias na Beira Interior, havendo diversos concelhos perfilados para a integrarem. Porém o Sabugal parece excluído, ainda que Natália Bispo, proprietária da Casa do Castelo, venha insistindo que o nosso concelho também deve fazer parte do projecto.

Jorge Martins - Casa do CasteloO programa da rede de judiciarias foi apresentado no decurso do Ciclo de Cultura Judaica que a cidade da Guarda acolheu em data recente. O seu grande mentor é António Saraiva, da Agência para a Promoção da Guarda, criada pelo município egitaniense. Aliás a Guarda rivaliza com Belmonte e Trancoso na tentativa de liderança no aproveitamento do filão turístico que pode advir da valorização desse recurso histórico. Porém, embora disputem protagonismo, os presidentes de câmara destes três concelhos foram recentemente juntos a Israel, tentando estabelecer contactos que garantam a viabilidade do aproveitamento turístico dos vestígios judaicos que a região contém.
Para além destes três municípios outros há na região que demonstram ter grande interesse em integrarem a rede turística. Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Gouveia, Meda, Vila Nova de Foz Côa, Castelo Branco, Covilhã, Fundão, Idanha-a-Nova e Penamacor, são exemplos de concelhos dos distritos da Guarda e de Castelo Branco que estão já indicados para integrarem o projecto.
Do Sabugal ninguém fala. O Município parece estar a dormir, numa modorra já crónica e sem tratamento eficaz.
Na Assembleia Municipal discute-se o ridículo, de que é principal exemplo a questão da forma de votação, de braço no ar ou secretamente, quando se sabe que o eleitor tem de conhecer qual o sentido de voto dos eleitos, sendo a votação secreta uma fraude que não pode vingar numa assembleia que se quer aberta e transparente.
Na Câmara fazem-se reuniões do executivo onde se discutem trivialidades, como é cabal exemplo esta ordem de trabalhos da reunião do dia 24/02/2010: despachos para conhecimento; obras particulares; tabela de taxas e tarifas; carta da Acôa; carta da Rodoviária da Beira Interior; pedido de apoio para transporte de deficiente; carta de Luís Santos; carta de Consortelha; informação sobre expropriações no âmbito da obra «via estruturante da Raia».
A dar a cara na luta para que o Sabugal integre a rede de judiarias só aparece uma pessoa: Natália Bispo, proprietária da Casa do Castelo, em cujo interior existe um pequeno núcleo museológico que, entre outras peças, contém um altar judaico em granito. O semanário «A Guarda», fez uma visita ao local e titulou na última edição: «Casa do Castelo quer incluir o concelho nas rotas históricas do judaísmo». E ilustra a notícia com uma fotografia de Natália Bispo junto ao «armário judaico em granito que será datado do séc. XIV».
Para além deste altar, há outros vestígios judaicos no Sabugal e também em Vilar Maior, onde existiu uma judiaria. Aliás, o investigador e colaborador do Capeia Arraiana Jorge Martins, tem evidenciado na sua coluna «Na Rota dos Judeus do Sabugal» um conjunto de dados acerca da ligação histórica do nosso concelho a uma comunidade de judeus que aqui se instalou e aqui viveu, sendo duramente perseguida pela Inquisição.
É tempo de pôr mãos à obra e tentar apanhar um comboio que segue em andamento sem estar garantido que faça escala no concelho do Sabugal.
«Contraponto», opinião de Paulo Leitão Batista

leitaobatista@gmail.com

Não sei se o leitor(a) já se apercebeu que de tantos em tantos anos começa a ouvir que a Segurança Social vai entrar em ruptura. Eu já ouço isto desde os finais dos anos setenta.

António EmidioHá uma explicação, a Segurança Social movimenta milhões de euros pertencentes ao Estado, é um dos sistemas públicos que movimenta mais dinheiro, logicamente é motivo de cobiça por parte de bancos e seguradoras. Dizem então que a única solução para se evitar o «colapso» é privatizar a Segurança Social. Só assim será possível, no futuro, haver pensões e reformas para todos.
Quem aconselha isto é uma série de gestores privados, gestores de bancos e seguradoras, mas que ao mesmo tempo trabalham como assessores de primeiros-ministros. Ainda segundo eles, o sistema privado ofereceria melhor rentabilidade do dinheiro dos contribuintes, que seria sem dúvida alguma jogado na Bolsa.
Continuam os gestores privados: deve entrar-se na capitalização individual (Segurança Social Privada), gradualmente, e reduzindo as pensões ao mínimo, baseando-se no salário médio da vida laboral do pensionista. Feitas as contas, significaria uma redução de 30% nas pensões actuais, eles próprios o reconhecem, mas dizem que os benefícios que actualmente usufruem os pensionistas e reformados são extremamente generosos.
Aconselham também aumentar a idade de reforma entre os 67 e 70 anos, devido ao aumento da esperança de vida e, por conseguinte, ao aumento de anciãos que irão sobrecarregar a Segurança Social. E o aumento da esperança de vida é igual para todos? Será que um homem que toda a vida trabalhou, por exemplo na construção civil, terá a mesma esperança de vida de outro que trabalhou numa cátedra de uma universidade? Querido leitor(a), não há nada mais desigual do que o tratamento igual entre desiguais.
Os mentores destas propostas, os tais gestores e assessores, enviaram o seu relatório sobre a Segurança Social a países europeus aconselhando-os à privatização desta, mas tome atenção a esta passagem:
«As decisões aqui propostas poderiam solicitar-se trasladando a responsabilidade pela sua entrada em funcionamento, à União Europeia – e muito especialmente à Comissão Europeia – as quais seriam possíveis pelo DEFICIT DEMOCRÀTICO existente na União Europeia. Não se prestariam contas à cidadania, e tais decisões poderiam ser tomadas contra os desejos dos votantes hoje existentes, mas a favor dos interesses dos que todavia ainda não nasceram.»
Banqueiros e grandes accionistas preocupados com os que ainda irão nascer, isto comove…
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.152.518 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios