You are currently browsing the daily archive for Quarta-feira, 24 Fevereiro, 2010.

A Câmara Municipal de Trancoso recuperou os «Serões da Beira» uma iniciativa que teve grande sucesso cultural e mediático há cerca de 20 anos atrás. O tema escolhido para a primeira edição foi a presença da comunidade judaica nas Beiras.

Serões da BeiraO presidente da Câmara Municipal de Trancoso, Júlio Sarmento, esclareceu que os «Serões da Beira» serão eventos anuais subordinados a tema específicos, procurando reunir-se «num ambiente adequado ao imaginário de um serão beirão, um conjunto de especialistas que apresentarão as suas comunicações de forma informal, estimulando-se o debate, a conversa e o confronto de ideias».
A iniciativa marcou, desde o início, o mandato de Júlio Sarmento, tendo em conta várias perspectivas: a importância e impacto que o património monumental, documental e cultural tem em Trancoso, a sua influência na cultura regional, nacional e mesmo internacional, a sua representatividade e sobretudo a convivência que pode afirmar-se democrática desde tempos ancestrais na sociedade trancosense.
A presença da comunidade judaica nas Beiras, foi este ano o tema escolhido tendo em contra a sua importância na vida social, cultural e económica local e regional mas ainda por ser uma presença no mercado e nas feiras que Trancoso realiza, onde estão presentes elementos dessa mesma comunidade.
Júlio Sarmento teve ocasião de falar da construção do Centro de Interpretação Judaica «Isaac Cardoso», médico, pensador e escritor judeu natural de Trancoso, cuja obra é conhecida. Será uma obra emblemática, registo da História de uma comunidade que foi importante para a vida social e económica de Trancoso.
Foram intervenientes os investigadores e historiadores Antonieta Garcia, Manuel Gândara, José Levy Domingos, Armando Fernandes e António Mendes.
A história dos judeus na Beira, a gastronomia, as orações tradicionais judaicas, os costumes, a dinâmica social, cultural e económica, a Inquisição ou Santo Ofício e suas consequências nefastas nas Beiras que levaram ao declínio de muitas cidades e vilas e sobretudo a convivência entre comunidades foram os temas tratados.
Estiveram presentes nos «Serões da Beira» elementos da comunidade judaica de Belmonte, da Associação Judaica «Rosh Pinah» (Pedra Angular), do Município de Belmonte e de investigadores desta área.
A iniciativa «Serões da Beira» foram uma organização conjunta da Câmara Municipal de Trancoso e do jornal diário «As Beiras».
jcl (com gabinete de Imprensa da C. M. Trancoso)

Anúncios

O projecto de posicionamento, promoção e internacionalização das rotas turísticas do azeite e do vinho pretende levar o Douro e o património de Trás-os-Montes e Alto Douro além-fronteiras. A iniciativa arranca com 28 concelhos e 170 aderentes entre instituições e outros parceiros.

Rota do Azeite do DouroLevar o Douro e o património de Trás-os-Montes e Alto Douro além-fronteiras é o propósito do projecto apresentado esta terça-feira, 23 de Fevereiro, e que junta rotas turísticas do vinho e do azeite numa estratégia comum de promoção.
Em declarações à agência Lusa, Jorge Morais, da Rota do Azeite de Trás-os-Montes, explicou que «os promotores deste projecto entendem que depois da promoção individual feita no território nacional chegou a altura de avançar para uma estratégia de cooperação com o objectivo de internacionalizar as rotas do azeite, do vinho do Porto e das vinhas de Cister, num total de 28 concelhos e 170 aderentes, entre instituições e outro parceiros».
Os participantes na iniciativa vão agora elaborar um plano de marketing e comunicação que passará por vídeos promocionais e deslocações a mercados externos, nomeadamente junto de operadores turísticos internacionais.
O projecto com o lema «O Douro, as Rotas e Mundo» conta com o apoio institucional da Estrutura de Missão do Douro e recebeu um apoio financeiro de 70 por cento do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) para os 400 mil euros de investimento necessário. O restante fica a cargo dos aderentes que, em breve, deverão estender-se à vizinha Espanha com a adesão já proposta da Rota Internacional do Vinho formada por entidades das zonas espanholas de Salamanca e Zamora e do lado português da fronteira.
jcl

«”O melhor governo é o que menos governa» – máxima que levada às últimas consequências, é a ausência de qualquer governo; numa sociedade em que os homens sejam suficientemente esclarecidos e preparados para se auto-governarem.

João ValenteSó assim se poderá combater o abuso e perversão do governo, que consiste no uso do poder, não como manifestação da vontade do povo, mas como obra de um pequeno grupo que usa o poder como instrumento particular de promoção dos seus interesses individuais.
A alternativa que existe ao auto-governo é a do governo da maioria, que não é necessariamente o mais justo, mas o que impõe a sua vontade pela força à minoria através da ditadura da lei. E a lei nunca fez os homens mais justos e o respeito cego da lei, tem antes pelo contrário, sido a fonte das mais diversas injustiças, porque nesta, não há liberdade de escolha ou de avaliação moral.
Por exemplo, quando um governo se constitui numa máquina de roubo, usando o aparelho fiscal para espoliar o povo em proveito de uma pequena oligarquia política ou económica; as regiões pobres em proveito das regiões mais favorecidas, é motivo para a desobediência de qualquer homem honesto.
E infelizmente entre nós temos um exemplo disso, com os nossos políticos a preocupam-se mais com o seu proveito próprio e manutenção dos privilégios, do que com o bem comum. Como Confúcio disse: «Se um Estado é governado pelos princípios da razão, a pobreza e a miséria são factos acabrunhantes; se um Estado não é governado pelos princípios da razão, a riqueza e as honrarias são os factos acabrunhantes.»
O nosso Estado está bem longe de ser governado pelos princípios da razão, porque ainda não aprendeu a distinguir o valor relativo do livre comércio e da ditadura do mercado, em confronto com o da liberdade, da solidariedade e rectidão.
Perante isto, um cidadão nunca deve desistir da sua consciência, curvando-se à vontade do legislador, porque, antes de cidadãos, somos homens livres: Os direitos individuais devem portanto sobrepor-se à ditadura da lei.
A única obrigação que temos enquanto cidadãos é fazer em qualquer momento aquilo que julgamos certo e o único ditame da razão que deve presidir ao juízo de um homem bom é não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que nos fizessem a nós e fazer sempre o que gostaríamos que nos fizessem. Este princípio é a base da boa convivência social. E é a bondade, como diz Aristóteles na sua Ética a Nicómaco, que modera a lei e o direito, tornando-as boas e justas. Tudo o resto é supérfluo.
O papel do homem livre, faça o mundo o que fizer, diga a lei o que disser, é, como diz Marco Aurélio, tal como uma esmeralda ou um manto de púrpura, o de continuar a ser uma esmeralda e conservar a cor verdadeira. Isto é, preservar a sua consciência.
E a consciência nada mais exige ao homem do que agir de maneira justa para com isso preservar a tranquilidade de espírito.
A lei, no fundo, é o que menos interessa, porque está sobejamente provado que ela nunca será justa nem trará a igualdade entre os homens! A bondade dos homens é que torna as leis boas justas e as sociedades igualitárias, não o contrário…
Por isso é que não tenho nenhum problema em desobedecer à lei, quando a minha consciência mo ditar e confesso que gostaria de ver mais cidadão a desobedecer, de forma esclarecida, à lei!
«Arroz com Todos», opinião de João Valente

joaovalenteadvogado@gmail.com

Os restaurantes aderentes fazem um balanço muito positivo da edição deste ano dos Roteiros Gastronómicos do Sabugal, acontecida nos dias de Carnaval, entre 13 e 16 de Fevereiro.

Clique nas imagens para ampliar

«Vale a pena divulgar a boa gastronomia do concelho do Sabugal» – foi esta a conclusão a que se chegou após o contacto com alguns dos 13 restaurantes que integraram a terceira edição dos Roteiros Gastronómicos. Pela segunda vez a iniciativa decorreu no fim-de-semana do Carnaval, com o objectivo de captar os turistas de inverno que nesta época percorrem as terras beiroas, em busca da neve, do frio e dos bons sabores da gastronomia antiga.
Capeia Arraiana contactou alguns dos restaurantes que integraram a edição deste ano, a fim de verificar as reacções, que no geral foram muito favoráveis ao mérito da iniciativa.
O proprietário do restaurante «Zé Nabeiro», do Soito, disse ter tido muita gente, embora não fosse muita mais do que nos anos anteriores por esta altura. Mesmo assim, José Nabeiro considera que a iniciativa não faz colher proventos apenas no decurso dos dias dos Roteiros: «Os frutos desta divulgação vão colher-se durante o ano inteiro, pois isto também vale para o futuro», disse-nos o empresário. Dentre os pratos com maior saída destaca a Canja de Cornos, uma ementa originalmente sua e que traz sempre muita gente ao restaurante.
Francisco Peixoto, do restaurante «O Templo», do Sabugal, também considera ter-se tratado de uma óptima iniciativa, que lhe permitiu divulgar algumas das suas especialidades, com destaque para o bacalhau com broa, a feijoada de javali e o cozido, que foram os pratos que tiveram mais saída. «Este ano veio mais gente do que na edição anterior, pelo que só tenho a dizer bem da iniciativa, que tem pernas para andar», declarou-nos.
No «Trutalcôa», restaurante de Quadrazais, comeu-se truta confeccionada de diferentes formas: assada no forno, de escabeche, frita ou grelhada com migas. Antoine Tavares, o proprietário, ficou satisfeito e aponta novos caminhos: «Não podemos florear só nos Roteiros. Temos de dar continuidade à confecção de bons pratos durante todo o ano. É muito importante juntar à gastronomia outras atracções, porque as pessoas que vêm de mais longe não viajam apenas para comer.»
Rui Cerveira, do restaurante «O Lei», do Sabugal, também gostou da actividade. «Dou os parabéns à Câmara Municipal, porque a iniciativa correu muito bem, com muita gente a vir aqui de propósito para saborear as ementas tradicionais», disse-nos o empresário. Dentre os pratos com maior saída, destaca o bucho com grelos, a vitela à moda do Sabugal e o arroz de lebre.
Pela reacção dos proprietários dos restaurantes, a iniciativa valeu a pena e todos defendem a sua continuidade. Os Roteiros Gastronómicos parecem ser uma aposta ganha, e todos ficam à espera da próxima edição.
plb

As terras de Ruivós cobriram-se de branco com um nevão memorável na segunda-feira de Carnaval, 15 de Fevereiro.

GALERIA DE IMAGENS – 15-10-2009
Fotos Capeia Arraiana  –  Clique nas imagens para ampliar

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Fevereiro 2010
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.144.501 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios