O conhecimento da realidade de um território é a base essencial para a definição de uma estratégia de desenvolvimento do mesmo.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»POPULAÇÃO – Continuo hoje a apresentação de alguns indicadores estatísticos, conforme constam do Anuário Estatístico da Região Centro – 2008, publicado pelo Instituto Nacional de Estatística em Janeiro de 2010.
Os quadros que a seguir apresento permitem perceber as dinâmicas demográficas verificadas recentemente e retirar as seguintes conclusões:

1. A ocupação do território do Concelho é muito baixa (16,1 habitantes por quilómetro quadrado, contra 16,5 em 2007), somente ultrapassado pelos Concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo e de Almeida.
2. A taxa de crescimento efectivo (variação populacional por 100 habitantes) foi durante 2008 negativa (-2%, para -1,7 em 2007), dupla da taxa verificada na Beira Interior Norte e apenas ultrapassada por Almeida. Esta dinâmica negativa revela-se igualmente na taxa de crescimento natural (saldo natural observado durante o ano por 100 habitantes), de -1.97%, (-1,89 em 2007), o valor mais negativo da BIN
3. Os outros índices demográficos são infelizmente de igual sinal. Assim, temos:
– uma Taxa Bruta de Natalidade (número de nados vivos por 1 000 hab.) de apenas 4,5 (3,3 no ano anterior), só ultrapassado por Almeida, e que se traduziu no nascimento de apenas 60 crianças em 2008;
– uma Taxa Bruta de Mortalidade (número de óbitos observado por 1.000 hab.) de 24,2, a maior da BIN e muito superior à taxa regional de 14,9 (22,2 em 2008). Neste ano morreram no Concelho 324 pessoas;
– uma Taxa Bruta de Nupcialidade (nº de casamentos por 1.000 hab.) de 1,8 (2,1 em 2008), a menor da BIN (3,4), tendo-se realizado durante o ano 24 casamentos num total de 378 no conjunto destes Concelhos;
– uma Taxa de Fecundidade Geral (número de nados vivos referido por 1 000 mulheres em idade fértil), de 23,4 (17,4 no ano anterior), inferir à média regional (29,8), superior apenas à taxa registada em Almeida e Manteigas.
4. Por último importa salientar ainda o Índice de Envelhecimento (relação entre a população idosa (65 anos ou mais) e a população jovem (inferior a 15 anos) que atinge o valor muito elevado de 423,4 (igual ao ano anterior), quase o dobro da média da BIN (217,0), sendo de salientar que o Concelho de Almeida (o segundo pior) tem um índice de 320,3.
«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

rmlmatos@gmail.com

Anúncios