«Objectos, Memória, Design, Sedução» é o título da exposição de coleccionismo de Alberto Santos Alves que vai ser inaugurada no dia 5 de Fevereiro, às 17.30 horas, no Museu Municipal de Penamacor. As peças do coleccionador estarão patentes até 30 de Junho de 2010.

Coleccionismo - Alberto Santos AlvesAlberto Santos Alves encarna na perfeição o modelo universal do coleccionador, nos seus impulsos e motivações, nas suas dúvidas e embaraços perante os fins e as situações concretas, na paixão e no profundo conhecimento pelo fenómeno do coleccionismo, visíveis quando fala da sua experiência de coleccionador, condição esta que impregna e, de algum modo, condiciona a sua vida.
O que é extraordinário neste tipo de coleccionador é a sua faculdade em discernir e/ou emponderar em objectos aparentemente inócuos e desprezíveis qualidades físico-estético-simbólicas que reportam para um mundo à parte, o mundo do coleccionador com a sua colecção, muitas vezes de difícil compreensão pelo «leigo».
Os objectos expostos corporizam uma ínfima amostra do impulso coleccionador de Alberto Santos Alves, que começou em menino a coleccionar papéis de embrulhar rebuçados e nunca mais deixou de estar atento aos padrões, às formas, aos sentimentos imanentes de tudo o que o rodeia, para concluir que a determinação do que é coleccionável vai da «tara» de cada um, e o valor de cada peça depende apenas do quanto ela é desejada para ocupar o seu lugar na colecção.
Sócio fundador do Clube Português de Mineralogia, membro da Associação Portuguesa de Coleccionadores de Papel de Valor, Alberto diz-se devedor de muitas alegrias e amizades ao coleccionismo, que reconhece como meio transmissor de cultura e conhecimento.
jcl (com Gabinete de Informação da C.M. Penamacor)

Anúncios