O Jornal «O Interior» de 24 de Dezembro do ano passado publica uma extraordinária entrevista do Presidente da Câmara do Fundão, Manuel Frexes.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»Os que me conhecem sabem que há muito venho dizendo que o Fundão, liderado por Manuel Frexes está no bom caminho. Vejamos, então, o que diz o Autarca.
1. Pilares da estratégia de desenvolvimento do Fundão para 2010 – Emprego, assente em dois novos parques industriais, numa lógica de descentralização territorial, mas também no desenvolvimento do sector agrícola; Acção Social; Ambiente e Qualidade de Vida; e Educação.
2. Posição clara de negação de aumentos do preço da água, resultantes de imposições da Águas do Zêzere e Côa.
3. Manutenção da aposta na cereja como ex-libris do Fundão, mas reafirmando que este fruto é o símbolo mais visível de uma estratégia de desenvolvimento do sector agro-alimentar, e de uma estratégia que não se resume a ter produtos ou território, antes criando marcas de notoriedade e de qualidade.
4. Reconhecimento do papel fundamental que assume o sector do turismo, mas afirmando não colocar tudo na neve, antes optando por uma oferta turística para todo o ano.
5. Defesa, sem qualquer hesitação, da criação de um grande pólo urbano do interior, ultrapassando visões egoístas locais, e apostando na junção do Fundão com a Covilhã.
6. Defesa da regionalização, apostando no mapa das cinco regiões, isto é, defendendo a criação da Região Centro.
Estas são posições importantes e esclarecedoras dos motivos porque o Concelho do Fundão deu, nos últimos anos «o salto».

ps. Este início de ano trouxe-me uma má notícia, a morte de Lhasa. Cantora latina possuidora de uma voz inesquecível, o seu desaparecimento aos 37 anos é, para mim, que não tive oportunidade de a ouvir ao vivo uma grande perda. Aqui deixo um exemplo para todos os que nunca a ouviram em disco.

Vodpod videos no longer available.

«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos
rmlmatos@gmail.com