A Guarda Nacional Republicana registou na última Operação Natal e Ano Novo 52 acidentes de viação nas estradas do distrito da Guarda, de onde resultaram um morto, dois feridos graves e 15 feridos leves, números que representam um aumento dos acidentes e das suas consequências em relação ao ano transacto.

Brigada Trânsito GNRA Operação Natal e Ano Novo decorreu no período entre 23 de Dezembro de 2009 e 3 de Janeiro de 2010. Comparativamente ao ano anterior, verificou-se um aumento no número de acidentes (mais 8) e, no tocante as consequências registou-se igual número de feridos graves (2), e um aumento nos feridos leves (mais 7). Registou-se ainda uma vitima mortal (em 2008 não houve qualquer morte nas estradas neste período).
Mau grado os resultados, o Comando Territorial da Guarda refere em comunicado que durante a Operação exerceu um grande esforço em matéria de segurança rodoviária, tendo efectuado 310 patrulhamentos e empenhando um total de 694 efectivos. «Também a acção fiscalizadora foi tida em conta, nomeadamente, no tocante as manobras perigosas e condução sob efeito do álcool. Em matéria de álcool foram fiscalizados 1535, condutores, tendo-se verificado 11 excessos, dos quais 3 constituíram ilícito criminal por apresentarem uma TAS igual ou superior a 1,2 gr/l», refere a GNR. Em matéria de excesso de velocidade foram controlados 3619 veículos e registaram-se 44 situações de infracção, informa ainda o comunicado.
No dia 29 de Dezembro, o Comando Territorial levou a efeito uma Operação na área do Parque Natural da Serra da Estrela, onde foram empenhados 34 efectivos com vista a detectar situações de infracção e sensibilizar as populações para as preocupações e cuidados a ter na preservação da natureza e ambiente. Foram elaborados dois autos de contra-ordenação.
Ao longo da semana, foram empenhados diariamente, nas vias de acesso ao Maciço Central da Serra da Estrela, entre 10 e 20 militares da Base Táctica de Busca e Resgate em Montanha do GIPS/GNR e cinco do Comando Territorial da Guarda, os quais desempenharam missões de regularização de trânsito e vários fechos e reaberturas ao tráfego das vias da serra, em função das condições meteorológicas. Também auxiliaram o Centro de Limpeza de Neves na retirada de turistas, comerciantes e trabalhadores da zona da Torre, face a situações de intensa queda de neve. Auxiliaram ainda na busca de duas pessoas que, por instantes, se desorientaram, junto à estância de esqui.
Durante a semana a GNR da Guarda deteve sete Indivíduos em flagrante delito, pela prática dos crimes: condução sob o efeito do álcool, condução sem habilitação legal, desobediência (condução com carta apreendida), posse de estupefacientes, falsificação de documentos (titulo de condução) e ameaças e injúrias a militares da GNR.
plb

Anúncios