Um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE) revela que mais de metade dos portugueses usa computador e que são sobretudo os homens que navegam na Internet.

Internet para todosO INE averiguou utilização portuguesa das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e concluiu que mais de metade dos portugueses, a partir dos 16 anos, utiliza computador, equipamento que existe em 56 por cento dos agregados familiares.
O Inquérito à Utilização das TIC pelas Famílias portuguesas refere ainda que, no primeiro trimestre deste ano, 48 por cento dos portugueses dispunham de ligação à Internet em casa, sendo que deste universo, 96 por cento aderiram à banda larga.
Uma conclusão interessante do estudo é o facto de os homens usarem mais o computador e a Internet do que as mulheres (56 contra 47 por cento). Por outro lado, praticamente todos os estudantes utilizam computador (99 por cento) e Internet (97 por cento).
Relativamente ao número de agregados familiares que já dispõem TIC, tem havido um aumento desde 2005, sendo que o crescimento médio anual é de 24 por cento na ligação por banda larga, de 12 por cento na ligação à Internet e de oito por cento no que respeita o acesso ao computador a partir de casa.
Lisboa é a região do país onde o acesso às TIC é mais abrangente, com 62 por cento dos agregados com computador, 55 por cento dois quais com ligação à Internet. Seguem-se a Madeira, com 58,3 por cento, e o Algarve, com 57,1 por cento. A maior proporção de utilizadores de computador também se regista nestas regiões, com Lisboa a liderar com 60 por cento dos indivíduos.
O INE salienta que as TIC são usadas com uma frequência diária por três quartos dos utilizadores, principalmente em casa e no trabalho.
plb