O candidato do PSD à Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, foi o convidado este sábado do programa «Hora informativa» da Rádio Caria da responsabilidade do jornalista Sérgio Paulo Gomes.

António Robalo em entrevista à Rádio CariaO actual vereador da Educação e Cultura da Câmara Municipal do Sabugal, António Robalo, começou por recordar os três mandatos como presidente da Junta de Freguesia da Ruvina iniciados em 1985 e o convite que recebeu em 1997 de António Morgado para o acompanhar na candidatura à autarquia sabugalense. Foi vereador nos dois mandatos de António Morgado e no actual executivo de Manuel Rito num total de 12 anos na vereação do Município.
«Ao longo destes 12 anos muito se fez pela educação no concelho do Sabugal. Desde 1998 que estão implementado o prolongamento de horários, refeitórios escolares a funcionar para o pré-escolar, transportes escolares gratuitos. A escola não é, actualmente, uma escola fechada mas sim uma escola educadora e um observatório de desigualdades sociais» esclareceu o engenheiro electrotécnico e actual director do Externato do Soito, António Robalo.
«Ainda estamos à espera, passados mais de 30 anos, de um Governo que coloque o rectângulo equilibrado implemente políticas de dinamização do Interior. Estou nesta candidatura porque acredito que o concelho do Sabugal tem potencialidades e um futuro risonho e feliz para quem cá vive ou nos procura. Temos que criar bases para fixar pessoas», afirmou António Robalo.
A conversa decorreu num tom moderado tendo aproveitado o candidato à autarquia sabugalense para falar dos grandes projectos lançados, concluídos ou em fase de conclusão ao longo dos oito anos do presidente António Morgado e dos quatro de Manuel Rito.
«O Sabugal está mais perto do turismo espanhol…» lança Sérgio Paulo Gomes em jeito de desafio. António Robalo não fugiu à questão e lembrou que «o Sabugal não está isolado mas queremos ser uma porta da Europa potenciando o que temos vendendo-o no mercado espanhol mas esse trabalho deve ser feito com todos os parceiros» recapitulando os três projectos do Provere (Aldeias Históricas, Água e Termalismo e Áreas Protegidas) onde o município do Sabugal está envolvido.
À questão «mas nas terras do lince falta o lince?» o actual vereador sabugalense aproveitou para dizer que esteve presente na apresentação e assinatura do protocolo de cedência de 20 linces ibéricos onde ficou bem patente a cooperação transfronteiriça e ibérica.
«Quem me conhece sabe que aquilo que melhor sei fazer é ouvir. As pessoas conhecem-me assim. Sou ponderado e nunca tomei decisões de ânimo leve. Ao longo destes 12 anos só não falou comigo quem não quis. O Sabugal é um território muito complexo. Conheço muito bem as 40 freguesias, tenho os problemas de cada uma identificados e soluções para todos eles», disse em tom de apresentação pessoal António Robalo.
Na área da cultura ficou a promessa de candidato de que iria apoiar a construção da Casa da Música da Banda da Bendada. Para as associações do concelho ficou o desejo de apoiar ideias com produtos turísticos, como caminhadas ou descidas do rio Côa, mais do que produzir eventos pontuais e isolados.
A concluir o candidato António Robalo considerou que tem «uma grande almofada de trabalho ao longo dos últimos 12 anos» e apresenta agora «um projecto sólido». «Os sabugalenses devem confiar em mim para presidente da Câmara», foi a mensagem final.

(1) Som da entrevista de António Robalo à Rádio Caria.

(2) Som da entrevista de António Robalo à Rádio Caria.

(3) Som da entrevista de António Robalo à Rádio Caria.

jcl

Anúncios