As primeiras eleições autárquicas, depois da Revolução de Abril, em Portugal, tiveram lugar em Dezembro de 1976. O primeiro Presidente da Câmara Municipal do Sabugal eleito em Democracia foi o Dr. João Lopes, natural de Vale de Espinho, que tomou posse em 1977.

Tomada de posse do Presidente da Câmara Municipal do Sabugal em 1977

Joao Aristides DuarteA Câmara do Sabugal não era nada do que é hoje, em termos de equipamentos, por exemplo. A velha camioneta Barreiros era um dos únicos veículos de que a Câmara Municipal dispunha para acudir às mais variadas situações. Os orçamentos eram reduzidíssimos. Só com a aprovação da Lei das Finanças Locais se notou algum progresso em termos financeiros nas autarquias de todo o país. Até dava vontade de rir, se não fosse tão trágico, alguém dizer que antes é que era bom.
No Sabugal o candidato que saiu vencedor, e foi eleito o primeiro Presidente da Câmara Municipal em Democracia, foi o Dr. João Lopes, natural de Vale de Espinho.
Esta fotografia refere-se à sua tomada de posse, como Presidente da Câmara.
O Dr. João Lopes, à direita em grande plano, prepara-se para assinar o documento da sua tomada de posse, enquanto a médica Dr.ª Maria de Lurdes, que exerceu durante muitos anos o cargo de Delegada de Saúde, no Sabugal e vereadora eleita nas eleições de Dezembro está a discursar.
Ao lado da Dr.ª Lurdes está o Sr. José Fernandes de Oliveira, do Soito, também vereador eleito nessas eleições.
O terceiro a contar da esquerda é Abílio Curto, que tinha sido eleito para o seu primeiro mandato como Presidente da Câmara Municipal da Guarda e se deslocou ao Sabugal para assistir à tomada de posse.
Do lado direito de Abílio Curto encontra-se a (já falecida) funcionária da Câmara Municipal, D.ª Lena.
As restantes pessoas nesta fotografia não as consigo identificar. Se algum dos leitores desta crónica puderem ajudar (através de comentários) agradecia.
O Dr. Lopes faleceria passados poucos anos da sua tomada de posse, atingido por uma doença fatal que o vitimou. Hoje, há, no Sabugal, uma rua com o seu nome.
«Memória, Memórias…», opinião de João Aristides Duarte

akapunkrural@gmail.com

Anúncios