«Com a Raia a seus pés!» O ganadeiro «Zé Nói» é orgulho para toda a raia sabugalense. José A. Bárbara Basílio é natural da freguesia de Forcalhos no concelho do Sabugal. Vive numa casa de campo com a sua esposa Henriqueta e com o filho João. É uma família simpática e todos amigos do gado bravo.

José Manuel CamposO Zé Nói começou do nada e hoje é um ganadeiro de sucesso, de quem todos os arraianos muito nos orgulhamos.
É de inteira justiça que os mordomos das capeias raianas o contactem, e lhe dêem prioridade, aquando do ajuste dos toiros. É natural que não procuremos fora aquilo que temos perto de nós.
Há muita gente da raia que sente um agradável prazer ao dar uma voltinha, de fim de tarde, pela quinta do Zé Nói. Ele não gosta muito que as pessoas lhe perturbem o gado pelo que é aconselhável falar com ele e evitar males maiores. O Zé Nói é uma pessoa afável e simpática mas não gosta nem permite abusos relativamente aos toiros. Tem razão ao não permitir que ninguém visite a herdade, sem a sua presença, porque o gado fica perturbado, podendo fugir e extraviar-se. Poderá ainda acontecer uma colhida sobretudo àqueles que se consideram mais afoitos e mais valentões.
Há poucos dias tive a oportunidade de visitar a quinta e fiquei assombrado com a quantidade e qualidade de toiros aí existentes. Fiquei satisfeito quando vi um lote de toiros que dias antes também havia visto tourear na praça de toiros do Campo Pequeno. O Zé Nói comprou o lote que transportou, nessa mesma noite, para a sua quinta.
É já mesmo a sério, meus senhores! O Zé Nói está de parabéns e nós orgulhosos por se desenvolver uma actividade, desta natureza, na nossa bonita zona raiana. Nem quase fazia sentido que sendo a maioria da população, das nossas freguesias, apaixonada pelos toiros que não houvesse uma boa ganadaria na zona.
Para finalizar digo ainda que o Zé Nói exerce também a actividade de empreiteiro da construção civil, actividade que desempenha igualmente com sucesso. E às vezes ainda há quem tenha inveja e diga que a vida a alguns corre melhor que a outros! Vem tudo do trabalho e da dedicação. O Zé Nói é disso um bom exemplo.
Julgando interpretar fielmente o sentimento de todos os arraianos desejo os maiores sucessos e as maiores felicidades ao Zé Nói e respectiva família.
Boas Capeias.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia dos Foios)

jmncampos@gmail.com