You are currently browsing the daily archive for Segunda-feira, 13 Julho, 2009.

A sétima edição do «Robô Bombeiro», concurso nacional de robótica do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), terá lugar, nesta cidade, no próximo dia 18 de Julho.

robo bombeiroEste concurso decorrerá no Pavilhão Municipal de S. Miguel, na Guarda, a partir das 15 horas; no período da manhã, realizar-se-á, pelas 9h30, o registo das equipas e duas horas depois as verificações técnicas.
O desenvolvimento de pequenos equipamentos apetrechados para explorar um modelo de casa – composto de corredores e quartos – detectar um incêndio, que é simulado por uma vela, e extingui-lo no menor espaço de tempo é um dos objectivos desta competição em que vão participar 30 equipas.
De acordo com Carlos Carreto, um dos responsáveis por esta iniciativa, o concurso pretende promover a robótica e destacá-la como ferramenta pedagógica ao nível do ensino; de referir que estão inscritas vinte escolas do ensino secundário e profissional.
Este docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), pertencente à Unidade Técnico Científica de Engenharia e Tecnologia considera que os «robôs são divertidos e cativantes, ideais para estimular o interesse dos estudantes pela ciência e tecnologia».
plb (com IPG)

Anúncios

Sacha Baron Cohen é um dos comediantes mais falados dos últimos tempos, devido à criação de personagens que dão muito que falar. A sua mais recente figurinha, Bruno, chegou esta semana às salas portuguesas para substituir Borat.

Pedro Miguel Fernandes - Série BTrês anos depois da chegada às salas de cinema de Borat, o repórter oriundo do Cazaquistão que partiu em busca da América, Sacha Baron Cohen volta a invadir o grande ecrã com mais uma personagem saída do seu programa de televisão Ali G, uma série do início dos anos 2000, que por cá passou na Sic Radical há uns anos. Desta vez trata-se de Bruno, que também é um repórter. Contudo o facto de ser repórter é o único ponto que une as duas personagens, pois Bruno é um austríaco gay que trabalha no mundo da moda, o completo oposto de Borat, um anti-semita de primeira que chocou os EUA aquando da sua passagem.
Em Bruno acompanhamos o mais recente trabalho do repórter, que é partir para os EUA e singrar como repórter de moda, com o objectivo máximo de se tornar o austríaco mais famoso da História depois de Hitler, segundo ele próprio. E está lançado o mote para mais uma comédia desbragada, que não pára em lado nenhum, provocando estilhaços em tudo o que toca.
Sacha Baron Cohen - BrunoRecorrendo a um estilo de falso documentário, neste caso mais reportagem, Bruno vai provocando estragos por onde passa, desde um desfile de moda que é literalmente invadido pela personagem vestida com um fato de velcro a um programa de televisão onde vai apresentar o seu filho negro adoptado, numa sátira à moda das celebridades, que nos últimos tempos resolveram adoptar crianças africanas.
O estilo não é muito diferente do seu antecessor, neste caso muda apenas o tema retratado. Uma vez mais é curioso ver como Sacha Baron Cohen consegue com uma personagem fictícia apresentar uma parte do mundo norte-americano no seu estado mais primitivo. Este é talvez um dos grandes pontos de ambos os filmes, pois o comediante consegue com as suas provocações fazer passar-se por uma pessoa real e apanhar os seus interlocutores desarmados.
Promete ser um dos campeões de bilheteiras do ano. Quanto mais não seja, pelo menos já é um dos filmes mais falados e polémicos dos últimos tempos.
«Série B», opinião de Pedro Miguel Fernandes

pedrompfernandes@sapo.pt

No dia 7 de Julho, foi apresentado, no Centro Cultural de Vila Nova de Foz Côa, o plano estratégico de promoção turística do Vale do Côa. Fiquei satisfeito com o conteúdo das exposições e como sou homem de fé e de esperança quero acreditar que esse plano estratégico possa contribuir, significativamente, para o progresso e desenvolvimento do turismo do Vale do Côa.

José Manuel CamposNa sessão de abertura interveio o Prof. Baptista Ribeiro, Presidente da Assembleia Intermunicipal da AMVC, e o Dr. Emílio Mesquita, Presidente do Conselho Directivo da mesma associação.
Por volta das 16 horas o Prof. Dr. Augusto Mateus fez a apresentação do plano estratégico de promoção turística do Vale do Côa.
Do Sabugal deslocámo-nos meia dúzia de Presidentes de Junta, acompanhados do vereador António Robalo e Dr. Norberto Manso em representação da empresa Sabugal +.
Prestámos, naturalmente, a maior atenção aos Senhores que usaram da palavra e só foi pena que, no final, não tivessem dado a oportunidade aos membros da assembleia de poderem intervir, quer questionando quer expondo alguns pontos de vista que muito teriam contribuído para o enriquecimento da sessão.
Já tenho participado em sessões deste género e quando me dão a oportunidade de poder intervir começo por dizer: «Cantas bem mas não me alegras».
Confesso que se me têm dado a oportunidade de poder intervir pretendia dizer:
«Cantaram bem e alegraram-me».
Mas, meus Senhores, não se esqueçam que o Vale do Côa começa em Vila Nova de Foz Côa e termina em Foios. Felizmente que já houve gente de bom senso a conceder-nos algumas migalhas do bolo que nós, gente de Foios, poderemos considerar uma saborosa fatia.
Na verdade, através da A.I.B.T do Côa, conseguimos que tivesse sido construído o caminho para a nascente do querido e amado rio Côa bem como um bonito edifício que baptizámos de CENTRO CÍVICO NASCENTE DO CÔA.
E que dinheiro tão bem empregue, meus Senhores. Só poderão criticar, estas obras, alguns ignorantes e invejosos.
Estas infra-estruturas já começaram a dar vida e esperança aos Foios e à região. É verdade que muito embora ainda estejamos carenciados de alguns equipamentos e de recursos humanos, têm sido bastantes as actividades levadas a efeito no Centro Cívico. Os muitos grupos que nos têm visitado são sempre recebidos no auditório do Centro Cívico onde lhes são exibidas algumas peças alusivas à Serra das Mesas, ao contrabando, às capeias e, finalmente, visita-se a nascente do Côa e alguns aspectos graníticos da serra das Mesas.
foiosVisto que mantemos um extraordinário relacionamento com o Ayuntamiento de Navasfrias nas pessoas do Alcalde e Teniente Alcalde, Celso Ramos e Florêncio Ramos, respectivamente.
São muitos os grupos que fazem a rota do contrabando de Foios a Navasfrias. Nesta localidade quase sempre os espera o Celso ou Florêncio para lhes fazerem uma visita guiada ao parque de campismo El Bardal, ao Centro de Interpretação da Natureza ou mesmo às minas de volfrâmio, aí existentes.
Não tenho dúvidas de que este é o caminho. Mas sem ovos não se fazem omoletes. Continuo a afirmar que o muito que já fizemos ainda é pouco em relação a tudo quanto temos para fazer.
Mas as coisas, em Portugal, são muito complicadas e muito difíceis. Há muita má vontade por parte de algumas pessoas. Por vezes em vez de ajudarem emperram. E quantas pessoas não desistem dos seus projectos por estas razões? Cansam-se de tanta burocracia, de tantas más vontades e acabam por desistir.
Felizmente que, modéstia à parte, eu não sou assim.
Não me deixo vencer pelo desânimo e se tiver que denunciar e enfrentar não tenho problemas em o fazer, quando a razão me assiste. Quando peço não peço para mim. Peço para o meu povo. E quando peço também não peço nada daquilo que é dos Senhores que representam as instituições. Peço ou reivindico aquilo a que julgo ter direito, enquanto autarca.
Quem me conhece sabe bem que sou uma pessoa séria, educada e responsável. Também não sou, por natureza, pessoa vingativa ou de maus instintos. Mas fico do avesso quando vejo injustiças, más vontades, cinismo e incompetência.
Confesso que estou muito feliz com o trabalho que vamos desenvolvendo na nossa santa terrinha. São muitas as pessoas que nos visitam e que têm uma grande importância na economia local e regional.
Queremos continuar a crescer mas não queremos crescer sozinhos. Pretendemos que o Plano Estratégico de Promoção Turística do Vale do Côa, o Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, CCDRC e outras instituições se lembrem de todos os municípios e de todas as freguesias. Pretendemos mais dinheiro e mais responsabilidade para as Juntas de Freguesia. Tenham sempre presente que sem dinheiro não há autoridade, não há progresso e não há desenvolvimento. Lembrem-se igualmente que as Juntas de Freguesia fazem muito com pouco dinheiro e outros com o mesmo dinheiro ficam muito aquém das Juntas de Freguesia.
Não queremos continuar a ser o parente pobre do poder local. Não queremos ser os criados das Câmaras só para lhes afixarmos os editais, passar as informações relativas a obras, vendermos as campas nos cemitérios e outras coisas do género. Queremos, mais meios mais competências e mais responsabilidades.
Este poder local não nos serve. Se alguém tiver dúvidas venha ter comigo e terei muito gosto em os levar a alguns Ayuntamientos de localidades vizinhas espanholas, algumas mais pequenas que as nossas, e verão como tudo é diferente para melhor.
Naturalmente que este meu desabafo não tem nada a ver com os executivos municipais. Pretendo apenas, e tão-somente, contestar a Lei que limita e restringe as acções das Juntas de Freguesia que continuam a ser o parente pobre do poder local.
A ANAFRE que não se esqueça de reivindicar junto dos Senhores Governantes. Terão que lhe manifestar o nosso descontentamento e, se necessário, que nos mobilizem para podermos bater o pé em Lisboa ou até mesmo um boicote aos actos eleitorais. Unidos seremos uma grande força.
Basta de poder local sem dinheiro e sem recursos humanos.
Confesso que fugi ao tema mas o entusiasmo e a revolta foram mais fortes.
Aproveito para informar que o nosso bonito auditório está à disposição de todas as pessoas que pretendam utilizá-lo. Tem capacidade para cerca de uma centena de pessoas.
Aqui também se pratica uma gastronomia de excelência. Enchidos, truta, cabrito e javali.
Visitem-nos e não se arrependerão.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia dos Foios)

jmncampos@gmail.com

A «Imagem do dia» e a «Imagem da Semana» são dois destaques em imagens sobre acontecimentos, momentos ou recordações relevantes. Ficamos à espera que nos envie a sua memória fotográfica para a caixa de correio electrónico: capeiaarraiana@gmail.com

Data: 17 de Maio de 2009.

Local: aldeia de Dirão da Rua, Sabugal.

Legenda: Paisagem panorâmica com algoritmo.

Autoria: Guilherme Cardoso.

Clique na imagem para ampliar

Reportagem do jornalista Pedro Sacadura a próposito da «Toalha de Gancha» que esteve exposta na FIA (Feira Internacional de Artesanato) em Lisboa após ter conquistado um prémio regional. A explicação sobre a técnica ancestral da feitura da «Toalha da Ganha» na voz de Natália Bispo e Alice Moreira.

Pedro Sacadura (Rádio Clube Português – Sabugal)

A fotografia reproduzida nesta crónica foi tirada em Agosto de 1974, no pedido da Praça para a Capeia, no Soito.

Joao Aristides DuarteO redondel, em cimento, tinha sido colocado nesse mesmo ano. Até 1974, as capeias decorrem durante muitos anos no mesmo local, mas a praça era tapada com carros de vacas carregados de lenha, que serviam de calampeiras.
O Soito sempre foi uma terra especial no pedido da praça, nas capeias. Não era costume pedir a praça a uma pessoa muito importante da terra, como acontecia noutras localidades vizinhas. Aqui pediu-se, muitos anos, a praça «ao povo do Soito» ou, então a personagens bem típicas como o Ti Bernardo da Ti Rata ou o Zé Nenho.
Lembro-me, também, de um pedido de praça, por estes anos, em que o falecido Zé Nenho apareceu em «traje de luces», tendo dado uma volta à praça com essa vestimenta, levando muita gente que não o conhecia ao engano, pensando que era mesmo um toureiro de verdade.
Neste ano de 1974 quem participou no cortejo (para além dos mordomos) foram os Zés Pereiras do Paul, no concelho da Covilhã, que, por esta época, vinham muitas vezes ao Soito, animar festas.
Para além dos Zés Pereiras podemos ver o Toninho Oliveira a tocar tambor (em primeiro plano, do lado esquerdo), tendo ao seu lado direito o mestre Fernando Monteiro Fernandes (com as calças às riscas e a t-shirt do 25 de Abril – afinal a Revolução tinha sido há 3 meses!). Atrás do Toninho Oliveira e a fingir que está a tocar guitarra está Eugénio dos Santos Duarte, o pai deste cronista.
Do lado direito da fotografia (de chapéu de palha na cabeça) podemos ver o Ti Zé Impedido, um grande aficcionado das capeias, que completou este ano um século de existência.
«Memória, Memórias…», opinião de João Aristides Duarte

akapunkrural@gmail.com

Militantes e simpatizantes do PS e da candidatura de António Dionísio à Câmara do Sabugal juntaram-se na Praia Fluvial na tarde de domingo, dia 12 de Julho. A Secretária de Estado e dirigente nacional do PS Idália Moniz foi a convidada de honra.

Algumas centenas de pessoas acompanharam o candidato socialista no convívio anual do partido. Os apoiantes, que vieram das diferentes terras do concelho, conversaram, comeram e beberam durante a tarde junto ao rio Côa à sombra dos frondosos amieiros.
No final da tarde houve os discursos da praxe, que se iniciaram com a intervenção do presidente da Federação Distrital da Guarda do partido, José Albano, que afirmou que a candidatura do PS no Sabugal era uma batalha para vencer.
António Dionísio tomou depois a palavra para dizer que se avizinha uma campanha muito dura e exigente, afirmando-se porém pronto para o combate político, estando confiante na vitória.
O candidato socialista manifestou orgulho de todos os que na história honraram a sua terra, nos momentos de glória e de desgraça. «Agora, quando tudo parece desabar, quando o concelho se desertifica e caminha para o abismo, acredito que vamos construir uma terra de esperança», disse António Dionísio. «Esta não é a altura de lamentações e de desistências, é antes a altura de ter coragem e sabedoria para enfrentar e vencer os desafios do desenvolvimento do concelho, é altura de fundarmos os alicerces do futuro».
A terminar o discurso o candidato clarificou o que está em jogo no próximo acto eleitoral autárquico: «Em Outubro só há duas hipóteses: ou se vota na incapacidade, na descrença e na lamúria, ou se vota na mudança, na esperança e na capacidade de alicerçar o futuro do concelho». E, numa alusão velada à candidatura de Joaquim Ricardo, cujo nome não citou, deixou um aviso: «Desperdiçar votos, acreditar em cantos de sereia é nestes tempos difíceis que passamos a opção errada e na prática permitir que tudo fique na mesma».
Idália Moniz, dirigente nacional do PS e actual Secretária de Estado da Reabilitação Social, terminou os discursos dando palavras de alento ao candidato socialista e fazendo uma crítica cerrada ao PSD e a Manuela Ferreira Leite, que desafiou a clarificar quais as políticas sociais do governo socialista que pretende rasgar.
O convívio terminou com a divulgação do hino da candidatura.

Hino da candidatura de António Dionísio

plb

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.140.614 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios