No seguimento da minha sugestão de candidatar a Capeia Arraiana a Património Cultural da Humanidade na UNESCO tornada publica no dia 1 de Fevereiro de 2009, muitas tem sido as contribuições e ideias entretanto recolhidas.

Kim Tomé (Tutatux)Quando em Janeiro lancei a ideia publicamente aqui no Capeia Arraiana, já por diversas vezes a tinha abordado em privado com algumas pessoas com responsabilidades nestes eventos que a consideraram como inútil e desprezível.
Contudo, foi a minha crónica que em Janeiro sensibilizou efectivamente algumas pessoas para esta possibilidade, tendo desde então realizado o que se tem revelado um trabalho exaustivo de recolha de dados.
Com a recente crónica de Ramiro Matos, aumentou significativamente o número de pessoas que nos tem contactado com o objectivo de contribuir.
E assim, vai crescendo o número de apoiantes desta ideia que contribuem com dados, imagens, histórias que nos tem ajudado a constituir o processo de candidatura.
Nos últimos anos, muitas têm sido as fotografias que tenho realizado com o intuito de documentar esta tradição, disponibilizando algumas sob licença CC, nos meus sites de partilha e que agora se juntam às contribuições que nos vão chegando.
Com o trabalho já vai avançado e a certeza de que a Capeia Arraiana pode ser reconhecida pela UNESCO como património da Humanidade, estão reunidas todas as condições para tornar pública a esta iniciativa de carácter privado.
Este grupo de pessoas que se disponibilizaram para encetar esta tarefa é constituído por alguns Sabugalenses nomeadamente, eu Joaquim Tomé como autor da ideia, D. Natália Bispo a primeira pessoa a acreditar neste projecto e a sugerir um sem número de coisas (difícil é segui-la com o seu dinamismo), José Carlos Lages e Paulo Leitão Batista na qualidade de dinamizadores do órgão de informação (Capeia Arraiana) que primeiro acolheu a ideia e a decidiu divulgar e Ramiro Matos que com a sua experiência a lidar com estas coisas tem desde a primeira hora estado atento aos pormenores legais.
Este grupo de trabalho está agora na fase de compilar toda a informação disponível, como acreditamos que com a contribuição e empenho de todos podemos realizar uma melhor candidatura, vimos convidar os leitores deste blogue que porventura tenham algum documento, fotografia, filme ou alguma história relacionada com a Capeia Arraiana a enviar esse material para o email:
capeiaarraianaunesco@gmail.com

«O Bardo», opinião de Kim Tomé
kimtome@gmail.com