You are currently browsing the daily archive for Segunda-feira, 11 Maio, 2009.

A Polícia Judiciária (PJ) da Guarda anunciou hoje a detenção de um homem de 49 anos, suspeito de ser o autor de um crime de roubo a uma mulher de 76 anos, residente no concelho do Sabugal.

Preso algemadoO crime acontecer na Moita, no domingo ao fim do dia, quando a idosa, que tinha um estabelecimento comercial, regressava à sua residência. O indivíduo havia-se introduzido na casa, a fim de ali esperar pelo seu regresso. Quando a idosa chegou o indivíduo surpreendeu-a, agrediu-a e ameaçou-a com uma arma branca, obrigando-a a entregar todo o dinheiro que tinha a em casa, que eram cerca de dois mil euros.
A GNR e a PJ puseram-se em campo logo que alertados, tendo montado uma operação que levaria à detenção do suspeito. O mesmo encontrava-se no estabelecimento de diversão nocturna do Terreiro das Bruxas, local onde foi detido quatro horas após ter perpetrado o assalto.
O suspeito agora detido tinha já antecedentes criminais, tendo estado já preso, pela prática de crimes violentos, incluindo o de homicídio da namorada.
plb

Anúncios

No dia 8 de Maio, o Comando Territorial da Guarda da GNR levou a efeito uma operação distrital, destinada ao combate da criminalidade em geral, detecção de viaturas furtada e armas ilegais, bem como identificação de indivíduos suspeitos e envolvidos em actividades delituosas.

Operação STOP da GNRNa operação, que ocorreu em simultâneo em Vilar Formoso e na zona de Seia e Gouveia, foram envolvidos 86 militares da GNR, tendo a colaboração de elementos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e da Direcção Geral das Alfândegas e Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC), tendo como resultado a fiscalização de 514 veículos, dos quais 134 se encontravam em infracção à Legislação Rodoviária.
No decurso da semana passada foram ainda realizadas oito Operações no âmbito da fitossanidade florestal, na zona de fronteira com Espanha, tendo sido fiscalizados 370 veículos e elaborados sete autos de contra-ordenação.
Segundo o comunicado semanal da GNR, no período em análise registaram-se 59 ocorrências criminais, 28 delas referentes a furtos. Dentre os furtos houve um de veículos, quatro em veículos, quatro em edifícios públicos, dois em edifícios comerciais, sete em residências e ainda dez outros furtos.
Foram detidos 15 Indivíduos. Oito em flagrante delito: um por desobediência à autoridade (no âmbito da fiscalização rodoviária), um por condução sem habilitação legal e seis por condução sob o efeito do álcool. Foram ainda detidos sete indivíduos por cumprimento de mandados judiciais.
Foram ainda elaborados 243 Autos de contra-ordenação, pelas seguintes infracções: 226 à Legislação Rodoviária, 12 à Legislação da Natureza e Ambiente e cinco à Legislação Policial.
Registaram-se 27 acidentes de viação, sendo 15 por colisão, 10 por despiste e dois por atropelamento. Deles resultaram 1 feridos grave 12 feridos leves.
plb

A tradição ainda é o que era, ao contrário do que muita gente pensa. E por isso lá fui mais uma vez ao IndieLisboa, este ano com muitas surpresas e poucas desilusões, nas 21 sessões a que assisti.

Pedro Miguel Fernandes - Série BNo total foram 21 as sessões que consegui ver este ano, uma autêntica maratona, mas como quem corre por gosto não cansa, esta canseira de andar a correr de uma sala de cinema para a outra compensa. Este ano a viagem começou na Roménia, com «Boogie», de Radu Muntean, um filme sobre um homem de 30 anos, casado e com filho, que decide recordar a juventude numa noite de copos com os amigos que não via há anos.
Durante o festival ainda consegui ver outro filme deste país, «The Happiest Girl in the World», primeira longa metragem de Radu Jude. Ambas as fitas provam uma vez mais que os jovens realizadores romenos têm cartas para dar.
Outra das paragens obrigatórias no Indie é a América Latina, representada por obras de países como o Brasil, Chile e Argentina, este último com dois filmes a competir pelo prémio máximo. Curiosamente tive oportunidade de ver os dois no mesmo dia. Se «Una Semana Solos» deixa um pouco a desejar, apesar de ter sido produzido por Martin Scorcese, já «Águas Mil» é uma comédia agridoce que nos leva a conhecer uma família à beira de um ataque de nervos com um visitante misterioso durante umas férias que se esperavam pacificas. Do Chile o filme «Tony Manero», a história de um sósia de John Travolta da época da «Febre de Sábado à Noite» que tudo faz para vencer um concurso televisivo, também merece destaque.
IndieLisboa 2009Do continente asiático, região que me agrada do ponto de vista cinematográfico, assisti já no final a «Breatlhess», uma boa estreia do realizador sul coreano Yang Ik-june, um filme algo violento, que nos deixa de certa forma desconcertados na cadeira do cinema. Mas no fundo são estes filmes que mexem connosco e nos fazem gostar de cinema, ao vivermos o que se passa com as personagens.
Pelo meio vi ainda alguns documentários, dois dos quais foram para mim dos melhores filmes do certame. «Young@Heart», que retrata os ensaios de um coro de idosos, cuja média de idades ronda os 80 anos, especializados em temas rock e punk. Uma autêntica lição de vida, pois estes simpáticos velhinhos ensinam-nos em quase duas horas o gosto de viver. No outro extremo, surge «L’Encerclement», um documentário canadiano, que venceu o prémio do público, que consiste em 16 entrevistas a vários investigadores sobre neoliberalismo. Uma excelente reflexão sobre esta teoria económica, que ajuda a compreender algumas das questões que se passam no mundo actual. Ideal para esta altura de crise.
Por fim resta só dizer que «Ballast», a estreia na realização do norte-americano Lance Hammer, foi o vencedor do prémio principal do IndieLisboa. Sobre esta fita não poderei falar, pois infelizmente não a consegui ver.
«Série B», opinião de Pedro Miguel Fernandes

pedrompfernandes@sapo.pt

O Sporting Clube do Sabugal fez o que lhe competia, vencendo ontem em casa o Vilar Formoso por 1-0. Porém Mêda e Aguiar da Beira também venceram os seus desafios, ficando a tabela classificativa inalterada para os três primeiros. Tudo se adiou para a última jornada do campeonato, que se disputa no próximo domingo.

Bola de futebolO Meda continua a liderar o Campeonato de Futebol da Primeira Divisão Distrital da Guarda, embora com os mesmos pontos do Sabugal, enquanto que o Aguiar da Beira está apenas a um ponto.
No Sabugal havia grande expectativa quanto ao jogo do Sporting da Meda, que recebeu o Gouveia, considerado um adversário difícil, porém o clube medense ganhou por 3-0, assim mantendo a liderança. O Aguiar da Beira, que também espreita uma oportunidade, recebeu e goleou o Lageosa do Mondego por 6-0.
Na próxima jornada os três primeiros jogam fora de casa e tudo farão para vencer. O Sabugal terá, teoricamente, a tarefa mais difícil, pois vai a Vila Nova de Foz Côa jogar com o quarto classificado. No Sabugal, na última jornada da primeira volta, o Sabugal venceu por 1-0, mas agora será tudo mais difícil.
O Mêda também não terá tarefa fácil, ao deslocar-se a Pinhel, um adversário sempre complicado, que na primeira volta impôs em Mêda um empate a duas bolas. Já o Aguiar da Beira terá o jogo teoricamente mais simples, pois irá à Guarda defrontar o NDS, que é o último classificado, e que foi batido na primeira volta por 4-0.
Tudo continua pois em aberto. Como a esperança se deve manter até ao final, pois até ao lavar dos cestos é vindima, ao Sabugal caberá levar de vencida o jogo em Foz Côa e esperar pelos resultados dos seus mais directos adversários.
Capeia Arraiana conversou com o presidente do SC Sabugal, Carlos Janela, que se mostrou confiante na subida do Clube à terceira Divisão Nacional, mas sente de que isso será extremamente difícil. «Nós temos que disputar um jogo muito complicado. O Foz Côa tem uma boa equipa e não facilita. Por outro lado o Mêda perdeu o campeonato do ano passado na última jornada e a história não se repete. Sei que irá a Pinhel para ganhar e tudo farão para o conseguir».
De qualquer forma, Carlos Janela desdramatiza e diz que o Sabugal cumpriu já a sua missão: «Excedemos todas as expectativas, desde logo porque não fizemos equipa para isto. Queríamos disputar tranquilamente o campeonato, mas as vitórias foram surgindo e chegámos com muito orgulho à posição em que estamos. Claro que agora acreditamos poder ser campeões até que o árbitro dê o apito final no nosso jogo e nos dos outros».
Apesar da esperança, o clube não tem qualquer eventual comemoração minimamente preparada: «Até seria mau agoiro. Iremos para Foz Côa confiantes e tudo faremos para vencer. Se a isso se juntar uma escorregadela do Mêda em Pinhel, então faremos uma festa espontânea, à medida da nossa grande satisfação».
plb

Romeu Bispo, natural do Sabugal, funcionário bancário, é o novo provedor da Santa Casa da Misericórdia do Sabugal, sucedendo no cargo a José Diamantino dos Santos, falecido no início do ano. Tem sobre os ombros uma grande responsabilidade, pois a instituição cresceu muito nos últimos anos e desempenha hoje um papel incontornável no apoio social às famílias sabugalenses. Rumores acerca de uma situação financeira muito difícil da Misericórdia, levaram-nos à fala com o novo provedor, que esclareceu a conjuntura actual e falou nos projectos de futuro.

romeu– Como se processou a substituição do Dr. Diamantino enquanto provedor da Santa Casa da Misericórdia do Sabugal?
– Dentro do que estipulam os Estatutos eu, sendo vice-provedor, passei a desempenhar as funções de provedor, tendo entretanto assumido as funções na Mesa um outro irmão que figurava como suplente. Actualmente a Misericórdia é gerida por cinco elementos. Para além de eu próprio fazem parte da Mesa: Manuel Nunes, António Janela, António Freitas e Maria Rosária Batista. Temos reunido periodicamente e constituímos uma equipa unida, pois estamos todos conscientes do trabalho que há a fazer. Não é fácil substituir uma figura impar como a do Dr. Diamantino e os restantes elementos da Mesa, sabendo disso, têm-me dado todo o apoio.
– Tem havido rumores de que o Dr. Diamantino deixou a Santa Casa numa situação financeira insustentável, o que levou à tomada de medidas drásticas. O que há de verdade nisto?
– A situação financeira da Misericórdia não é de facto famosa. Apresentámos as contas relativas a 2008 na última Assembleia Geral e a verdade é que houve um saldo contabilístico negativo de mais de 180 mil euros, porém o resultado operacional foi na ordem dos 90 mil euros. Perante isto alguma coisa tinha de ser feita. De qualquer forma a verdade é que o próprio Dr. Diamantino há muito nos dizia que a situação era difícil e que teríamos de tomar medidas.
– Mas como vice-provedor não sabia o que se passava?
– O Dr. José Diamantino dedicava praticamente todo o seu tempo à obra e nós comparecíamos nas reuniões e acompanhávamo-lo sempre que era necessário. Sabíamos do que se passava, porque ele nada nos escondia, e falava-nos das dificuldades que se atravessavam e que era necessário ultrapassar. Mas como estávamos habituados ao rigor da sua gestão não vivíamos numa grande preocupação porque contávamos sempre com ele para superar os problemas, que foi de resto o que ele sempre fez nos anos em que esteve à frente da instituição.
– E a que se deve a situação difícil em que a Misericórdia se encontra?
– Fomos visitados por várias inspecções que detectaram anomalias, pois as leis estão sempre a mudar e isso obriga a constantes readaptações. Isso implicou muitas despesas em obras e aquisições para suprir as falhas apontadas. Mas sobretudo houve o investimento na creche, que importou em mais de 200 mil euros, totalmente suportados pela instituição, pois os fundos comunitários prometidos nunca chegaram. As verbas eram do anterior Quadro Comunitário da Apoio e houve algum desentendimento entre as unidades gestoras, Coimbra e Lisboa, o que contribuiu para que a Misericórdia não tivesse recebido qualquer verba. O Dr. Diamantino ficou muito desanimado com isso, falando mesmo em problemas políticos que impediram a concretização do financiamento.
– E que medidas em concreto estão agora a ser tomadas para sanear financeiramente a instituição?
– Tivemos que aumentar as mensalidades dos utentes, quer das crianças quer dos idosos, que estavam inalteradas desde 2005. Esta era de resto uma ideia que o falecido provedor nos dizia que era necessário tomar. Outra medida é avançarmos com a criação da Unidade de Cuidados Continuados, fundamental para servir melhor a população idosa e também para rentabilizar o futuro da instituição.
– E há disponibilidade financeira para se avançar agora com esse projecto?
– Apenas avançaremos se obtivermos financiamento e temos boas perspectivas de o conseguir. Estes projectos são financiados pelo Ministério da Segurança Social, havendo porém a supervisão técnica do Ministério da Saúde, a quem cabe dar o sinal verde para se avançar. E aqui as coisas estão bem encaminhadas porque reunimos recentemente com o Dr. Fernando Girão, que é o administrador da Unidade Local de Saúde da Guarda, que nos elucidou acerca dos passos a dar na nossa candidatura e nos garantiu que o Sabugal terá direito a esse serviço.
– E como é que isso se processou?
– Bem, quem nos deu conhecimento da possibilidade de se avançar com a instalação de uma Unidade de Cuidados Continuados no Sabugal e intercedeu no sentido de se fazer a reunião foi o António Dionísio.
– O Toni, candidato do PS à presidência da Câmara?
– Sim.
– Mas quem andava a falar num hospital de retaguarda para o concelho era o presidente da Câmara, Manuel Rito…
– Sim, isso é verdade, até porque o Sr. Presidente da Câmara também nos falou acerca desse assunto, na reunião de apresentação que tivemos na Câmara, mas a verdade é que a reunião que tivemos com o Dr. Fernando Girão foi patrocinada pelo Toni, que fez com que as coisas avançassem. Eu limitei-me a, em nome da instituição, aproveitar uma oportunidade que penso que o Sabugal não pode perder.
– E para quando está prevista construção da Unidade de Cuidados Continuados?
– Agora esperamos pela conclusão do projecto, que está a cargo de um gabinete de arquitectura, e que nos deve ser apresentado ainda esta semana. De qualquer forma o novo projecto terá de ser analisado e aprovado pelos Ministérios envolvidos, e só então avançarão as obras. Mas estou confiante que no início de 2010 a construção irá avançar.
– Esse também era um objectivo do Dr. José Diamantino?
– Sem dúvida, até porque o novo projecto baseia-se num outro que elaborámos há oito anos, a que chamámos Unidade de Apoio Integrado, que a Misericórdia tentou fazer avançar, mas que apesar de termos o projecto aprovado não foi possível construí-lo porque não reunimos os apoios necessários.
plb

Fernando Pereira, actor e imitador, iniciou a sua carreira em 1982. Conhecido pelas imitações de qualquer artista nacional ou internacional, as cordas vocais de Fernando Pereira foram examinadas por diversos cientistas de renome, num Simpósio que teve lugar na Faculdade de Medicina do Porto, no qual descobriram um instrumento deveras invulgar.

Joao Aristides DuarteFoi, também, um dos artistas convidados a actuar no Congresso Mundial da Voz, ao lado de nomes como José Carreras, Teresa Berganza e Ileana Cotrubas.
A primeira vez que vi Fernando Pereira ao vivo foi na Guarda, no Parque Municipal, num concerto integrado nas Festas da Cidade, em 28 de Julho de 1988.
Esse espectáculo tinha por mote «Fernando… Em Pessoa». Logo aí deu para perceber que se estava perante um entretainer de grande categoria.
Nesse mesmo ano voltei a ver Fernando Pereira num espectáculo no Monte da Caparica, onde o sucesso foi, também, evidente.
O concerto no Soito teve lugar em 7 de Agosto de 1990, integrado nas Festas de S. Cristóvão. O recinto estava completamente cheio. Foi dos concertos que reuniu mais público de todos os que tiveram lugar no Soito.
Fernando Pereira chegou, à tarde, ao Soito e, já no recinto das Festas, conviveu com populares que se encontravam ao balcão do bar, bebendo umas «minis», sem quaisquer tiques de vedetismo. Esta é, realmente, uma das suas características.
O concerto do Soito tinha por título «Com Humor e Carinho» e iniciou-se com a canção com o mesmo título, a que se seguiu o tema «Os Afilamentos das Alâmpadas», uma espécie de Blues alentejano.
Fernando Pereira, neste concerto, sempre acompanhado pela sua competente banda, fez várias imitações de artistas, com destaque para António Variações, Roberto Carlos ou uma imitação fantástica de Nelson Ned no tema «Domingo à Tarde». Nelson Ned era um homem pequenino e para a imitação ser perfeita foi colocado à frente do palco um caixote que tinha uns sapatos que se mexiam, imitando os pés de Nelson Ned. Fernando Pereira teve que cantar esta canção de joelhos, mas quem não estivesse atento não daria por nada.
Fernando PereiraPelo meio do espectáculo houve lugar para vários sketchs humorísticos como «O Monólogo do Bêbado» ou «Os Governos», em que o público ria às gargalhadas.
Mais para o final surgiram «Volare (Flamencão)», com diversos temas da música popular portuguesa cantados em ritmo de Rumba.
«We Are The World», o tema que um grupo de artistas norte-americanos gravou no projecto «USA For Africa», também fez parte do alinhamento.
Tudo terminou com «Cavacada Mix», um tema com imitações de David Bowie, Communards, Peter Gabriel, Madonna, Tina Turner, Brian Adams, Fine Young Cannibals, Yes, Dire Straits, Michael Jackson, Simple Minds e Prince. Este tema tinha um refrão que rezava «Cava, Cava, Cavacada Mix, Dá P’ra Dançar, É Uma Cena Muito Fixe, Tudo a Sacudir e Abanar o Capacete!».
Foi um dos grandes concertos que teve lugar no Soito. No ano seguinte, nas Festas de S: João, do Sabugal, Fernando Pereira deu um concerto no Castelo, que foi muito fraco comparado com o do Soito.
Fernando Pereira tem continuado a sua carreira, mesmo internacionalmente, com altos e baixos mas o seu grande sucesso aconteceu no final da década de 1980 e durante a década de 1990.
Uma curiosidade relativa a Fernando Pereira é que ele foi um dos populares que ficou ferido em 25 de Abril de 1974, quando atiradores entrincheirados na sede da DGS dispararam sobre a multidão.
«Música, Músicas…», opinião de João Aristides Duarte

akapunkrural@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.144.969 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios