A ADES-Associação Desenvolvimento Sabugal disponibilizou, publicamente, no seu portal na Internet o «Plano de Actividades para 2009» e as «Vantagens de ser sócio da ADES». A associação descreve os eventos em que participou em 2008 e aqueles em que pretende participar durante o presente ano. As prioridades vão para a «aposta na qualidade dos serviços» e na «capacidade de interpretar as necessidades e desejos dos associados».

ADES - Sede no SabugalO portal na internet da ADES disponibilizou esta sexta-feira, 24 de Abril, o «Plano de Actividades para 2009» apreciado, votado e aprovado em Assembleia Geral no dia 20 de Fevereiro último.
A ADES define-se como «uma associação sem fins lucrativos, que aposta na qualidade dos serviços, tem sido esta uma prioridade que conjuntamente, com a capacidade de interpretar as necessidades e desejos dos associados torna, ambição da ADES satisfazer, ou até mesmo exceder, de forma consistente, as suas expectativas».
O documento da ADES dá conta das actividades concretizadas em 2008 como, por exemplo, o processo para Entidade de Formação Profissional Acreditada pelo DGERT-Direcção-Geral do Emprego concluído com sucesso em Setembro e que vai vigorar durante um ano.
A ADES concretizou parcerias com a Pró-Raia (estratégia de desenvolvimento local, com a Associação de Municípios do Vale do Côa e com a Associação de Aldeias Históricas (projectos no âmbito do Provere) e com a Celula2000 (candidatura ao POPH para acções de formação) e três candidaturas à criação do próprio emprego (laboratório de próteses dentárias no Sabugal, óptica para o Centro de Negócios Transfronteiriço do Soito e para empresa de catering no Sabugal).
Além da remodelação da presença na Internet foi editado e enviado aos associados o Boletim Informativo «Terras do Lince» em Maio e Dezembro de 2008. A associação participou, também, no projecto do pavilhão da Lageosa da Raia, na sede da Associação de Caça e Pesca da Lageosa da Raia e na intervenção na ribeira e caminho de regadio (Programa Agris). Destaque para o apoio, execução e assistência às Juntas de Freguesia com o Plano Oficial de Contabilidade das Autarquias Locais (POCAL).
Em destaque, em 2008, esteve também a intervenção no processo das candidaturas das Juntas de Freguesia ao programa de aquisição de meios de primeira intervenção no combate a incêndios florestais. Entre os eventos realizados destaque para a participação na Mostra Agro-Alimentar do Soito, Pintar Sabugal 2008, Feira de Artesanato do Sabugal, Festa da Europa, Feira de Antiguidades e Velharias, Boletim da Festa da Europa, sessão de esclarecimento aos artesãos e organização de exposições de pintura.
A ADES pretender concretizar durante o ano de 2009 as seguintes tarefas: parceria com o Município e a Empresa Municipal Sabugal+; candidatura à criação de um GIP-Gabinete de Inserção Profissional; construção ou aquisição de novas instalações para a sede; criação de um ninho de empresas ou incubadora de empresas no âmbito do QREN; apoio a entidades empreendedoras do concelho do Sabugal; constituição da valência comercial e industrial; apoio às parcerias transfronteiriças; criação da Loja de Artesanato e do Centro de Artes e Ofícios para artesãos; desenvolver a Feira de Artesanato do Sabugal; aquisição de um stand de exposições para participação em certames; editar uma brochura sobre o artesanato; manter e reestruturar o Pintar Sabugal; formalizar o Pintar Aldeias; manter o apoio às Juntas de Freguesia em termos de Plano Oficial das Autarquias Locais (POCAL) e de concursos de empreitadas; elaborar um inquérito às Juntas de Freguesia para definir o Plano Plurianual de Investimentos; candidatura ao SAMA-Sistema de Apoio à Modernização Administrativa; candidatura ao PRODER; candidaturas ao QREN e ministrar formação profissional aos associados. A terminar a longa e detalhada lista de projectos a concretizar em 2009 temos o reforço do quadro de pessoal com a contratação de mais técnicos, e… desenvolver projectos de investimento no âmbito da Pró-Raia (Leader+) e a realização de parcerias (Nerga, Iapmei, IEFP e Pró-Raia) revendo as actualmente existentes.

1 – As nossas desculpas mas não resistimos a repetir a última proposta: «(…) a realização de parcerias (Nerga, Iapmei, IEFP e Pró-Raia) revendo as actualmente existentes.» Rever, v. tr. (do latim revidere) – ver pela segunda vez, examinar, corrigir, tornar a ver. (Grande Dicionário da Língua Portuguesa).
2 – É com alegria – porque a tristeza não nos satisfaz o ego e porque como diz aquele provérbio chinês «Você não pode evitar que os pássaros da tristeza voem sobre a sua cabeça mas pode impedir que façam um ninho em seu cabelo» – que constatamos que 2009 vai ser um ano de muita actividade da ADES em prol do desenvolvimento do Sabugal. Assim seja.
jcl (José Carlos Lages)