«São Nuno de Santa Maria – Nuno Álvares Pereira» é o título do mais recente livro do filósofo e pensador Jesué Pinharanda Gomes. A obra resume a pesquisa que efectuou entre 2003 e 2009 como membro da Comissão Histórica do Processo da Causa da Canonização do Beato Nuno de Santa Maria que o povo apelidou de Santo Condestável. Esta segunda-feira, 20 de Abril, às 18.30 horas, o programa «Ecclesia» da RTP-2 vai apresentar uma entrevista com mestre Jesué Pinharanda Gomes. A cerimónia da canonização está marcada para o dia 26 de Abril na Praça de São Pedro, em Roma.

Jesué Pinharanda GomesMestre Pinharanda Gomes descreve a sua mais recente obra sobre pesquisa que efectuou, entre 2003 e 2009, como membro da Comissão Histórica do Processo da Causa da Canonização do Beato Nuno de Santa Maria como «uma antologia que contempla Nuno de Santa Maria in specie» porque «não cuidamos de uma escolha de textos relativos à integral personalidade de Nuno – o militar, o patriota, o guerreiro, o monge, o santo – que são facetas inerentes aos nomes em que o identificamos: Conde de Ourém, Nuno Álvares Pereira, Condestável…, cuidamos sobretudo de Frei Nuno de Santa Maria, da sua espiritualidade, dos carismas e das virtudes (cardeais e teologais) segundo os testemunhos, ou de quem o conheceu, ou de quem o estudou». A apresentação é muito breve dando relevo à Cronologia Fundamental evitando, assim, «escrever um esboço biográfico, pois há muitos, e deveras excelentes, e facultamos ao leitor uma visão sequencial e sinóptica das datas mais apelativas – por um lado, as da sua vida, e, por outro lado, as subsequentes e consequentes à morte e projecção na história da Igreja e da Pátria, chamando a conclave as diversas ocasiões em que se pugnou pela beatificação (que muito demorou) e se tem pugnado pela justa canonização» esclarece o filósofo.
O processo de elevação de Nun’Álvares Pereira aos altares encontrou inúmeras dificuldades no tempo. O Santo Condestável nasceu a 24 de Junho de 1360 em Cernache de Bonjardim e faleceu no dia 1 de Novembro de 1431. Foi general e na qualidade de Condestável do Reino defendeu a independência nacional contra Castela e a unidade católica da Igreja.
São Nuno de Santa Maria por Jesué Pinharanda GomesA antologia, da autoria de Pinharanda Gomes, está organizada em três módulos. Memórias e Estudos é uma compilação de textos que salientam como Nuno Álvares foi visto pelos do seu tempo e como tem sido visto pelos exegetas modernos que ao Beato Nuno dedicaram ascéticas e litúrgicas vigílias que oferecem excelentes entendimentos do espírito condestabriano. O segundo módulo, Hinos e Poemas privilegia as letras das chacóinas medievais e os hinos litúrgicos ou para-litúrgicos, entre eles o que o Padre Moreira das Neves compôs para a Peregrinação Nacional das Relíquias, o de Manuel Nunes Formigão e o ensaio de Fernando Pessoa. O último módulo contém a Documentação Canónica seleccionada pelo autor visto ser impossível incluir todos os documentos publicados durante a complexidade processual da beatificação e canonização.
Mestre Pinharanda Gomes recorda com sapiência que «Nuno Álvares Pereira motivou e motiva poetas (Junqueiro, Corrêa d’Oliveira, Afonso Lopes Vieira, Augusto Casimiro, Fernando Pessoa, Couto Viana, Moreira das Neves…) desde Luís de Camões; e também músicos, que produziram variedade de cânticos e de hinos (Manuel Nunes Formigão, Venceslau Pinto, Inácio Aldossoro, M. Pacheco, Luiz Gonzaga Mariz, José Ferreira…) desde as remotas chacóinas ou músicas com que os habitantes da zona saloia de Lisboa abrilhantavam as suas peregrinações ao túmulo do Conde Santo na Igreja do Convento do Carmo».
O Presidente da República, Cavaco Silva, recebeu, em audiência, no dia 14 de Abril, uma delegação da Comissão S. Nuno de Santa Maria, da Ordem do Carmo em Portugal que o informou da conclusão do processo e da cerimónia da canonização que está marcada para o dia 26 de Abril, na Praça de São Pedro, em Roma.

Esta segunda-feira, dia 20 de Abril, às seis e meia da tarde o programa «Ecclesia», da RTP-2, vai apresentar uma entrevista sobre Nuno de Santa Maria (biografia e canonização de Nuno Álvares Pereira), com dois convidados especiais: Frei Agostinho Castro e Jesué Pinharanda Gomes.
jcl

Anúncios