Os resultados da «Operação Páscoa», foram francamente positivos no que respeita à sinistralidade, verificando-se uma substancial diminuição dos acidentes de viação, bem como das suas consequências, segundo o comunicado semanal emitido pelo comando da Guarda da GNR.

GNR - Operação StopNo distrito da Guarda os acidentes diminuíram 50 por cento em relação a igual período do ano anterior, não houve mortos nem feridos graves e os feridos leves diminuíram também mais de 50 por cento. Concretamente, registaram-se 9 acidentes de que resultaram 4 feridos leves.
O Comando Territorial da Guarda para além de outras operações, realizadas no âmbito da missão geral, empenhou cerca de 400 elementos de todo o distrito nos quatro dias que durou a operação, que se realizou entre as zero horas de dia 9 e as 24 horas de dia 12 de Abril.
Segundo o comandante, coronel José Manuel Monteiro Antunes, «uma vez mais, o empenho destes elementos se traduziu em apoio, segurança e tranquilidade para os utentes das diversas vias de circulação do distrito. Para isto, embora a acção policial seja de primordial importância, não se pode deixar de referir o contributo de todos os condutores que cada vez mais se consciencializam do problema da sinistralidade rodoviária e da necessidade de uma condução mais defensiva e respeitadora das regras de trânsito».
Ao longo da semana transacta, a GNR da Guarda, registou 66 ocorrências criminais e efectuou 12 detenções. Dessas detenções, nove ocorreram em flagrante delito, sendo quatro por condução sob efeito do álcool, quatro por condução sem habilitação legal e uma por desobediência aos militares da GNR no decurso de uma fiscalização rodoviária. Foram ainda detidos três indivíduos no cumprimento de mandados judiciais.
A Equipa Cinotécnica do Comando Territorial da Guarda, efectuou duas acções de sensibilização dirigidas a 310 crianças de escolas da Guarda.
plb

Anúncios