A Ria de Aveiro é um dos locais privilegiados e com um potencial enorme para diversas áreas da fotografia.

(Clique nas imagens para ampliar.)

A sua fonte de elementos naturais proporciona um conjunto de situações exploráveis potenciadas pela luz natural. É esta luz, matinal e crepuscular, que permite vermos in loco toda magia da Ria.
A Ria de Aveiro estende-se pelos seus onze mil hectares. É composta por canais ramificados que envolvem um número alargado de ilhas e ilhotes. Estas águas livres são habitat de variada fauna piscícola, produzindo também variadas espécies de algas, perfeitas para o alimento de algumas aves. O cordão dunar, para além de representar importante barreira natural contra o avanço do mar, caracteriza-se pela presença de comunidades vegetais específicas, que o enriquecem.
Um hotspot inesgotável de condições fotográficas, onde a luz natural constitui um elemento crucial na hora de fotografar.

«A Objectiva de…», galeria fotográfica de Pedro Afonso
pmiguelafonso@gmail.com