Realizou-se no fim-de-semana, de 14 e 15 de Março, na cidade de Mafra, a segunda edição do Open Internacional de Karate. Estiveram presentes várias centenas de atletas de entre todas as idades de vários clubes de Portugal. Espanha, França, Dinamarca, Georgia, Kuwait foram algumas das comitivas estrangeiras presentes neste que é talvez o maior Open de Portugal. O sábado foi reservado somente às provas de kata, onde estiveram presentes quatro atletas da AEKS – Academia Egitaniense de Karate Shotokan.

Open Internacional de Karate de MafraPedro Carvalho, vindo de duas lesões que o fizeram estar sem treinar algumas semanas, não conseguiu estar ao seu melhor nível e um pequeno desequilíbrio fez com que perdesse 2-1.
Diogo Rafael alcançou a final da sua poule onde defrontou o actual campeão nacional, com o qual perdeu por um apertado 2-1. Foi repescado e ganhou novamente todos os confrontos, ficando desta forma em terceiro lugar na sua prova de Kata 10-11 anos.
Rita Morgado que participou no escalão 12-13 anos, teve uma boa prestação alcançando a final da sua prova. Na final executou pela primeira vez uma nova kata, que na opinião de muitos lhe deveria ter dado o 1.º lugar. Rita acabou por ficar no segundo lugar do pódio, ainda assim um bom resultado.
Rui Jerónimo, que participou em Kata +18 anos, perdeu somente na semi-final da prova após um desequilíbrio na sua kata, o que diante de atletas de topo é suficiente para uma derrota. Terminou em terceiro lugar após um expressivo 5-0 na final da repescagem.
Rui Jerónimo