You are currently browsing the daily archive for Terça-feira, 10 Fevereiro, 2009.

O facto de se realizarem este ano desfiles de Carnaval no Sabugal está a desagradar a Aldeia do Bispo freguesia raiana que há muito mantém a tradição de comemorar o desfile igualmente com um desfile, que este ano se vê prejudicado pelo que vai suceder na sede de concelho.

Corso Carnaval em Aldeia do Bispo, SabugalHá seis anos que em Aldeia do Bispo se realiza uma comemoração carnavalesca, que em parte representa um reviver das antigas entrudadas. Inclui-se sempre um desfile com gigantones, que junta mais de meia centena de figurantes, realizam-se capeias arraianas, bailes e pregam-se partidas à moda antiga.
Este ano a Câmara Municipal do Sabugal decidiu integrar os Circuitos Gastronómicos, na quadra carnavalesca, e realizar como actividade de animação dois desfiles de Carnaval, formados por alunos das escolas do concelho. O facto provocou agastamento entre os promotores do Carnaval de Aldeia do Bispo, que consideram ver prejudicada a sua tradicional iniciativa.
«Tiveram o desplante de vir pedir os cabeçudos de Aldeia do Bispo para os integrarem no desfile da sede do concelho, esquecendo-se que isso nos desagrada porque estão a prejudicar a nossa iniciativa, que existe há seis anos», disse-nos Francisco Bárrios, ex-presidente da Junta de Freguesia de Aldeia do Bispo. «Não há fome que não dê em fartura. Durante muitos anos só existia o Carnaval de Aldeia do Bispo, mas agora temos outro, e nisso não haveria problema desde que não ameaçasse o nosso Entrudo, que já vem desde há muitos anos», acrescentou o ex-autarca, que considera que poderia ter sido possível organizar as duas iniciativas em complementaridade, desde que as comemorações se conjugassem: «Em Aldeia do Bispo fazíamos o desfile num dia, por exemplo ao domingo, e no Sabugal realizavam-no no dia de Carnaval, e assim tudo ficava bem».
plb

Anúncios

O Comando Territorial da Guarda da GNR deteve nove pessoas em flagrante delito e outras 12 no cumprimento de mandados judiciais. No total registaram-se 36 ocorrências criminais e verificaram-se 26 acidentes de viação. Dentre os crimes verificados a GNR registou um furto acontecido em Aldeia da Dona, concelho do Sabugal.

Guarda Nacional RepublicanaSete dos nove detidos em flagrante delito eram condutores. Quatro conduziam sob o efeito do álcool, apresentando taxas de alcoolémia entre 1,24 e 2,85 gramas no sangue, e três conduziam sem habilitação legal. As outras duas detenções em flagrante ocorreram por furto. Foram ainda efectuadas 12 detenções em cumprimento de mandados judiciais.
No período em análise foram registadas em todo o distrito da Guarda 36 ocorrências criminais, 20 delas motivadas por furtos, sendo um de veículo, seis em veículos, um em estabelecimento comercial, quatro em residências, dois em outros edifícios e seis outros furtos.
Um dos furtos participados criminalmente aconteceu em Aldeia da Dona, freguesia da Nave e concelho do Sabugal, no dia 9 de Fevereiro, data em alguém entrou na sede da Associação Cultural e Recreativa através do arrombamento da porta, furtando todo o tabaco que ali se encontrava. Os prejuízos acendem a 400 euros e a queixa foi apresentada contra desconhecidos.
No dia 4 de Fevereiro a GNR levou a cabo uma operação de prevenção, para combate
à criminalidade e fiscalização rodoviária, onde estiveram empenhados 61 militares, dois inspectores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e dois Inspectores da Direcção Geral das Alfândegas e Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) . Foram
fiscalizadas 236 viaturas, tendo sido detido um indivíduo por condução sob efeito de álcool, sendo ainda elaborados 27 autos de contra-ordenação por infracção ao Código
da Estrada e outra legislação.
No período em apreço, de 2 a 8 de Fevereiro, registaram-se 26 acidentes de viação, sendo 19 por colisão, cinco por despiste e dois por atropelamento. Dos sinistros resultaram um ferido grave e cinco feridos leves.
Durante a mesma semana, os Núcleos Escola Segura (NES), dos Destacamentos
Territoriais da Guarda, Pinhel e Gouveia, desenvolveram várias acções de sensibilização nos respectivos concelhos a que presenciaram cerca de 110 alunos.
plb

Os políticos e os economista mundiais não têm feito outra coisa que não seja tentar solucionar os problemas do Mundo, e como? Enganando-se a si próprios e enganando os cidadãos, com um ritmo aceleradíssimo de participações em cimeiras, congressos, reuniões, elaborando papeis e pronunciando bonitos discursos.

António EmidioTal afã mobilizador é proporcional ao aumento das injustiças, da pobreza, da fome, da irracionalidade, do caos e da guerra. Porém tudo isto acontece na segurança e conforto dos seus gabinetes e dos areópagos internacionais, com chorudos ordenados pagos pelo erário público.
Nas reuniões e nos gabinetes nunca ninguém se apercebeu da aproximação e chegada das actuais crises: económica, financeira, social, alimentar, energética e ambiental? Nos congressos e reuniões nunca ninguém falou nos danos ambientais do crescimento económico ilimitado à custa da natureza finita? Nem que, para manter os níveis de consumo, foi necessário que famílias e Estados se endividassem? Nunca ninguém se apercebeu que com isso só ganhariam os especuladores, porque as dividas eram maná para o sistema financeiro que até emprestou aqueles que não podiam consumir? Nunca ninguém disse nesses congressos que a usura não cria riqueza? Nunca se aperceberam do que os Banksters (banqueiros gangsters) andavam a urdir? Sabiam tudo! O que é que quanto mais falavam, mais silenciavam.
E agora? Volta a eterna comédia humana com novos cenários, novos papéis e novos actores, tudo fazendo a apologia descarada da ordem reinante, mas afirmando que vão transformar o Mundo…
Leitor (a) o progresso da humanidade é conseguido pelas vitimas, raramente pelos privilegiados.
«Passeio pelo Côa», opinião de António Emídio

ant.emidio@gmail.com

O presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Manuel Rito Alves, entendeu clarificar opiniões e comentários publicados no Capeia Arraiana sobre a ausência de uma representação oficial do concelho do Sabugal na BTL-Feira de Turismo de Lisboa que decorreu no passado mês de Janeiro. A estratégia das grandes opções do orçamento para 2009 do executivo camarário é, igualmente, «decifrada» neste esclarecimento público. «Depois dos grandes investimentos em infra-estruturas estão reunidas as condições para o próximo executivo apostar fortemente no turismo» é a convicção e o conselho do actual presidente sabugalense.

Manuel Rito Alves«A grande maioria dos opinadores, ou por desconhecimento, ou com segundas intenções manipula e descontextualiza os factos produzindo afirmações que não correspondem à verdade ou não dizem a verdade toda.
Senão vejamos:
1 – Sobre o orçamento municipal 2009 foi recentemente feita uma análise cujo enfoque é a despesa “esquecendo” o escriba que os documentos previsionais são além do orçamento, o “Plano de Actividades”, que inclui as “Grandes opções do plano” o “ plano plurianual de investimentos” e as “Actividades mais relevantes”.
“Esquece”, ou não sabe, ainda que a classificação da despesa é feita de acordo com o classificador aprovado pelo Dec.-Lei n.º 26/2002 de 14/02, que não sendo exaustivo não classifica todos os investimentos dos municípios, caindo pois alguns investimentos na classificação “outros”.
No caso em apreço todas as despesas classificadas em “outros” que correspondam a despesa de capital e a grande maioria das correntes têm correspondência com as grandes opções do plano e se a preocupação de quem escreve fosse informar era fácil chegar à conclusão que em “outros” estão por exemplo 4.265.342.00 Euros para o Balneário do Cró, 480.939.00 Euros para a Zona de Localização Empresarial do Alto de Espinhal, 701.029.00 Euros para a Recuperação das Margens do Côa – Entre Pontes e 1.470.476 Euros para as Juntas de Freguesia fazerem investimentos próprios, 407.500.00 Euros para Equipamento para o Ensino Básico e Pré-escolar, Sistemas de Captação de Água, Mobiliário Urbano, Sistemas de Rega Automática, etc.
Quanto aos transportes escolares também se esquece que o concelho tem a dimensão que todos sabemos (cem povoações) e que a Câmara transporta todos os alunos de todos os graus de ensino, tendo sido encerradas por opção política do poder central várias escolas do 1º Ciclo.
Esquece ainda que nos termos da lei as despesas com pessoal que ao contrário do que afirma incluem os eleitos municipais podem ir até 60% da receita corrente e neste orçamento atingem somente 34,94% da despesa corrente, etc, etc.
2 – Quanto à participação da Câmara em “PROVERE” lamenta-se o facto de não estar no Buy-nature e “esquece-se” que a Câmara participa em três “PROVERE”: Um com a Associação das Termas de Portugal e todos os municípios da região Centro com termas onde se propõe a construção do Balneário do Cró, outros com a Associação de Municípios do Vale do Côa onde se propõe a Ligação à A23, a Infra-estruturação da Barragem, o Parque de Campismo, etc, e outro com a Associação das Aldeias Históricas onde se propõe a Iluminação Monumental, a Casa da Cultura, e o arranjo do espaço do Rancho em Sortelha e a Casa da Música na Bendada.
Veremos quais são aprovados.
3 – Finalmente o que é apontado como o pecado capital da gestão camarária: Não ter participado com Stand próprio na BTL.
Enquadremos a questão: Sempre foi opinião deste executivo e dos dois executivos anteriores (liderado pelo Engenheiro Morgado) que o turismo pode ser um dos pilares de desenvolvimento do concelho do Sabugal, se funcionar intimamente ligado ao ambiente, à produção tradicional e às tradições.
Mas que pode ser contraproducente, promover turisticamente o concelho se não estiverem garantidas à partida uma série de pressupostos:
a) Território ambientalmente qualificado;
b) Infra-estruturas de acolhimento e lazer de qualidade (hotelaria, postos de turismo, museus, monumentos, etc);
c) Garantia de acesso a entretenimento organizado (passeios a pé, a cavalo, todo o terreno, BTT, slide, canoagem, paint ball, caça e pesca, Etc, Etc);
d) Capacidade de produção e venda de produtos tradicionais (gastronomia, agricultura e artesanato);
e) O convencimento da população em geral e das Instituições, Associações e comerciantes em particular do que atrás ficou dito.
Se assim não for corremos o risco de após a promoção virem os visitantes/turistas e por ficarem desiludidos, irem falar mal do concelho.
Ora é dos livros que uma pessoa a falar mal tem mais impacto do que dez a falar bem.
Assim temos optado por ir garantindo, à medida das possibilidades orçamentais, os pressupostos que são da nossa responsabilidade (e muito se faz nestas áreas desde estudos e projectos, infra-estruturas e requalificações urbanas em quase todas as freguesias, a auditórios e museus, polidesportivos, fornos, açudes e praias fluviais, Reservas de Caça, Equipas de Sapadores, postos de turismo, requalificação do Castelo e das aldeias acasteladas, feiras e exposições, circuitos gastronómicos, etc. etc.) e apoiando os agentes locais que nos têm solicitado, em todas as situações possíveis.
Quanto à participação em Feiras a opção tem sido por representação na Região onde estamos inseridos, quer na BTL, há muitos anos com a região de Turismo da Serra da Estrela, hoje pólo de turismo; quer na Intur em Valladolid onde desde há 6 ou 7 anos participámos com Penamacor, Alto Águeda e Serra da Gata, como Gata/Malcata (Terras do Lince).
Sendo opções discutíveis, como todas são, o que me apraz constatar é que quer os candidatos, quer os outros escribas que se dedicaram ao tema consideraram que já há capacidade instalada para promoção individual do concelho, o que é garantia de que o que foi feito, foi bem feito, quer institucionalmente quer a nível particular (em 1998 as camas turísticas não chegavam às 100, hoje são cerca de 300).
A nós parece-nos que ao nível do acesso a entretenimento organizado, de produção e venda de produtos tradicionais é do convencimento da população, ainda há muito a fazer e que o próximo mandato (ganhe quem ganhar), tem que ter um enfoque especial nestas questões, já que as infra-estruturas estão garantidas (executadas ou em execução) e o QREN, que infelizmente para o executivo e para o concelho tem dois anos de atraso, dirige os apoios em espaço rural exactamente para estas questões.
Aí sim, pensamos que estarão reunidas as condições para a promoção individual do concelho!
Dito isto parece-me que fica provado o que afirmei ao principio, ou seja que a preocupação destes comentadores não é informar. Isto cheira-me a pré campanha eleitoral e assim não vou responder a mais nenhum artigo de opinião que sobre a Câmara seja publicado.
Fico no entanto à disposição de todos os que antes de escrever se queiram informar sobre qualquer facto ou projecto que à Câmara Municipal do Sabugal diga respeito.
Manuel Rito Alves
Presidente da Câmara Municipal do Sabugal»

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 835 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Fevereiro 2009
S T Q Q S S D
« Jan   Mar »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3,091,610 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios