A terceira edição do Inblues – Festival de Blues da Guarda – arranca no próximo dia 5 de Fevereiro, no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, com a actuação do one-man-band francês, Benjamin Tehoval. O certame prolongar-se-á até ao fim do mês, encerrando, dia 27, com o britânico Honeyboy Hickling.

Benjamin TehovalAmérico Rodrigues, director artístico do Teatro Municipal da Guarda (TMG), assume em declarações à agência lusa, considerou que «há público para a música blues», sendo o InBlues um evento «essencial» para a cidade.
Na óptica de Américo Rodrigues, o TMG «assume o compromisso de corresponder ao desejo dos diferentes públicos da zona» e InBlues é «um festival no âmbito da própria dinâmica do Teatro, não funcionando como um certame isolado».
O Festival abre no dia 5 de Fevereiro com a actuação de Benjamin Tehoval, músico francês com uma longa carreira na área dos blues.
O certame prossegue no dia 20, no Pequeno Auditório, com os britânicos Sons of the Delta, dupla formada por Mark Cole e Rick Edwards, que vêm a Portugal apresentar o seu último álbum, «Made in Mississippi». Dia 26, será a vez do colectivo português Nobody’s Bizness – a única presença nacional no evento. O Festival encerra no dia seguinte, com a actuação do inglês Honeyboy Hickling, acompanhado por Bob Wilson, Tony Baylis e Tony Stuart.
A organização espera casa cheia em todas as noites do evento.

O Teatro Municipal da Guarda, capitaneado por Américo Rodrigues, volta a trazer à cidade um evento de grande relevância, dando continuidade à sua permanente luta para que as populações do interior tenham a possibilidade de usufruírem de espectáculos de alta qualidade.
plb

Anúncios