Bacalhau na brasa, javali guisado e feijoada à moda raiana, são alguns dos pratos servidos no restaurante Bica dos Covões, em Badamalos, que tem entre os clientes habituais o actual procurador da república, o Juiz Conselheiro Pinto Monteiro.

Restaurante Bica dos Covões - BadamalosChega-se a Badamalos, uma das mais pequenas aldeias da raia sabugalense, a partir da Bismula, aproveitando a velha estrada que ainda há poucos anos era a única ligação desta terra ao mundo. Agora pode vir-se também pela bem atapetada estrada que desce aos bordos a ladeira do Côa, com origem na Miuzela, ou aproveitar a também novíssima estrada que chega da aldeia histórica de Vilar Maior.
O restaurante Bica dos Covões, sito no interior da aldeia, é um espaço acolhedor, com ambiente familiar, pertencente a Emílio Correia Júlio, homem de muitos ofícios, que para além de empresário de restauração, possui um alambique para fabrico de aguardente e bagaceira e ainda é dono de um carro de praça. Mas quem cozinha e toma conta do restaurante em permanência é a mulher do Emílio, a senhora Maria Justina Fernandes, que com uma simpatia contagiante e uma atenção extrema recebe os clientes que lhe entram no estabelecimento.
Num ápice dá-nos conta dos pratos com maior saída e que dão imagem à casa de pasto, com destaque para o bacalhau à casa ou grelhado, que enche as medidas dos comensais. Mas também dispõe de pratos de carne que são já uma referência na região: o borrego na brasa, o guisado de javali, a feijoada e o cozido à moda da raia.
À pergunta da razão do estranho e singular nome «Bica dos Covões», Maria Justina é peremptória: «Tínhamos que dar um nome, e tinha que ser diferente de outros que já estão dados a este tipo de casas, como temos um prédio, lá prós lados do açude, a que toda a vida chamámos Covões, tivemos então a lembrança de darmos esse mesmo nome ao restaurante, que assim ficou a chamar-se Bica dos Covões».
Não se queixa do negócio, que tem corrido bem. São muitos os clientes que ali vão almoçar e jantar, alguns vindos de longe, ao fairo dos acepipes preparados por Maria Justina. Mas tem um cliente muito especial, que ali recebe sempre com muito carinho: «É aqui que almoça o Senhor Procurador, o Doutor Fernando Pinto Monteiro, quando vem à terra passar uns dias de descanso. Ele é de Porto de Ovelha, que é aqui perto, do outro lado da Côa, mas herdou em Badamalos uma casa que era de um tio e agora, quando está por cá, é aqui que passa as noites. Quando chega a hora da refeição ele está aqui batido ou então, se come em casa, é cá que vêm sempre os guardas que o acompanham para todo o lado».
Aconselha-se uma visita a este acolhedor restaurante raiano, sito na pequena aldeia de Badamalos.
plb

Anúncios