Na semana passada a GNR da Guarda realizou grande operações de fiscalização, uma voltada para a prevenção da criminalidade e outra de fiscalização ao exercício da caça, das quais resultaram cinco detenções.

GNR - Operação StopNo dia 13 de Novembro, a GNR da Guarda fiscalizou uma zona de caça municipal, de onde resultou a detenção de um caçador furtivo, por exercer acto venatório em área de refúgio, sendo ainda apreendida uma arma de caça e cartuchos de zagalotes.
No dia 14 realizou-se uma operação a nível distrital, destinada à prevenção da criminalidade, com especial incidência na posse ilegal de armas, tráfico de estupefacientes, estrangeiros em situação irregular no País e fiscalização de Transito. Foram elaborados 44 autos de contra-ordenação e houve quatro detenções.
No período em referência, de 10 a 16 de Novembro, registaram-se 49 ocorrências criminais, dentre as quais oito situações de furto. A GNR deteve oito indivíduos, sendo quatro por condução sob efeito do álcool, três por condução ilegal e um por permanência ilegal no País. Foi ainda detido um outro indivíduo no cumprimento de um mandado de detenção e de busca.
Registaram-se 21 acidentes de viação, sendo 14 por colisão e sete por despiste, dos quais resultaram cinco feridos leves.
A GNR realizou também acções de sensibilização no âmbito dos temas «Segurança Rodoviária» e «Segurança nas
Escolas». Estas acções decorreram em várias escolas dos concelhos de Guarda e Seia, dirigidas a 124 alunos e cinco professores. Realizaram-se ainda diversas acções de sensibilização dirigidas a idosos, no âmbito do projecto «Apoio 65».
plb