«Ronda de São Martinho – Recuperar as Tradições Raianas» é o lema da iniciativa da Associação Transcudânia em parceria com entidades privadas locais e ao abrigo do protocolo com a Câmara Municipal do Sabugal.

Ronda de São MartinhoAntigamente, no Dia de São Martinho (11 de Novembro) e após o Magusto em que a geropiga fazia companhia às castanhas, os rapazes fazia-se a Ronda pelas adegas e tabernas das aldeias.
As mãos dos rondeiros faziam soar chocalhos, campainhas e outros instrumentos que soavam e ecoavam pela fria noite raiana.
A Transcundânia em associação com diversas instituições e entidades locais propõe-se recuperar a ancestral tradição das rondas da noite de São Martinho.
A proposta, aberta a todos, vai recriar no Largo de Santa Maria de Fátima (mais conhecido por Largo do Castelo) um magusto em forte fogueira, após o qual se vai percorrer a cidade do Sabugal em grupo cantando e declamando pelas tascas e cafés.
A intenção é envolver os sabugalenses, as empresas e comerciantes na recuperação desta ancestral tradição raiana que parece estar a perder-se na escura noite da desertificação.
A iniciativa decorre no âmbito das actividades da Associação Transcudania e do protocolo existente com a Câmara Municipal do Sabugal sendo de salientar o esforço realizado pelos seus dirigentes para recuperar tradições que fazem parte do nosso passado e da nossa História.
jcl