Os grelhados no carvão do restaurante do Clube Naval da Praia da Assenta constituem um mimo gastronómico. Ali o comensal isola-se do mundo, apreciando o paladar do peixe grelhado, ao mesmo tempo que se deleita com a vista espectacular do mar e das falésias.

Peixe-galo na Praia da AssentaÉ num rufo que se chega ao porto de pesca da Praia da Assenta, aproveitando as excelentes vias com que a região Oeste é servida. Quem vai de Lisboa só tem de tomar a A8 e torcer na direcção de Mafra, entrando na nova auto-estrada que dali arranca até à cidade do soberbo convento. Já em Mafra toma-se a direcção da Ericeira e depois de Ribamar, percorrendo uma estrada de bom asfalto que segue junto ao oceano. Atravessando o Barril, terá depois à esquerda a indicação «Praia da Assenta», por onde se seguirá até ao Porto dos Barcos.
A descida da falésia mete respeito, mas estando o dia soalheiro pode dali admirar-se o mar, cujas ondas esbarram nas rochas das arribas. No local o silêncio é apenas ferido pelo rugir de fundo do mar. Tudo o mais é sossego e mansidão.
Quase no fundo da falésia está o restaurante do Clube Naval, que é uma casa térrea, com ares de pré-fabricado. Mas quem ali entra é sempre bem acolhido. Logo defronte da porta de entrada está o balcão frigorífico onde o cliente pode ver o peixe disponível, contendo ao lado a tabela manuscrita com os preços de cada espécie. E é variadíssima a lista de peixes que a casa tem ao dispor: pargo, sargo, garoupa, dourada, robalo, pregado, cantaril, peixe-galo, peixe-galinha, imperador, salmonete, corvina, cherne, tamboril, moreia, raia, safio, besugo, goraz, pampo, lulas, chocos, polvo… E muito mais.
Não conte com a tradicional ementa que se leva à mesa. Aqui a regra é mais simples: antes de se sentar o cliente escolhe o peixe que vai comer, o qual é agarrado à sua frente e enviado para a cozinha, onde o espera a grelha colocada sobre o carvão incandescente.
Para entrada há azeitonas, rissóis, raia e polvo frito, acompanhada pelo saboroso pão de Mafra, que aqui é de genuína qualidade.
Aconselha-se um peixe-galo grelhado. Se o grupo for grande, o peixe virá à mesa dentro de uma enorme travessa, acompanhado por batatas assadas no forno, tudo bem regadinho com azeite. Para beber aconselha-se um vinho branco Marquês de Borba, que deverá ser servido bem fresco. E comer, beber e chorar por mais!
As meninas são simpáticas e prestam um primoroso serviço de mesa. No final prepare uma nota larga, porque estes mimos não se comem sem que tenham o seu custo.
Se não aprecia peixe, então este não é o seu lugar. Ali não há um único prato de carne… Ah, e os telemóveis não têm rede, nem há serviço de multibanco ou cartão de crédito.
Ir ao Clube Naval da Paria da Assenta é ficar isolado do mundo, ao fundo de uma alta falésia, defronte do mar e com um magnífico peixe para saborear.
plb

Anúncios