You are currently browsing the daily archive for Quarta-feira, 17 Setembro, 2008.

Trancoso, Seia, Belmonte, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Penamacor e Gouveia, foram os concelhos da zona da Serra da Estrela que estiveram representados em Bruxelas, numa acção de promoção da nossa serra mais alta.

O concelho do Sabugal não esteve representado na Mostra Gastronómica do Parlamento Europeu, denominada «Cores e Sabores de Portugal», que decorreu no dia 10 de Setembro em Bruxelas.
A marca Serra da Estrela esteve em destaque numa iniciativa que serviu de montra para a divulgação de produtos típicos da região, como os queijos, o pão, os doces, a água e as frutas da Serra da Estrela. Também marcaram presença os vinhos oriundos dos diversos concelhos, assim como um conjunto de produtos Kosher, fabricados de acordo com a lei judaica, e que representam um segmento de mercado que é uma aposta do Turismo da Serra.
Entre as empresas que participaram no evento destacam-se a Águas Serra da Estrela, Adega Cooperativa da Covilhã, Adega Cooperativa de Figueira Castelo Rodrigo, Damar, Braz & Irmão, Museu do Pão, Casa Matias, Casa Prisca, Cooperativa Agrícola Fruticultores da Cova da Beira, Penazeites, SABE – Sociedade Agrícola da Beira, Quinta dos Termos.
Revelar a Serra da Estrela como destino turístico de excelência, destacando o valor gastronómico da região foi um dos grandes objectivos da participação na mostra.
A iniciativa contou ainda com a presença de cerca de uma centena de convidados entre eurodeputados e diversas entidades europeias.
plb

A Câmara Municipal de Mêda e o Museu do Douro exibem até finais de Setembro na Casa da Cultura da Mêda a exposição «Marcos de Demarcação» inserida nas Comemorações dos 250 Anos da Região Demarcada do Douro.

Exposição «Marcos de Demarcação»O Museu do Douro desenvolveu um estudo acompanhado de um inventário do Património material associado à data da criação da Região Demarcada do Douro, a primeira Região Vitícola demarcada e regulamentada do mundo, criada por Alvará Régio de D. José I em 10 de Setembro de 1756.
O projecto de investigação levado a cabo pelos Serviços de Museologia do Museu, culminou na exposição Marcos da Demarcação e na publicação do inventário dos marcos pombalinos.
O presidente da Câmara Municipal de Mêda, João Mourato, salientou a importância deste evento cultural, de grande expressão e significado, por ter lugar num concelho que «embora sendo de transição, é também Douro nas freguesias de Meda, Longroiva, Poço do canto e Fontelonga, terras de produção do vinho fino ou vinho generoso, depois conhecido por Vinho do Porto».
O presidente do Município de Meda aproveitou a ocasião para reivindicar para Mêda um pólo do Museu do Douro tendo em conta a importância que o Vinho Generoso ou Vinho do porto tem na cultura e na economia das populações, apesar de este concelho não ter sido incluído aquando da demarcação da Região de produção pelo Marquês de Pombal.
O director do Museu do Douro, Maia Pinto (ex-director do Parque Arqueológico do Vale do Côa) comungou a opinião do Presidente da Câmara dizendo que «a Meda também é Douro» e que «para o desenvolvimento saudável de Portugal terá que se defender esta jóia que é o Vale do Douro».
Maia Pinto frisou que «é com esta relação que vamos cimentando o orgulho que criar o orgulho Duriense» que deve abranger os 21 concelhos integrados na Região Demarcada e para o que «vai ser desenvolvido um esforço no QREN – Quadro de referência Estratégica Nacional, por forma a desenvolver outras acções dinâmicas que façam do Museu do Douro algo com alegria, participação e cultura».
A exposição «Marcos de Demarcação» envolve cerca de 70 fotografias daqueles marcos delimitativos da então Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro distribuídas em três núcleos : Museu do Douro (Casa do Douro – Régua), Casa Municipal de Cultura de Mêda e na Casa do Desenho do pintor Júlio Resende.
aps

A colecção arqueológica do Museu Municipal do Sabugal está agora referenciada num excelente catálogo, de manifesta qualidade gráfica e de rigorosa informação escrita, editado pela Câmara Municipal do sabugal e pela Pró-Raia (Associação de Desenvolvimento da Raia Centro-Norte).

O admirável catálogo abre com uma breve apresentação, assinada pelo presidente do Município, Manuel Rito Alves, e do presidente da empresa Sabugal+, Norberto Manso, que justificam a publicação e realçam a importância dos que contribuíram para que a exposição tenha o elevado nível que de facto possui.
De primorosa apresentação e notável organização, o Catálogo apresenta o inventário fundamental do museu, dividindo-se por épocas históricas. Para cada uma delas apresenta o acervo da exposição, antecedido de uma breve descrição acerca do respectivo enquadramento histórico.
As fotografias das diferentes peças surgem sobre fundo negro, tratadas com a devida luminosidade, mostrando ao pormenor a sua composição e configuração. Ao lado das peças a respectiva legenda, indicando o tipo de objecto, a sua origem temporal e espacial, as suas medidas e uma breve descrição.
Sobre a Pré-história revela-se a importância dos achados que confirmam uma posição importante do concelho no contexto regional, pois os povos dessa época fixaram-se muito no vale do Côa. Do acervo destacam-se pontas de setas, fragmentos de lâminas e de cerâmicas, machados, escopros e enxós dos períodos calcolítico e da idade do bronze.
Quanto à Proto-história, revelam-se achados da idade do bronze final e da idade do ferro, oriundos de todo o concelho, especialmente dos antigos povoados do Castelejo (Sortelha), Serra Gorda (Águas Belas), Sabugal Velho (Aldeia Velha) e Cabeço das Fráguas (Pousafoles). Destacam-se fragmentos de cerâmicas, moldes em pedra, machados de bronze, moinhos manuais e estelas de granito.
Já quanto à Época Romana, expõem-se os vestígios do período em que a Península Ibérica esteve integrada no Império Romano, época de grandes evoluções, o que é bem visível na qualidade das diferentes peças, sobretudo oriundas de antigos povoados e locais de preces e libações. O acervo tem em destaque artefactos de decoração, colunas e capitéis em pedra trabalhada, fragmentos de cerâmica, pesos de tear, mós de moinhos, moedas de bronze com a esfinge de imperadores romanos, aras votativas de granito.
Quanto à Época Medieval, a mesma aparece dividida em dois períodos: o de sujeição a Leão e o da integração na coroa portuguesa. Curioso é o texto de enquadramento do período do reino de Leão, que surge em língua castelhana, certamente que melhor assinalar que se fala da época imediatamente anterior a Alcanizes e á inclusão da margem direita do Côa no território português. No acervo do período medieval pontuam fragmentos de cerâmica, ferraduras, moedas de cobre e de bolhão, pedras de armas, pontas de lanças e de virotes, estelas, pedras tumulares.
O catálogo termina com a referência à Época Moderna, apresentando-se peças arqueológicas de variadas origens. Destacam-se aqui os forais das antigas vilas acasteladas, moedas de diferentes reinados, brasões, esculturas, medalhas, anéis, fragmentos de faiança e de cerâmica, sabres, pedaços de pelourinho, e até uma garrafa de água mineral captada nas antigas Aguas Rádium do Casteleiro.
Os textos de enquadramento foram primorosamente escritos por André Tomás Santos, Raquel Vilaça, Pedro C. Carvalho, Iñaki Martín, Luís Repas e Miguel Soromenho. Os textos do catálogo (legendas das peças) são de Marcos Osório. O excelente design gráfico é de Horácio Tomé Marques.
Um catálogo que em boa hora foi elaborado e editado, porque por si só prestigia a colecção do museu, evidenciando o seu valor fundamental.
Um trabalho destes, em termos de qualidade gráfica e de rigor informativo, foi certamente resultado de muitos empenhos, especialmente dos funcionários afectos ao Museu, pelo que para esses vai também o nosso reconhecimento.
plb

Richard Wright, teclista e um dos fundadores dos Pink Floyd, faleceu em Londres segunda-feira, 15 de Setembro, vítima de cancro.

Richard William Wright nasceu a 28 de Julho de 1943, em Londres. Quando estudava no Colégio de Arquitectura do Regent Street Polytechnic, conheceu Roger Waters e Nick Mason e com eles e outros alunos da mesma escola formou os Sigma 6, a primeira de várias formações que iriam dar origem, em 1965, aos Pink Floyd (Syd Barrett, Wright, Mason e Waters).

Vodpod videos no longer available.


Há músicas intemporais que atravessam gerações. Há gerações que se reconhecem nas bandas da sua juventude repetindo a célebre frase que já ouviamos aos nossos pais: «No meu tempo é que era música.» Os Pink Floyd já venderam mais de 200 milhões de cópias e «The Dark Side of The Moon» (1973) é um dos álbuns mais vendidos de sempre. A irreverência dos temas de «The Wall» (1979) transformou-os num hino dos estudantes de todo o Mundo.
Os Pink Floyd são uma banda eterna.
jcl

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Setembro 2008
S T Q Q S S D
« Ago   Out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.166.113 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES