You are currently browsing the daily archive for Quinta-feira, 7 Agosto, 2008.

A Associação dos Amigos de Ruivós comemora o seu primeiro aniversário a 14 de Agosto de 2008. No sábado, 9 de Agosto, inaugura um piramidal monumento e realiza a primeira Capeia Arraiana com forcão da história da freguesia.

Associacao dos Amigos de RuivosRuivós não tem tradição nas capeias. Não tem mas quer ter. Ou como alguém já comentou está na segunda divisão mas tem ambições de ser promovida. A recém-criada Associação dos Amigos de Ruivós comemora o seu primeiro aniversário no dia 14 de Agosto. Levou a efeito ao longo do ano algumas iniciativas como o Magusto ou a excursão com dois autocarros à Capeia Arraiana organizada pela Casa do Concelho do Sabugal no Campo Pequeno. Durante as férias da Páscoa os elementos da Direcção que integra ruivosenses de Lisboa, Ruivós, França, Suíça e Luxemburgo construiu o primeiro forcão da história da freguesia de Ruivós.
A festa está marcada para sábado, dia 9 de Agosto, e tem a particularidade de ser nocturna. Mas tudo começa bem cedo com a celebração de uma missa pelas intenções dos associados seguida da benção de um monumento granítico sob a forma de pirâmide da autoria do presidente da Mesa da Assembleia Geral, Manuel Vaz Leitão.
Antes do almoço-convívio terá lugar a Assembleia Geral anual e a tarde está reservada para a confraternização entre ruivosenses e todos os que se quiserem associar à iniciativa.
À noite, a partir das 21 horas, terá lugar em substituição das garraiadas das edições anteriores a Capeia Nocturna onde fará a sua aparição, pela primeira vez, o tão carismático forcão raiano.
jcl

Anúncios

A discoteca Teclado, da Nave, gerida por Domingos Brigas Leitão, organizou no dia 5, terça-feira, uma concentração «motard» que percorreu muitas das aldeias do concelho do Sabugal.

Discoteca TecladoA partida das 35 motos e moto-quatro participantes foi dada, às 10 horas da manhã, no parque de estacionamento da discoteca. O almoço decorreu na praia fluvial de Vale das Éguas, o descanso do final de tarde na estação de serviço do Vicente no cruzamento da Nave e a sardinhada final nas instalações da discoteca «Teclado». A iniciativa decorreu sem percalços e Domingos Brigas Leitão aproveitou para convidar os participantes (e todos os motards interessados) a estar presentes na edição do próximo ano que contará com o apoio da Associação dos Amigos de Ruivós.
jcl

GALERIA DE IMAGENS – 5-8-2008
Fotos Capeia Arraiana – Clique nas imagens para ampliar

A freguesia da Rebolosa tem vindo, pouco a pouco, a destacar-se como uma terra bem organizada e dinâmica. As festas do mês de Agosto de 2008 contaram com um mordomo, Luís Antunes, que fez questão de deixar o seu carimbo pessoal na organização.

Luis AntunesLuís Antunes (na foto à direita do Chico de Aldeia da Ribeira) é um companheiro de sempre da Casa do Concelho do Sabugal. Com ligações familiares às Batocas, Alfaiates e Rebolosa tocou-lhe este ano «dirigir» as festividades da Rebolosa.
O Largo Principal junto ao palco alterou-se e transformou-se num restaurante a céu aberto onde ao longo dos dias foram servidas apetitosas refeições. Uma das noites o jantar decorreu ao som do Grupo de Realejos de Ponte de Sôr e depois, para facilitar a digestão o baile teve ritmos de flamenco ao som do conjunto espanhol Tijuana.
O serviço de quermesse tinha interessantes prémios com destaque para as pinturas da esposa de Luís Antunes que, com muita qualidade e arte, retratou na tela edifícios emblemáticos da Rebolosa.
E, como aldeia raiana que se considera, as festas terminaram com o Encerro e a Capeia Arraiana. O Encerro não contou com a colaboração dos touros e os cavaleiros tiveram trabalhos redobrados para os encaminhar para bom… lameiro. A Capeia decorreu na Praça de Touros local com excelente assistência e malta animada nas bancadas, no redondel e cá fora junto ao bar.
Manuel Rei, presidente da Junta de Freguesia local, é bom anfitrião e tudo faz para que os forasteiros percebem a qualidade de vida e auto-suficiência («em quase tudo») da sua terra.
jcl

A Corrida do Alto Côa entre o Baraçal e o Sabugal no sábado, 2 de Agosto, foi um dos momentos altos da Festa da Europa organizada pela ADES com o apoio da Câmara Municipal do Sabugal.

Luis Carlos Lages e esposaA terceira edição da Corrida de Atletismo do Alto Côa, integrada na Festa da Europa do Sabugal, decorreu ao final da quente tarde de sábado, 2 de Agosto, entre o Baraçal e o Largo do Rio Côa no Sabugal.
Os dez quilómetros do percurso foram percorridos em passada larga com atletas de renome internacional à cabeça do pelotão de cerca de 300 participantes. O director da prova, Natalino Teixeira, deu a partida junto ao largo do recinto de festas do Baraçal e os corredores, depois de três voltas à aldeia, seguiram até ao cruzamento da Quinta das Vinhas onde viraram à direita e seguiram em direcção às Quintas de São Bartolomeu com passagem pelo interior da povoação. A ponte do rio Côa junto ao comércio do Ti Zé Ricardo foi sítio de passagem obrigatória quando se avistava já ao longe o insuflável da meta montado junto ao recinto da «Festa da Europa» que este ano teve o palco montado junto ao tribunal do Sabugal e às instalações da imobiliária «Habisabugal».
Os primeiros classificados seniores masculinos repetiram a façanha do ano anterior e bisaram na conquista do primeiro lugar. O primeiro a cortar a meta foi José Rocha (Maratona) com 29.13 minutos, seguido de Jorge Pinto (Juventude Unidos de Fornos) e Boniface Kosgei (Nike). Inês Monteiro (natural do distrito da Guarda) com 33.00 minutos e Anália Rosa (ambas do Maratona) e Cladys Ruto (atleta africana da Nike) ocuparam o pódio feminino.
Destaque para Inês Monteiro que realizou no Sabugal a sua última prova de preparação antes da participação na Maratona dos Jogos Olímpicos de Pequim.
Mas o mais feliz foi Manuel Neca, natural do Sabugal a viver na Guarda, que deu pulos de contentamento quando o director da corrida proclamou o seu número no papel retirado, momentos antes, da tômbola. Tinha acabado de ganhar um automóvel no sorteio entre todos os atletas que finalizaram a corrida.
As duas primeiras edições começaram e acabaram no Baraçal. «Na primeira tivemos 120 inscritos, na segunda cerca de 200 e agora 300», começou por dizer Luís Carlos Lages, presidente da Junta de Freguesia do Baraçal.
«Este ano a prova teve o apoio da Câmara Municipal do Sabugal, da ADES, das Juntas de Freguesia do Baraçal, das Quintas de São Bartolomeu e do Sabugal e de empresas de diversos ramos», esclareceu Luís Carlos defendendo que se depender dele «para o ano teremos a quarta edição».
«Os atletas federados inscreveram-se com bastante antecedência mas a grande maioria inscreveu-se no próprio dia. A prova realiza-se na altura certa. É o segundo dia das festas de São Sebastião do Baraçal», diz-nos o presidente da Junta do Baraçal.
As provas de atletismo do Baraçal tiveram o seu início quando Natalino Teixeira, militar e praticante de atletismo, foi mordomo das festas. As dificuldades têm vindo a ser ultrapassados e «de ano para ano tudo fica mais fácil apesar de este ano o percurso ter sido alterado e a participação ter sido muito grande» é a convicção do autarca.
Quando lhe observámos que «vimos alguns atletas a tomar banho na fontanário do largo e outros a queixarem-se da falta de balneários» o presidente da Junta de Freguesia do Baraçal aceitou o reparo. «Nas anteriores edições os balneários estavam previstos no Baraçal. Este ano os balneários foram disponibilizados nas piscinas municipais mas veio a confirmar-se que ficavam muito longe do local da meta. Vamos tentar que, para o ano, esse problema fique resolvido.» E a concluir disse-nos com orgulho: «Pode dizer aí no Capeia Arraiana que a Associação de Atletismo da Guarda considerou a nossa prova como a melhor do distrito. E ainda vamos na terceira edição…»
jcl

GALERIA DE IMAGENS – 2-8-2008
Fotos Capeia Arraiana – Clique nas imagens para ampliar

Em tempo de férias os animais domésticos são um empecilho. Infelizmente quando os recebemos em nossa casa, qual bibelot, nem sempre pensamos que eles vão crescer, vão adoptar-nos e ser-nos fiéis para toda a vida. Na sociedade consumista em que vivemos querem obrigar-nos a acreditar que tudo é de rápido consumo e de utilidade com curta duração.

Cao no Largo do CasteloNo Largo do Castelo do Sabugal um cachorro foi abandonado à sua sorte e precisa de encontrar um novo dono. Aqui fica o seu pedido:

«Sou um cão simpático e tenho mais ou menos dois meses.
No Largo do Castelo de Sabugal houve um carro que abriu a porta e deixou-me abandonado ao meu destino.
Se me quiser adoptar, na Casa do Castelo darão as informações necessárias.»
Contactos: Casa do Castelo – Sabugal: 271754169 – 962408648
Natália Bispo

Os candeeiros do parque das merendas de Aldeia da Ponte foram danificados durante a noite, ocorrência que causou um prejuízo avaliado em quatro mil euros. O Núcleo de Investigação Criminal da GNR já está a investigar.

Ponte romana de Aldeia da PonteNa semana passada o parque de lazer, situado na margem direita do rio Cesarão, foi avo de um acto de puro vandalismo, com a danificação dos 20 pequenos candeeiros que iluminam o local.
O presidente da Junta de Freguesia de Aldeia da Ponte, José Francisco Nabais, não encontra explicação para o sucedido, pois tratou-se de uma acção de vandalismo gratuito, não tendo quem o praticou retirado dali qualquer benefício, já que todos os candeeiros partidos foram deixados no local. O facto foi de imediato participado à GNR, tendo esta força de segurança enviado ao local elementos do Núcleo de Investigação Criminal de Vilar Formoso que fizeram algumas diligências, entre as quais a procura de vestígios que permitam identificar os autores do delito.
José Francisco Matias considera que se tratou de um acto isolado e ocasional, na medida em que não tem havido na freguesia outros episódios similares. «Há um ano atrás foram roubados cinco projectores que iluminavam a ponte romana, mas desde então não houve outros actos desta natureza», afirmou o autarca ao Capeia Arraiana.
Entretanto os 20 candeeiros danificados foram prontamente arranjados pela Câmara Municipal do Sabugal, que, a pedido da Junta de Freguesia, enviou a Aldeia da Ponte pessoal qualificado para o efeito.
plb

Neste período chamado de férias, recordo algumas coisas que escrevi há quase quarenta anos.

Ramiro Matos – «Sabugal Melhor»no Inverno havia as matanças. era o dia de matar o porco em casa da avó.
de madrugada minha mãe acordava-me. vestia-me e íamos eu. ela. e o chá. rua acima. minha mãe com uma «cesteira» numa das mãos com o chá dentro. na outra mão a minha mão.
o dia ainda não nascera. tudo era silêncio e escuro. a hora de morrer. de estar ali. o papão lá na esquina. mas a certeza da minha mãe. ali. e do chá.
das matanças lembro ainda o ponche bebido antes de matar o porco. chá com aguardente. bolacha feita na padaria. nozes com figos secos.
e o t’zé paca. figura única. com a sua voz «galholha» como dizíamos. sempre a contar histórias. sempre a rir. ele era o mítico. o degolador. ele enterrava a faca no porco. e cozia o porco com agulha e linha.
e o t’zé patalaia a quem metíamos as unhas do porco nos bolsos.
depois do porco pronto era a vigilância. um varapau na mão. à porta. o t’zé para abrir o porco. e era preciso não deixar fugir a «passarinha».
lembro-me que nunca fui com as mulheres a lavar as tripas à ribeira mas que gostava de ter ido.
havia sangue de porco e pão amassado. gostava de ver minha avó a amassar as morcelas. a encher as tripas.
o inverno eram as matanças e quase mais nada.
o natal quando meu padrinho chegava e era dia de estar alegre. o natal do menino jesus. da missa do galo. do jantar em casa da avó.”

ps 1. Assim escrevia no início da década de setenta… O José Saramago ainda vinha longe, mas era assim que já se escrevia em alguns sectores da intelectualidade da altura.

ps 2. Para que não digam que me afasto do teor das minha crónicas, uma fábula (real, e pedagógica).
Quando entrei para a Força Aérea, acompanhei o Chefe de Estado Maior numa visita a uma Unidade Militar. Numa das Esquadras dessa Unidade, o seu Comandante fez aquilo que se chama em gíria militar, um «briefing» de apresentação da Esquadra.
Falta-nos isto, não temos aquilo, os computadores não valem nada, ninguém nos liga, o Comandante desfiava um rol infinito de queixas.
Olhava para o Chefe e via-o a retorcer-se na cadeira. O meu Director, beirão de sete costados e «burro velho», segreda-me: «isto dá para o torto…»
De repente o general levanta-se e diz: «Nosso Major, além de se queixarem, que mais fazem aqui?…»
Silêncio sepulcral.
(Para mau entendedor: substitua a Esquadra pelo Sabugal e o nosso Major por alguns arautos da desgraça.)

«Sabugal Melhor», opinião de Ramiro Matos

ramiro.matos@netcabo.pt

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.153.441 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios