Originários de Baião, no distrito do Porto, os Andarilhos, grupo de música tradicional, proporcionaram ao público presente na Festa da Europa, no dia 28 de Julho, um grande espectáculo.

Joao Aristides DuarteFormados por Vasco Monterroso, Frederico Ferronha, Pedro Monteiro, Rui Santos, João Paulo Borges, Paulo Loureiro, Leandro e Inês Igreja, os andarilhos conseguem aliar a tradição a alguma modernidade e fazer uma festa. Foi o que aconteceu na Festa da Europa.
O concerto iniciou-se com uma arruada por alguns membros do grupo, pelo recinto, tocando gaitas-de-foles, caixa e bombo.
Já no palco o concerto começou com «As Sete Mulheres do Minho», um original do grande José Afonso.
Seguiram-se outros temas de música tradicional, com bonitos arranjos. Notava-se que a banda estava bem entrosada, não permitindo paragens entre os temas, como costuma acontecer com algumas bandas deste género musical.
O concerto teve ritmo e o público apreciou esse aspecto.
Alguns dos temas eram originais do grupo, mas a maioria eram tradicionais. Entre eles destacaram-se os temas «O Bravo» (tradicional dos Açores), «Entrudo», «Encandeia», «São Gonçalo de Amarante» ou o tema cantado em mirandês «Streilla da Floresta».
Andarilhos na Festa da Europa no SabugalOutro tema interessante (até pelo título) foi «Cães de Vila».
O tema «P’ra Melhor» (com o conhecido refrão «P’ra Melhor Está bem, está bem, P’ra Pior, já basta assim», popularizado, há uns anos por Sérgio Godinho e a sua companheira Sheila) teve um arranjo espectacular com sabor latino-americano, finalizando num “reggae”.
O público, embora não se aproximando do palco (muita gente ficou sentada nas esplanadas das «tasquinhas» aplaudiu, com entusiasmo a prestação dos Andarilhos. No final os comentários eram quase unânimes: foi um bom concerto!!!
«Música, Músicas…», opinião de João Aristides Duarte

akapunkrural@gmail.com

Anúncios