Aí está o mês de Agosto, mesmo à nossa frente, onde de tudo um pouco vai acontecer, com as realizações características deste mês, onde as festas de cada Aldeia são dedicadas, principalmente aos emigrantes, que lá longe anseiam pela chegada deste pequeno período de férias.

Esteves Carreirinha - Ecos da AldeiaOs Mordomos de Santo António de Aldeia da Ponte divulgaram já o seu Programa das festas, que promete uns momentos bem animados, incluídos na festa profana, complementados com a festa religiosa em honra do nosso Santo, merecendo de todos, uma enorme devoção, que já teve uma primeira, na sua data de origem, ou seja em 13 de Junho, a que também já nos reportamos na devida altura.
Como se pode observar pelo Programa, vamos ter uns dias bem cheios, onde a variedade de realizações está bem contemplada.
Para além das outras programações desde o início do mês, contemplando essencialmente a juventude com as actividades desportivas e outras, já divulgadas, que se esperam sejam do agrado de todos os que antecipam a sua vinda para a nossa Aldeia.
Os destaques vão, inteirinhos, para os dias fortes das festas, como não podia deixar de ser, culminado no dia 15 com a tradicional Capeia, antecedida do Encerro a cavalo na Praça de Touros, encerrando-se deste modo os festejos em honra de Santo António-2008.
Também as outras Aldeias vão divulgando os seus aliciantes programas, como é bem habitual na raia sabugalense, esperando pela visita dos que não perdem estas oportunidades.
Com a chegada das férias, queria deixar uma palavra de agradecimento, para si, caro amigo leitor, que fez o obséquio de me «acompanhar» neste último ano, lendo os meus artigos, dedicados especialmente à minha Aldeia, incluindo outros, dedicados à nossa região, que se justificaram pela sua oportunidade. Tentámos, o melhor que pudemos e soubemos, promover a nossa Aldeia, bem como a grande região sabugalense, da qual fazemos parte.
Bem-haja pelo seu tempo e pela paciência dispendidos na leitura. Espero que tenha sido do seu agrado, apesar de algumas eventuais falhas, que estão sempre à espreita, não me livrando de acontecer.
Vamos interromper a escrita durante este período. Em Setembro tentaremos recomeçar com outros escritos, reportando mais algumas histórias.
Faça o favor de ter umas boas e reconfortantes férias.
«Ecos da Aldeia», opinião de Esteves Carreirinha

estevescarreirinha@gmail.com

Advertisements