You are currently browsing the daily archive for Quarta-feira, 9 Julho, 2008.

GALERIA DE IMAGENS
Clique nas imagens para ampliar
Anúncios

Como é do conhecimento geral a AIBT do Côa aprovou um projecto para construção do Centro Cívico de Foios. Em boa hora o fez. O Centro Cívico tem feito deslocar imensas pessoas aos Foios e no seu auditório já foram levadas a efeito diversas actividades. Colóquios, lançamento de livros, projecção de fotos, projecção de filmes, etc. etc.

José Manuel CamposO «Espaço Internet» e a Biblioteca têm tido igualmente muita frequência. A Amélia Rei Dias, na qualidade de assessora cultural, tem desenvolvido um trabalho simplesmente notável.
Espera-se, com alguma ansiedade, a instalação do Museu de Arte Rupestre que está a ser preparado pelos arqueólogos de Vila Nova de Foz Côa e o arquitecto Paulo, do Município de Sabugal.
No balcão, que fica no hall da entrada há sempre divulgação turística de Foios, do concelho em geral e de parte da Espanha.
Estão também instaladas uma caixa multibanco e uma cabine de telefone público que também dão muito jeito à população de Foios e às muitas pessoas que nos visitam.
Também a Junta de Freguesia e o Grupo Cultural e Desportivo têm os seus espaços neste bonito edifício que se situa no Largo da Praça ou seja no coração da Freguesia. É, de facto, um espaço que muito irá contribuir para o progresso e desenvolvimento de Foios e de toda a Zona.
Centro Civico Nascente do Coa nos FoiosO Centro Cívico, muito embora esteja implantado nos Foios, é um espaço de todos e para todos. É do concelho.
Pena é que nem todas as pessoas assim o entendam. Algumas por inveja e outras com dor de cotovelo têm criticado esta obra. Mas todos sabemos que a inveja é irmã da incompetência. Eu, Zé Manel dos Foios, passo por muitas freguesias e, felizmente, muito embora não veja Centros Cívicos vejo outros melhoramentos que também gostaria de ter nos Foios. É que o muito que já fizemos ainda é pouco em relação a tudo quanto temos em mente. É com obras que se combate a desertificação e não com invejas. Nós não pretendemos ser únicos. Pretendemos que o Concelho se desenvolva de uma forma harmoniosa, sem guerras e sem invejas. O poder central tem que ter em conta o Interior do País e nós teremos que ser cada vez mais persistentes e reivindicativos. Portugal não pode ser só Lisboa e o resto paisagem. Pela parte que nos diz respeito não deixaremos de gritar, bem alto, que existimos e que queremos justiça.
Boas férias para todos.
«Nascente do Côa», opinião de José Manuel Campos

(Presidente da Junta de Freguesia dos Foios)

jmncampos@gmail.com

GALERIA DE IMAGENS
Clique nas imagens para ampliar

Vivemos num país de litoral, onde mais de 80 por cento da população vive junto ao mar, ocupando cerca de um terço do território e nos restantes dois terços vivem 20 por cento dos «outros» portugueses que pelo facto serem poucos (e renderem poucos votos!) são abandonados à sua sorte…

Joaquim RicardoQuem percorre o País verifica em termos de densidade populacional uma grande disparidade: Encontra um litoral a abarrotar de gente, com imensas dificuldades de trânsito citadino, apesar das modernas vias de comunicação abundarem (auto-estradas e não só!), onde existe imensa poluição atmosférica (quase irrespirável!), e de inúmeros bairros clandestinos e sociais, pobres e sujos que cercam as grandes urbes.
Ao contrário, no Interior, percorrerá quilómetros sem fim e não encontra nada parecido com a paisagem anterior: Encontra um país calmo e uma paisagem idílica, cheia de grandes arvoredos, apesar dos incêndios dos últimos anos, mas desertificada em termos humanos. Parece até que estamos num outro país imensamente diferente do anterior e onde se constata organização nas cidades, ainda que com alguns atropelos ao ambiente natural. E, apesar disso e incompreensivelmente as pessoas preferem o caos das grandes metrópoles à tranquilidade das cidades de província.
Vivemos num país de litoral, onde mais de 80 por cento da população vive junto ao mar, ocupando cerca de um terço do território e nos restantes dois terços vivem 20 por cento dos «outros» portugueses que pelo facto serem poucos (e renderem poucos votos!) são abandonados à sua sorte em termos de investimentos e tudo lhes é retirado para ser reposto ou concentrado no litoral privilegiado! E até os cuidados de saúde não são poupados, a avaliar pelos inúmeros postos de saúde e até alguns hospitais situados em sedes de distrito, e o mesmo acontecendo a inúmeros serviços públicos como finanças, tribunais, etc. E o mais curioso deste cenário é que a lógica da deslocação dos grandes investimentos e serviços públicos para o litoral está certa, se atendermos que eles se dirigem às pessoas e porque é lá que elas existem, então é também lá que esses investimentos ou serviços deverão estar, ou seja: Desprotege-se o interior nada se investindo de modo a privilegiar a fixação das pessoas, como sejam em bons cuidados de saúde, boa administração pública, vias de comunicação que o liguem a todo o litoral e a deslocação de grandes investimentos produtivos e potenciadores de criação de postos de trabalho, etc. Ou seja, tudo isto é dirigido para o litoral repleto de gente e nada se faz para que essa gente se desloque para o interior onde lhe fosse oferecido trabalho e qualidade de vida e assim se redistribuindo a população. Ou seja, se os grandes investimentos fossem dirigidos para o Interior as pessoas viriam atrás! Assim, continua-se a assistir a um crescimento desorganizado e desumanizado do litoral em prejuízo do Interior.
O novo aeroporto e o TGV (com investimentos absurdamente avultados?) são importantes para o País mas será que nesta fase do nosso crescimento são prioritários? Não haverá outras prioridades que passem por medidas que potenciem a colonização do interior, por exemplo? O Brasil, França, Espanha, Rússia, etc. construíram ou deslocaram (caso do Brasil) as suas capitais no interior (centro) do seu território. O nosso «melancolicamente» de vocação virada para o mar, continua de costas voltadas para o resto do país e só em anos de eleições aqui se deslocam (por enquanto? Enquanto houver eleitores!) os seus responsáveis mendigando votos para a sua eleição, mas só enquanto dura a festa (campanha) porque depois, não voltamos a ouvir falar deles, ou estarei errado? Ao longo das legislaturas quantos deputados eleitos pelo interior fizeram ouvir a sua voz na Assembleia da República, em defesa da região que os elegeu?
«Ideias Soltas», opinião de Joaquim Ricardo

dr_jfricardo@hotmail.com

Baraçal – Originalmente pertencia a Vila Touro mas foi constituída freguesia por decreto de 9 de Setembro de 1904 na sequência de um movimento que ficou conhecido por «Apartação». Por resolução do Presidente do Conselho de Ministros, Ernesto Rodolpho Hintze Ribeiro, o Baraçal, a Quinta das Vinhas, a Moita e Roque Amador separaram-se da freguesia de Nossa Senhora da Assunção do Touro como era então conhecida a Vila Touro. A freguesia do Baraçal inclui três anexas: Quinta do Roque Amador, Quinta dos Moinhos e Quinta das Vinhas. Dista cerca de sete quilómetros do Sabugal e tem como vizinhas a Rapoula do Côa, Rendo, Quintas de São Bartolomeu e a atrás citada Vila Touro.

Baraçal

Uma das intervenções recentes (depois de 2001) protagonizadas pela Junta de Freguesia, presidida por Luís Carlos Carreto Lages, incluiu o recinto de festas da aldeia localizado junto a mais um bonito fontanário do concelho.
Sofreram, igualmente, obras de melhoramentos os edifícios da Junta de Freguesia e da antiga escola primária transformada em sede da associação com balneários e afins. As intervenções foram geridas pelo executivo da Junta por delegação de competências, atribuição de verbas e comparticipação da Câmara Municipal do Sabugal. O destaque vai inteirinho para a reabertura do ensino básico da freguesia com 10 alunos. É a grande notícia num concelho onde infelizmente a normalidade está no encerramento dos estabelecimentos de ensino.
Aproveitámos para conhecer o Centro de Dia do Baraçal inaugurado àcerca de cinco anos e a funcionar na antiga sede da Junta de Freguesia. As três colaboradoras do Centro prestam apoio domiciliário aos idosos da freguesia mas «os que podem vêm aqui para se distrairem uns com os outros» esclarece-nos a dona Josefina. «Tratamos da roupa e fornecemos entre 15 e 20 almoços e jantares diariamente», acrescenta ainda.
Um moderno equipamento informático destaca-se no mobiliário modesto. «É o computador da Pró-Raia que faz parte do projecto avósn@net» elucida-nos a funcionária.
Por perto estava um dos utentes do Centro, Joaquim Martins, de 47 anos, que deu «o nome para a tropa» no mesmo ano do Presidente Manuel Rito, que nos acompanhou nesta vista ao Baraçal. Logo ali se criou uma grande empatia entre os dois recordando momentos que lhes ficaram gravados na memória.
Sentimos, contudo, a desertificação das nossas aldeias. As ruas estão desertas, as soleiras das portas não têm ninguém e até o «vivo» parece ter desaparecido. Estranhas e perturbantes sensações reflectidas nas frias paredes de pedra que escondem as lareiras há muito apagadas.

Aproveito, também, para recordar um episódio da minha infância. Um dia cai de uma cerejeira, desloquei o ombro e não conseguia mexer o braço. A minha mãe pegou em mim e levou-me até ao Roque Amador a um dos mais afamados «indireitas» que o concelho já teve e de que, infelizmente, não recordo o nome. Fez-me umas manigâncias ao braço, colocou-me uma vima cor-de-vinho com buracos e mandou-me embora não sem antes nos dar uma recomendação. A viagem de volta devia ser feita a pé porque os movimentos do burro não ajudavam à cura. O povo dizia que tinha dons especiais. E devia ser verdade porque a vima descolou pouco a pouco e… pouco a pouco o meu ombro voltou ao normal.
jcl

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3.140.690 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES

Anúncios