O nosso concelho precisa de homens e mulheres com ambição bastante, para inventar projectos ambiciosos para este imenso território e para as pessoas que o habitam.

Joaquim Ricardo («Ideias Soltas»)Depois de perder o medo (o meu medo?) retorno as minhas habituais crónicas às quartas–feiras, aqui no Blogue. Espero que a minha última crónica não tenha chocado alguém, e muito menos os meus amigos? A intenção não era essa!
Hoje apetece-me, enquanto não retomo a viagem pelas nossas aldeias, falar de «ambição». Sim, leram bem, de AMBIÇÃO! É que, ser ambicioso por muito que alguns nos queiram impingir, não é pecado? Antes pelo contrário: ser ambicioso é uma característica de quem luta «ambiciosamente» por ideais enquanto ser humano insatisfeito, sempre insatisfeito, infinitamente insatisfeito!… ou ambiciosamente luta por um ideal ou projecto que gostaria ver concretizado na sua aldeia, na sua freguesia ou mesmo no seu concelho? Enfim, ter projectos ambiciosos, significa que dentro de si existe aquela coisa, infelizmente, pouco comum, de querer mais e sempre mais, e concretiza esses seus projectos «ambiciosos» e, quando isso acontece, enche-se de alegria e orgulho! Encheu mais uma página do livro da sua vida quando chega ao fim e, logo (logo) outras se iniciarão e chegarão também ao fim com o mesmo fervor e dinamismo que das vezes anteriores, até que o livro, um dia, estará completo e descansará tranquilo debaixo do solo que antes tantas vezes trilhara!…
Quem ainda não saboreou o finalizar de um projecto que foi seu desde o início? Acho que afinal todos nós já criámos algo, enfim todos nós já inventámos e concretizamos um projecto. Mesmo que aos olhos de estranhos pouca importância tivesse! Mas criámos e isso é que interessa. Porém, não é dessa criação que quero falar: O que eu que falar é de criar «ambiciosamente», ou seja, meter ombros a um projecto por si inventado, que só ele lhe imagina o fim, concretiza-o e depois deixa-o, logo que este atinja a idade adulta e já em plenas funções que lhe foram inventadas pelo seu criador.
O nosso concelho precisa de homens e mulheres com ambição bastante para inventar projectos ambiciosos para este imenso território e para as pessoas que o habitam. Projectos ambiciosos que permitam desenvolvimento sustentado e bem-estar social. Projectos capazes de dotar esta região de infra-estruturas adequadas ao seu desenvolvimento «ambicioso»; combater a desertificação e o envelhecimento da população e ao mesmo tempo preservando o ambiente como um património inalienável. Isto é, tornar o concelho num lugar atractivo para viver e trabalhar.
«Ideias Soltas», opinião de Joaquim Ricardo

dr_jfricardo@hotmail.com

Anúncios