O Núcleo de Investigação de Crimes de Droga, da GNR da Guarda, deteve um casal, ele de 39 e ela de 34 anos de idade, pelo crime de tráfico de estupefacientes, sendo de imediato presentes em juízo, de onde resultou a imposição da prisão preventiva a um dos traficantes.

Major Cunha Rasteiro (Comandante do Grupo Territorial da GNR da Guarda)Segundo um comunicado do Grupo Territorial da GNR da Guarda, assinado pelo comandante, Major Cunha Rasteiro, a operação permitiu a detenção dos indivíduos, ambos desempregados, e a apreensão de 76 doses de heroína, cocaína e haxixe e ainda uma viatura, dois telemóveis, 20 euros em numerário e quatro navalhas com resíduos de produto estupefaciente.
Os detidos, que estavam a ser investigados há cerca de três meses, são suspeitos de se dedicarem ao tráfico de droga na cidade da Guarda e localidades limítrofes.
Foram hoje, 19 de Junho, presentes no Tribunal Judicial da Guarda para primeiro interrogatório judicial. A um dos indivíduos os juiz aplicou a medida de coação de prisão preventiva, enquanto que o outro ficou sujeito a apresentações periódicas no posto policial na área de residência.
Numa outra acção militares da GNR de Gouveia identificaram um indivíduo de 44 anos de idade por posse de armas ilegais, na localidade de Melo. A operação, que constituiu numa busca domiciliária determinada Judicialmente, permitiu a apreensão de duas armas de fogo de 6,35 mm, dois punhais, uma espada, uma navalha de ponta e mola, e ainda 54 munições.
plb