O Grupo Territorial da GNR da Guarda deteve no decurso da última semana cinco condutores por exercício da condução sob a influência do álcool, um cidadão por posse ilegal de arma e também um caçador por captura de espécie animal não cinegética.

GNRTrês das detenções, duas por condução com álcool e uma por posse de arma, ocorreram no decurso de uma operação realizada em Vilar Formoso, junto à fronteira. Para além das detenções resultaram dessa acção a elaboração de 75 autos devido a diversas infracções á lei. Na operação estiveram envolvidos 124 militares.
No período em referência, de 2 a 8 de Junho, a GNR da Guarda registou um total de 38 ocorrências criminais. Para além das situações que conduziram às detenções, destacam-se seis crimes por ofensas à integridade física, três por ameaças, um por difamação e injúrias, dois de violência doméstica, quatro por furto em veiculo, cinco por dano e um por condução sem habilitação legal.
Na mesma semana registaram-se 21 acidentes de viação, dos quais 14 resultaram de colisões, cinco despistes e dois de atropelamentos. Dos sinistros resultaram 11 feridos leves.
Noutra vertente de actuação, os militares do destacamento da GNR efectuaram nove acções de sensibilização em escolas, às quais assistiram 1.982 alunos e 159 professores.
plb