A Associação Industrial Portuguesa e a sua congénere espanhola anunciaram ontem, 30 de Maio, a criação de um Observatório Empresarial Luso-Espanhol, o qual terá como objectivo acompanhar os indicadores económicos das regiões transfronteiriças dos dois países.

AIPSegundo notícia da Lusa, a medida foi formalizada num encontro empresarial transfronteiriço hoje realizado na Guarda por iniciativa da Associação Industrial Portuguesa – Confederação Empresarial (AIP-CE) e da Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE), no qual participaram dirigentes associativos de associações das regiões transfronteiriças dos dois países.
Farão parte do observatório, representantes de associações empresariais localizadas em zonas de fronteira entre Portugal e Espanha, que também irão promover e dinamizar parques empresariais e tecnológicos.
Outro dos objectivos do protocolo hoje rubricado por Rocha de Matos, dirigente da AIP-CE e Gerard Diaz Férran, responsável pela CEOE, passa pelo desenvolvimento de mecanismos de cooperação entre as empresas espanholas e portuguesas e as universidades e institutos politécnicos.
O presidente da AIP-CE, referiu que as duas associações empresariais irão reunir periodicamente para analisar os problemas de relacionamento empresarial entre Portugal e Espanha.
Por sua vez, o dirigente da organização espanhola, Gerard Diaz Férran, considerou que o Observatório Empresarial Luso-Espanhol é muito importante, dado que as economias de Portugal e Espanha, assim como no resto da Europa, estão a atravessar um período difícil.
Durante o congresso, os participantes debateram os programas de apoio ao desenvolvimento empresarial e os novos factores dinâmicos da competitividade, como os transportes e a logística, energia e ambiente.
plb

Anúncios