Durante a semana transacta o Grupo Territorial da GNR da Guarda procedeu à detenção de oito pessoas por condução sob influência do álcool, seis das quais no âmbito da operação «Abril Seguro».

Operação StopA GNR da Guarda apresentou em nota à imprensa o balanço da actividade da última semana, de 21 a 27 de Abril, informando ter registado 50 ocorrências criminais, de onde se destacam nove situações de detenção em flagrante delito, oito das quais pelo crime de condução sob o efeito do álcool e uma por furto em estabelecimento comercial.
Uma boa parte das ocorrências tiveram lugar no âmbito da operação «Abril Seguro», que a GNR da Guarda realizou na madrugada do dia 26 de Abril, com o objectivo de fiscalizar o trânsito. Nessa operação foram detidos seis condutores por conduzirem sob influência do álcool e foram levantados 38 autos de contra-ordenação por diversas infracções. No total foram fiscalizados 476 veículos. Foi ainda identificada uma cidadã brasileira por permanência ilegal no País.
Das restantes ocorrências destacam-se seis crimes de ofensas à integridade física, cinco de dano, três de furto em estabelecimentos comerciais, três de furto de veículos e três crimes de violência doméstica.
Durante o período reportado registaram-se ainda 18 acidentes de viação, 12 dos quais em resultado de colisões e seis por despistes. Dos desastres resultou um ferido grave e três feridos ligeiros. Ainda segundo a nota da GNR, «a velocidade excessiva é apontada como a principal causa da sinistralidade rodoviária neste período».
plb

Anúncios