O Grupo Territorial da GNR sedeado na Guarda registou na passada semana 65 crimes de que tomou conhecimento, efectuou ainda duas detenções em flagrante delito e registou 26 acidentes de viação.

Guarda Nacional RepublicanaSegundo um comunicado divulgado à imprensa pelo Grupo Territorial da GNR da Guarda, no período de 7 a 13 de Abril, aquela força de segurança registou 65 ocorrências criminais. Dos crimes verificados no distrito destacam-se: 11 de ofensas à integridade física, oito de dano, dois de burla, dois de furto, dois de violência doméstica e um de condução sem habilitação legal.
Ainda segundo a nota, assinada pelo comandante, Major Cunha Rasteiro, «durante a semana efectuaram-se duas detenções sendo: uma por condução sem habilitação legal e uma por crime de furto de ferro e inox».
No mesmo período registaram-se 26 acidentes de viação, sendo 16 em resultado de colisões e 10 por despistes. Dos acidentes resultaram oito feridos ligeiros. Ainda no que respeita aos acidentes verificados a GNR da Guarda aponta a velocidade excessiva e o desrespeito pela regra da prioridade como principais causas da sinistralidade.
plb