Na «Operação Páscoa 2008» o Grupo Territorial da Guarda Nacional Republicana da Guarda registou um total de 16 acidentes que tiveram como consequência um ferido grave e nove feridos ligeiros.

Operação Natal em SegurançaSegundo um comunicado divulgado á imprensa, entre os dias 20 e 23 de Março de 2008, período em que decorreu a operação, a GNR da Guarda fiscalizou mil e 89 automobilistas. Nove foram detidos por prática criminosa no exercício da condução. Sete condutores foram detidos por conduzirem com excesso de álcool no sangue, com taxas entre 1,2 e 2,43 gramas por litro. Os outros dois condutores ficaram detidos por falta de habilitação legal para conduzirem. Foram ainda autuados 73 condutores por diversas infracções à legislação Rodoviária.
Não se registaram mortes nas estradas do distrito da Guarda, mau grado os 16 acidentes que tiveram lugar.
A nível nacional a «Operação Páscoa 2008» saldou-se em sete mortos, mais um que em 2007. Porém registaram-se menos acidentes e feridos que no ano passado. O balanço global dos quatro dias da operação dá conta de 827 acidentes (menos 216 que em 2007), 27 feridos graves (menos 2 que em 2007) e 227 feridos ligeiros (menos 97 que no ano anterior).
O Porto foi o distrito com maior número de acidentes (115), sem contudo registar mortos ou feridos graves. Viana do Castelo registou o maior número de mortos (2) e Braga de feridos graves (6). No último dia da Operação Páscoa, aconteceram 163 acidentes (menos 70 que em 2007) que causaram sete feridos graves (os mesmos que no ano anterior) e 58 feridos ligeiros (menos 28).
plb

Anúncios