O facto de em Espanha os combustíveis serem mais baratos levou dois portugueses a projectarem investir naquele país, junto à fronteira, instalando ali um posto de abastecimento.

O empresário José Eduardo LucasO investimento, que se realizará em Navasfrias, tem por base o elevado número de automobilistas portugueses da zona da raia que se abastecem de combustível em Espanha.
José Manuel Campos, presidente da Junta de Freguesia dos Fóios, e José Eduardo Lucas, empresário do sector dos combustíveis, de Aldeia do Bispo, são os sócios da empresa «Gasoraya», que foi já constituída para o efeito. O terreno para a instalação está adquirido e o investimento poderá chegar aos 150 mil euros.
Segundo José Eduardo Lucas, contactado pelo Capeia Arraiana, o projecto, embora em andamento, aguardará pela conclusão das obras de alcatroamento da estrada que liga Navasfrias à fronteira. A obra apenas estará concluída em Setembro, altura em que o posto abrirá ao público.
O posto de abastecimento, que ficará a cerca de quatro quilómetros da fronteira espera ter como clientes muitos portugueses da corda de aldeias raianas que ficam próximas, já que a alternativa é irem a Aldeia da Ponte, que fica mais longe e onde os combustíveis são mais caros que em Espanha.
A diferença nas taxas do IVA em Portugal e em Espanha (21 e 16 por cento, respectivamente), são o principal factor que leva a grandes discrepâncias nos preços dos combustíveis, fazendo com que os automobilistas portugueses raianos optem por abastecer as suas viaturas no país vizinho.
plb

Anúncios