You are currently browsing the daily archive for Sábado, 1 Dezembro, 2007.

A Delegação da Guarda da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) vai efectuar um rastreio gratuito no dia 11 de Dezembro, das 9 às 19 horas, na sua sede.

CVPOs interessados poderá deslocar-se à sede da delegação guardense da CVP, na Rua Almirante Gago Coutinho, n.º 39, r/c Esq. Os exames permitirão despistar o colesterol, as diabetes, a hipertensão arterial e a osteoporose. A campanha da CVP realiza-se sob o lema «porque mais vale prevenir que remediar…», e surgiu associada às comemorações dos 808 anos da cidade da Guarda, que se evocaram em 27 de Novembro, dia em que se realizou um primeiro rastreio.
Espera-se uma boa adesão à segunda etapa desta oportuna campanha preventiva, sobretudo por parte da população mais idosa.
A delegação da CVP da Guarda é presidida pelo Major-General Herculano Soares Martins e tem como principais actividades consultas médicas, cursos de socorrismo, distribuição de géneros, posto de enfermagem. Dispõem ainda de duas ambulâncias para actividades de socorro e transporte de doentes.
plb

Anúncios

Trindade Coelho nasceu no Mogadouro, distrito de Bragança, em 1861. Magistrado de profissão, iniciou a sua actividade na vila do Sabugal enquanto Delegado do Procurador Régio, em 1886.

O livro de Trindade CoelhoFoi na vila raiana do Sabugal que o jovem magistrado Trindade Coelho recebeu correspondência do consagrado escritor Camilo Castelo Branco, que via nele um promissor homem de letras, dizendo-lhe que intercedera por si junto do Ministro da Justiça, para que lhe arranjasse colocação numa cidade capital de distrito. Não tardou assim que Trindade Coelho saísse do Sabugal, rumando a Portalegre, onde passou a exercer funções.
Para além de excelente jurista, Trindade Coelho foi mestre na arte de narrar. Seguindo as apertadas regras que ao contista são exigidas, deixou-nos autênticas obras-primas, as mais significativas reunidas no excelente volume «Os Meus Amores», que são uma referência da literatura portuguesa.
Os seus contos, de grande esplendor estilístico e apurado rigor narrativo, inspiram-se nas vivências populares que ele, filho do povo, tão bem conhecia. Alguns deles, mais do que contos, são poemas, ou, diríamos mesmo, odes. Odes à harmonia da Natureza e à sublimidade do amor. Poucos escritos tem a nossa literatura que emparceirem com Trindade Coelho na profundidade emocional. Descreve o amor sincero entre as pessoas, numa simbiose perfeita entre o seu afecto mútuo e o quadro natural que as envolve. Aborda os diversos quadros da vida colectiva, em que o povo simples e agreste aparece numa onda de humildade e de abnegação, que comovem.
No que se refere a quadros etnográficos, o maior registo está no conto «À Lareira», que descreve um antigo serão na aldeia. Com as cores vivas de uma espátula, Trindade Coelho pinta em tela o convívio de tempos idos, quando escasseavam as formas de passar o tempo. As mulheres fazem meia ou, munidas da roca, fiam o linho. Já os homens dedicam-se à bisca, enquanto que os mais novos se vão entretendo com jogos infantis ou ouvindo as conversas dos adultos. Dirigidas às crianças soltam-se catadupas de adivinhas, cabendo-lhes encontrar a solução. Também para elas vão os contos e as fábulas antigas, herdadas de tempos distantes, passadas de geração em geração, ali à roda da lareira, nos vetustos serões da província.
plb

Elisabete era uma mulher saciada da vida cosmopolita da cidade e da civilização. Tal como o Jacinto da «Cidade e as Serras» regressou às origens. Reabilitou a memória do pai transformando-a numa unidade de turismo rural acolhedora, às portas do Sabugal, junto à estrada nacional na direcção de Vilar Formoso.

José Robalo – «Páginas Interiores»«Muito tempo um melro nos seguiu, de azinheiro a olmo, assobiando os nossos louvores. Obrigado, irmão melro! Ramos de macieira, obrigado! Aqui vimos, aqui vimos! E sempre contigo fiquemos, serra tão acolhedora, serra de fartura e de paz, serra bendita entre as serras! Assim, vagarosamente e maravilhados. O ar fino e puro entrava na alma, e na alma espalhava alegria.»
A Cidade e as Serras, Eça de Queiroz

Este extracto da obra «A Cidade e as Serras», de Eça de Queiroz, retrata fielmente o sentimento de Elisabete Pereira Lopes, natural de Rendo, hoje proprietária e responsável da Quinta do Alexandre, uma unidade de turismo rural.
No cinema trabalhou com Fonseca e Costa, Luís Filipe Rocha, Artur Semedo e uma panóplia de realizadores franceses da nouvelle vague, nomeadamente no «La Reine Margot», com Isabelle Adjani, no principal papel. Foi maquilhadora no filme a «Casa dos Espíritos», onde contactou com Meryl Streep, Jeremy Irons, Winona Ryder e Antonio Banderas.
Por motivos profissionais lidou de perto com a classe política portuguesa da direita à esquerda, mas com a humildade que lhe é característica e algum pudor pede para «não se falar disso» sendo certo que correu o mundo, como fielmente retratam os objectos que com bom gosto povoam a casa de turismo rural que fomos conhecer. Com alguma emoção sempre nos vai mostrando uma fotografia, ao lado do Presidente Xanana Gusmão.
Entra-se na quinta por uma avenida de árvores, acompanhados pelos chilrear permanente da passarada, que acompanha o viajante. A Quinta do Alexandre já foi celeiro e pomar, nos meados do século passado, mas hoje é uma unidade hospitaleira de turismo rural com alvará, gerida de forma superior pela sensibilidade desta mulher, que nos confidencia: «Já vi tudo, já corri o mundo. Decidi-me pelo projecto de recuperação desta Quinta que foi de meus pais, por se encontrar abandonada e por este ser um espaço a que tenho fortes ligações afectivas. Acresceu a grande vontade de abandonar a cidade e vir para o campo em contacto com a natureza.» Esta mulher saciada da vida cosmopolita da cidade e da civilização, regressou às origens, tal como o Jacinto da «Cidade e as Serras». A ideia firme de reabilitar este lugar, transformando-o numa unidade de turismo rural acolhedora, às portas do Sabugal, junto à estrada nacional na direcção de Vilar Formoso, tornou-se realidade.
Quinta do AlexandreNas palavras alguma amargura: «Foi um calvário, um parto muito difícil, aos poucos, aos poucos, vou andando, é muito difícil! Conseguir o alvará para turismo rural, foi uma batalha…Investi aqui todas as minhas economias, sem ajuda de ninguém…»
Como não podia deixar de ser, os quartos todos têm nome e retratam o encanto exterior, com uma identidade própria. Por cerca de 50 euros podemos escolher para pernoitar entre A Bela-Luz, a Alfazema, a Violeta ou o Amor-Perfeito. Com juízo anedótico, relata-nos as dificuldades que teve em convencer o empreiteiro a colocar vidros normais nas janelas das casas de banho, para assim se desfrutar da paisagem. À natureza nada se esconde…
Tendo aberto ao público em Junho, mereceu honras de primeira página numa edição do jornal «Metro». Tem existido procura e já há ocupação esgotada para o Natal. «Trata-se de um grupo de jovens que esteve aqui na Festa da Cerveja, que gostou e regressou agora com mais tempo.»
Quer no interior onde a decoração é conseguida com muito bom gosto, quer no exterior, respira-se tranquilidade, acolhimento e conforto.
No quintal adjacente à casa, em canteiros pedagógicos, a Elisabete cultiva plantas aromáticas, tais como salsa, hortelã, coentros, rosmaninho, alfazema, tomilho e jasmim. As flores, de todas as cores, são transportadas desde o jardim para decoração do interior. Os aromas e sabores de compotas artesanais, despertam todos os sentidos. Nesta casa, o hóspede dispõe de total liberdade para usufruir dos espaços, tendo ainda à sua disposição um frigorífico recheado.
A quinta tem 16 hectares, toda ela arborizada, podendo ser utilizada para passeios pedestres em contacto absoluto com a natureza. No exterior um parque infantil faz as delícias da pequenada. A casa tem ainda belas vistas sobre a cidade do Sabugal e cabeço de S. Cornélio.
Na despedida, esta mulher encantadora, sempre nos vai dizendo «mudei de vida, abracei este projecto».
Tal como Jacinto, protagonista da «Cidade e as Serras», esta mulher, no contacto estreito com a natureza, renova-se primeiro liricamente, numa atitude de encantamento, integrando-se depois na vida produtiva do campo. O viajante embrenhado nos seus pensamentos, acredita que usufruir deste espaço, muda a nossa vida.
No outro lado da linha encontrará o paraíso da Elisabete Pereira, nos seguintes contactos:
Telemóvel: 962 338 406.
Email: geral@quintadoalexandre.com
Página na Internet: www.quintadoalexandre.com
Blogue na Internet: http://quintadoalexandre.blogspot.com/
«Páginas Interiores» de José Robalo

joserobaload@gmail.com

JOAQUIM SAPINHO

DESTE LADO DA RESSURREIÇÃO
Em exibição nos cinemas UCI

Deste Lado da Ressurreição - Joaquim Sapinho - 2012 Clique para ampliar

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 836 outros seguidores

PUBLICIDADE

CARACOL REAL
Produtos Alimentares


Caracol Real - Produtos Alimentares - Cerdeira - Sabugal - Portugal Clique para visitar a Caracol Real


PUBLICIDADE

DOISPONTOCINCO
Vinhos de Belmonte


doispontocinco - vinhos de belmonte Clique para visitar Vinhos de Belmonte


CAPEIA ARRAIANA

PRÉMIO LITERÁRIO 2011
Blogue Capeia Arraiana
Agrupamento Escolas Sabugal

Prémio Literário Capeia Arraiana / Agrupamento Escolas Sabugal - 2011 Clique para ampliar

BIG MAT SABUGAL

BigMat - Sabugal

ELECTROCÔA

Electrocôa - Sabugal

TALHO MINIPREÇO

Talho Minipreço - Sabugal



FACEBOOK – CAPEIA ARRAIANA

Blogue Capeia Arraiana no Facebook Clique para ver a página

Já estamos no Facebook


31 Maio 2011: 5000 Amigos.


ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ASSOCIAÇÃO FUTEBOL GUARDA

ESCOLHAS CAPEIA ARRAIANA

Livros em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Memórias do Rock Português - 2.º Volume - João Aristides Duarte

Autor: João Aristides Duarte
Edição: Autor
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)
e: akapunkrural@gmail.com
Apoio: Capeia Arraiana



Guia Turístico Aldeias Históricas de Portugal

Autor: Susana Falhas
Edição: Olho de Turista
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



Música em Destaque - Escolha Capeia Arraiana
Cicatrizando

Autor: Américo Rodrigues
Capa: Cicatrizando
Tema: Acção Poética e Sonora
Venda: Casa do Castelo (Sabugal)



SABUGAL – BARES

BRAVO'S BAR
Tó de Ruivós

Bravo's Bar - Sabugal - Tó de Ruivós

LA CABAÑA
Bino de Alfaiates

La Cabaña - Alfaiates - Sabugal


AGÊNCIA VIAGENS ON-LINE

CERCAL – MILFONTES



FPCG – ACTIVIDADES

FEDERAÇÃO PORTUGUESA
CONFRARIAS GASTRONÓMICAS


FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas - Destaques
FPCG-Federação Portuguesa Confrarias Gastronómicas Clique para visitar

SABUGAL

CONFRARIA DO BUCHO RAIANO
II Capítulo
e Cerimónia de Entronização
5 de Março de 2011


Confraria do Bucho Raiano  Sabugal Clique aqui
para ler os artigos relacionados

Contacto
confrariabuchoraiano@gmail.com


VILA NOVA DE POIARES

CONFRARIA DA CHANFANA

Confraria da Chanfana - Vila Nova de Poiares Clique para visitar



OLIVEIRA DO HOSPITAL

CONFRARIA DO QUEIJO
SERRA DA ESTRELA


Confraria do Queijo Serra da Estrela - Oliveira do Hospital - Coimbra Clique para visitar



CÃO RAÇA SERRA DA ESTRELA

APCSE
Associação Cão Serra da Estrela

Clique para visitar a página oficial


SORTELHA
Confraria Cão Serra da Estrela

Confraria do Cão da Serra da Estrela - Sortelha - Guarda Clique para ampliar



SABUGAL

CASA DO CASTELO
Largo do Castelo do Sabugal


Casa do Castelo


CALENDÁRIO

Dezembro 2007
S T Q Q S S D
« Nov   Jan »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

CATEGORIAS

VISITANTES ON-LINE

Hits - Estatísticas

  • 3,013,035 páginas lidas

PAGERANK – CAPEIA ARRAIANA

BLOGOSFERA

CALENDÁRIO CAPEIAS 2012

BLOGUES – BANDAS MÚSICA

SOC. FILARM. BENDADENSE
Bendada - Sabugal

BANDA FILARM. CASEGUENSE
Casegas - Covilhã


BLOGUES – DESPORTO

SPORTING CLUBE SABUGAL
Presidente: Carlos Janela

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Gomes

KARATE GUARDA
Rui Jerónimo

BLOGUES RECOMENDADOS

A DONA DE CASA PERFEITA
Mónica Duarte

31 DA ARMADA
Rodrigo Moita de Deus

A PÁGINA DO ZÉ DA GUARDA
Crespo de Carvalho

ALVEITE GRANDE
Luís Ferreira

ARRASTÃO
Daniel Oliveira

CAFÉ PORTUGAL
Rui Dias José

CICLISMO SERRA ESTRELA
Sérgio Paulo Gomes

FANFARRA SACABUXA
Castanheira (Guarda)

GENTES DE BELMONTE
Investigador J.P.

CAFÉ MONDEGO
Américo Rodrigues

CCSR BAIRRO DA LUZ
Alexandre Pires

CORREIO DA GUARDA
Hélder Sequeira

CRÓNICAS DO ROCHEDO
Carlos Barbosa de Oliveira

GUARDA NOCTURNA
António Godinho Gil

JOGO DE SOMBRAS
Rui Isidro

MARMELEIRO
Francisco Barbeira

NA ROTA DAS PEDRAS
Célio Rolinho

O EGITANIENSE
Manuel Ramos (vários)

PADRE CÉSAR CRUZ
Religião Raiana

PEDRO AFONSO
Fotografia

PENAMACOR... SEMPRE!
Júlio Romão Machado

POR TERRAS DE RIBACÔA
Paulo Damasceno

PORTUGAL E OS JUDEUS
Jorge Martins

PORTUGAL NOTÁVEL
Carlos Castela

REGIONALIZAÇÃO
António Felizes/Afonso Miguel

ROCK EM PORTUGAL
Aristides Duarte

SOBRE O RISCO
Manuel Poppe

TMG
Teatro Municipal da Guarda

TUTATUX
Joaquim Tomé (fotografia)

ROTA DO CONTRABANDO
Vale da Mula


ENCONTRO DE BLOGUES NA BEIRA

ALDEIA DA MINHA VIDA
Susana Falhas

ALDEIA DE CABEÇA - SEIA
José Pinto

CARVALHAL DO SAPO
Acácio Moreira

CORTECEGA
Eugénia Santa Cruz

DOUROFOTOS
Fernando Peneiras

O ESPAÇO DO PINHAS
Nuno Pinheiro

OCEANO DE PALAVRAS
Luís Silva

PASSADO DE PEDRA
Graça Ferreira



FACEBOOK – BLOGUES