Em Outubro, depois da azáfama das vindimas, é tempo de retomar as caminhadas pelo mais lindas paisagens do Mundo… as do concelho do Sabugal. A sexta jornada liga no dia 21, domingo, a Ruvina a Vale das Éguas com o rio Côa a piscar o olho aos caminheiros.

Da Ruvina a Vale das ÉguasOs antigos andavam muito a pé ou para distância mais longas montados nos jumentos ou nos carros de vacas. Recordo com nostalgia as idas com os meus tios aos mercados de Alfaiates pendurado nos carros das vacas para vender mais um bezerro ou um borrego. Pouco a pouco os caminhos de terra batida foram substituídos por alcatrão e os negociantes de gado passaram a andar de terra em terra nas camionetas.
Mas… são aventuras que não se esquecem e quem as não teve (tem) no mês de Agosto.
Descer em bicicleta de Ruivós (pelo caminho ou pela estrada da Ruvina) até Vale das Éguas para passar uma tarde no Côa ficará para sempre na nossa memória das coisas boas da vida. Do regresso sempre a subir é melhor não falar… Cansados de trazer a bicicleta à rédea a paragem era na Ruvina na vinha do Ti Lourenço onde os gatchos eram os primeiros a pintar e as maças tinham um sabor especial. Por vezes, lá estava o dono à nossa espera…
Do alto do campo da bola da Ruvina avista-se uma das mais bonitas paisagens do Mundo com Vale das Éguas lá em baixo guardada pelo Cabeço da Senhora das Preces (merece sempre a visita), o rio Côa a serpentear escondido no meio dos freixos e a cidade da Guarda ao longe a decorar a serra da Estrela. Vale a pena caminhar e sentir este pedaço de terra naturalmente natural do nosso concelho.
Mas importa escrever sobre a sexta caminhada mensal uma feliz iniciativa em boa hora promovida pela Câmara Municipal do Sabugal.
No domingo, 21 de Outubro, o ponto de encontro é às oito e meia da manhã no largo da Igreja de Vale das Éguas de onde sairá o autocarro que levará os participantes até à sede da Associação Cultural e Recreativa da Ruvina onde será oferecido um pequeno-almoço para garantir as forças.
A caminhada terá início às 9.30 horas e obrigará a duas travessias do rio Côa até chegar de novo à freguesia de Vale das Éguas onde será servido o almoço pelas 13 horas no novo orgulho das gentes daquela terra: a praia fluvial da Insua. Os mais corajosos ainda estão a tempo de dar um mergulho na «piscina biológica» de água corrente.
Boa caminhada e aproveitem bem as vistas.
jcl