Aproxima-se o mês de Agosto e como tem sido hábito nos últimos trinta, quarenta anos o nosso concelho aumenta exponencialmente a sua população e as nossas aldeias por trinta dias recuperam o fulgor de outros tempos, num rodopio de alegria, cor e animação.

José Robalo – «Páginas InterioresSe os da primeira geração estão ligados à terra natal como um íman, os das gerações que se lhe sucederam, adoram a sua terra, têm saudades das suas raízes e teimosamente regressam ao pequeno tugúrio que os viu nascer.
Os emigrantes são a garantia de que o despovoamento e desertificação do Interior tem cura e que se soubermos agir com alguma subtileza, inteligência e tenacidade, estes nossos conterrâneos, poderão ser um excelente aliado nesse combate.
Os nossos emigrantes têm que ser acarinhados.
Compete aos poderes políticos concelhios desenvolver políticas que visem a implementação de dinâmicas de intervenção nesta área, que tenham por objectivo a criação de condições para que estes sabugalenses de primeira, mas residentes nos quatro cantos do mundo, se sintam em primeiro lugar cidadãos do Sabugal de corpo e alma.
O primeiro trabalho a realizar consistirá em saber quantos somos e quem somos. Não seria interessante que alguém se predispusesse para fazer este levantamento? Não seria interessante sabermos onde estão estes nossos conterrâneos, em que trabalham e de que forma poderiam contribuir para o nosso desenvolvimento e o que esperam de nós?
Sendo um trabalho minucioso, onde se exige rigor, não poderiam os nossos Presidentes de Junta nas suas freguesias e sob a orientação do gabinete de apoio ao emigrante do município, proceder a este trabalho?
Como sabugalense de corpo e alma, filho de emigrantes que durante 40 anos em França deram o que de melhor tinham, que era a sua força de trabalho, sinto ter alguma legitimidade para colocar o dedo na ferida e deixar o desafio: neste mês de Agosto vamos receber os nossos emigrantes como mandam as melhores regras da hospitalidade e não olhar de soslaio para quem conduz veículos de matrícula amarela.
Boas férias.
«Páginas Interiores» de José Robalo

joserobaload@gmail.com

É com muita satisfação que o Capeia Arraiana anuncia a «contratação» de mais um opinador. A partir de hoje, de 15 em 15 dias, aos sábados, temos a crónica de José Robalo. Advogado de prestígio com escritório no Sabugal diversifica a sua actividade presidindo à ADES-Associação Desenvolvimento Sabugal. É militante do PSD e pertence à concelhia do Sabugal. Filho de emigrantes naturais da freguesia da Ruvina é uma das personalidades incontornáveis do actual momento sabugalense.
Desejamos ao ilustre causídico boas defesas e melhores julgamentos.
jcl

Anúncios