Um ciclo musical internacional designado «Vozes de outro Mundo» em que a voz dos artistas é o principal instrumento iniciou-se terça-feira, 5 de Junho, no TMG-Teatro Municipal da Guarda.

Ciclo «Vozes do outro Mundo» no TMGO ciclo musical «Vozes do outro Mundo» iniciou-se na terça-feira, 6 de Junho, com uma oficina para crianças denominada «Vamos construir um iglô» para introduzir o concerto da canadiana Tanya Tagaq no dia 8 e complementado quatro dias depois com a projecção do filme «Nanook, o esquimó».
No dia 9 o concerto do inglês Shlomo será precedido de uma oficina de beatbox destinada a jovens ligados ao hip-hop.
Para 20 de Junho está agendado o grupo siberiano Huun-Huur-Tu Tuva e para 22 o último espectáculo intitulado «La voix est libre» do músico e humorista belga Bernard Massuir que toca com os pés uma espécie de acordeão que já foi do avô.
Segundo Américo Rodrigues, director artístico do TMG, o ciclo decorre até 27 de Junho com «artistas étnicos, urbanos e cómicos de diversas partes do Mundo e todos utilizam a voz como instrumento pincipal».
O bilhete para o ciclo «Vozes de outro Mundo» que dá acesso a todos os espectáculos com início às 21.30 horas custa 10 euros.
jcl