O pólo da Guarda da Associação Portuguesa das Crianças Sobredotadas está sem verbas para participar no Festival Mundial de Robótica em Atlanta, Estados Unidos, para o qual se classificou no último fim-de-semana em Albufeira.

Crianças sobredotadas«O segundo lugar alcançado na VII edição do Festival Nacional de Robótica-2007, realizado em Albufeira, no Algarve, permite-nos estar presente em Atlanta, no Estados Unidos, no Robocup 2007 – Festival Mundial da Robótica mas a nossa presença está comprometida por falta de verbas que permitam suportar a deslocação de uma delegação de nove elementos» alertou, em declarações à agência Lusa, a coordenadora do pólo da Guarda da Associação Portuguesa das Crianças Sobredotadas (APCS), Maria Goretti Caldeira.
A equipa da Guarda repetiu a classificação em obtida em 2006 e que lhe permitiu estar presente no Mundial de Bremen, na Alemanha, mas «só se surgirem apoios é que poderemos participar pois a associação vive das quotizações dos sócios e de um subsídio atribuído pela Câmara Municipal da Guarda» esclareceu a dirigente.
No Festival Nacional de Robótica-2007, realizado em Albufeira os guardenses concorreram nas provas da liga júnior, em «Dança Robótica» (segundo lugar) e «Busca e Salvamento» (quinto lugar) e uma menção honrosa no escalão 15-19 anos.
Fundado em Abril de 2000 o pólo da Guarda da APCS apoia 15 jovens com idades entre os 6 e os 19 anos, residentes na Guarda, Manteigas, Figueira de Castelo Rodrigo, Lamego, Cabeceiras de Basto e Aveiro em actividades tão diversas como a informática, robótica, fotografia, expressão corporal e dramática, pintura e escultura.
Ana Paula Sousa

Anúncios