No último domingo, 26 de Março, a Associação Hípica do Soito organizou um encontro de cavaleiros no sítio do Pissarão, local onde confina o limite da freguesia dos Fóios (Portugal) com o de Valverde del Fresno (Espanha).

Encontro de cavaleiros raianosFoi um autêntico espectáculo! Cerca de 200 cavalos e cerca de 300 pessoas criaram, em plena serra, um mosaico colorido que dificilmente se poderá imaginar. Por volta das 11 horas começaram a chegar os espanhóis, com as borrachas às costas, alegres e radiantes como também o Sol estava. Entre as 11 e as 12 horas chegava gente de todos os lados. Crianças, jovens e adultos marcaram presença. A maioria dos cavaleiros espanhóis eram de Valverde mas havia também de Eljas Navasfrias. Do lado português havia cavaleiros da Aldeia Velha, Foios, Lageosa e Soito que tinha a maior representação. Confesso que várias vezes recordei os nossos antepassados, com particular destaque para os cavaleiros do Soito, que muitas noites passaram nessa zona com os cavalos carregados de minério que procuravam fazer chegar à mina, fictícia, que ainda hoje lá se encontra, e onde nunca se explorou um grama do dito mineral. O importante era alcançá-la.
O restaurante do Beto Martins serviu uma excelente refeição onde não faltou o bacalhau com batata a murro e um excelente assado de borrego. Após o almoço os espanhóis organizaram umas corridas de cavalos à semelhança do que fazem nas festas do S. Blas, por altura do Carnaval.
Na passagem pelos Fóios, por volta das 16 horas, a Junta de Freguesia colocou, no largo da Praça, umas grades de cervejas e sumos num gesto de reconhecimento a todos os participantes.
A Associação Hípica do Soito, a sua congénere de Valverde del Fresno e todos os cavaleiros da raia, especialmente os que participaram, estão de parabéns. Repitam porque valeu a pena.
Viva a Raia!
José Manuel Campos

Anúncios